Nogueira expõe até domingo na Álvaro Santos

0

Nos dias de hoje, nos quais são tantos os estilos artísticos, nada melhor que valorizar e ressaltar a arte da nossa terra-natal. Reforçar nossas raízes, mostrar o que temos de belo, de interessante e – por que não? – de problemático também. Quem cumpre essa missão com maestria é o artista plástico Ednaldo Nogueira, que está em exposição no segundo andar da Galeria Álvaro Santos, até esse domingo, dia 22. Nascido na cidade de Laranjeiras, no interior do Estado, Nogueira – que também é cartunista e letrista – tomou logo cedo gosto pela arte. “Na época em que eu estudava no colégio, vivia riscando as calçadas das ruas. Adorava desenhar em todo canto. E, ainda no colégio, acabei participando de um concurso de cartazes. Foi uma fase bem interessante”, relembra o artista, que já viajou por diversos Estados brasileiros divulgando a sua arte e que recebeu, inclusive, o Troféu Imprensa em 1980, como Artista Revelação. Hoje, com 17 anos de carreira, Nogueira possui um trabalho mais maduro. O uso de contornos fortes e de cores vivas em algumas peças, contrastando com tonalidades escuras e traços melancólicos em outras, dá a suas obras um aspecto cativante, que prende a atenção. Quanto à temática, o artista explica: “Busco explorar as manifestações da minha terra. Tento incentivar a cultura de Laranjeiras, expressando, através da minha arte, a realidade vivida pelas pessoas de lá. Em algumas pinturas, por exemplo, nas quais retrato a festa da Taieira, o corpo das pessoas passa alegria, mas a expressão de seus rostos transmite tristeza. E a Taieira é bem isso. O povo está feliz com a festa, mas triste com a falta de apoio e incentivo das partes competentes”, diz. O artista se revela um tanto frustrado com sua terra-natal, pelo menos no que diz respeito ao incentivo à arte e ao seu trabalho. “Laranjeiras é uma cidade com um potencial artístico enorme. Basta ser explorada da maneira correta e com um pouco mais de boa vontade. Infelizmente, as pessoas que estão no poder de lá não têm essa visão. E é triste, para mim, ver que tenho um maior reconhecimento do meu trabalho fora de Laranjeiras, quando o maior apoio deveria vir de lá. Gostaria de ter o valor na minha cidade como sou valorizado fora dela”, lamenta. No que diz respeito à exposição, os visitantes poderão encontrar peças variadas. São mais de 50 peças, que vão desde telas e esculturas a objetos decorados. “A idéia é fazer uma mostra bem diversificada, que mostre um pouco das várias vertentes do meu trabalho. Óleo e acrílico sobre tela, trabalhos com PVC e madeira, pedras e pincéis decorados… Enfim, é possível encontrar de tudo um pouco na exposição”, afirma. Por Fernando Andrade Quem quiser conferir de perto os trabalhos de Nogueira, a Galeria Álvaro Santos fica na Praça Olímpio Campos, em frente à Prefeitura de Aracaju. Mais informações pelo telefone (0xx79) 3179-1308.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais