Organização de curso diz que Unesco não se envolveu em realização

0

Ontem, foi divulgada uma nota de esclarecimento sobre o caso de um curso que utilizava o nome da Unesco como credenciadora do evento. A organização explica que por um erro, o nome da Unesco acabou entrando no material de divulgação do projeto, mas que não há envolvimento da entidade com a realização das aulas.

 

Os organizadores também aproveitam para informar que o professor Feizi Milani, realizador do curso, foi assessor especial da Unesco para o Estado da Bahia no ano de 2002/03 e é um dos maiores especialistas do mundo em “Cultura de Paz”.

 

Leia, abaixo, a íntegra da nota

 

Vimos através desta nota, tornar público o equívoco na publicação do cartaz de divulgação do SEMINÁRIO – CONSTRUINDO PACTOS DE CONVIVÊNCIA NA ESCOLA E NA COMUNIDADE, que será realizado em Aracaju no próximo dia 30 de Agosto – que faz referência à menção do Prof. Feizi Milani, PhD como “consultor especial da UNESCO”. Esta informação contém um equívoco, cometido pela nossa equipe de criação, de que não existe esta função dentro da ORGANIZAÇÃO UNESCO e remete à possibilidade da compreensão do público de que este seminário é um evento onde tem o apoio da UNESCO.

 

O PROGRAMA EDUCACIONAL “TÁ COMBINADO – CONSTRUINDO PACTOS DE CONVIVÊNCIA NA ESCOLA”, não é e nunca foi um programa apoiado pela UNESCO no Brasil. Este é um programa que foi concebido pelo Prof. Feizi Milani (diretor presidente do INPAZ) com o apoio financeiro e institucional da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República; Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA); União Nacional dos Dirigentes Municipais da Educação (UNDIME); Universidade Federal da Bahia – Programa de Apoio ao Desenvolvimento da Educação Municipal (PRADEM); Fundação Ashoka e Rabbani Consulting.


O referido Seminário é uma iniciativa da divisão educacional da Rabbani Consulting e do CECAP – Centro de Estudos, Consultoria e Atualização Profissional, tendo como patrocinadores e apoiadores importantes instituições e organizações do Estado de Sergipe.


O Prof. Feizi Milani, PhD; foi assessor especial da UNESCO para o Estado da Bahia no ano de 2002/03, cargo não remunerado, e é um dos maiores especialistas do mundo em “Cultura de Paz”, autor de artigos e livros afins ao tema e conferencista internacional, o que o credencia a uma elevada posição como autoridade no assunto, não tendo a necessidade de ter suporte da UNESCO para projeção do programa educacional por ele desenvolvido.

 

Nas palavras do maior pedagogo da atualidade no Brasil: “Com este livro extraordinário e seminal, Feizi Milani nos brinda com um utilíssimo ferramental teórico e prático, não para combatermos a violência, mas para construirmos em nossas comunidades educativas a verdadeira Paz, que é fruto da justiça, solidariedade, da criatividade, da participação e do respeito mútuo entre jovens e adultos. Mais do que parte de um processo de construção de uma nova escola, esta obra de Feizi é parte da construção de uma nova sociedade e por que não? de um novo mundo.” Antonio Carlos Gomes da Costa (pedagogo, consultor internacional e autor de vários livros sobre educação, infância, juventude e direitos)

 

Reiteramos o nosso pedido de desculpas à UNESCO por quaisquer constrangimentos causados por tal frase ao tempo que reconhecemos os magníficos esforços desta  organização em prol da causa da “paz”.

 

Atenciosamente

Reinaldo Ribeiro do Nascimento
Diretor Executivo, Rabbani Consultoria – Salvador-BA 25/08/2005

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais