PF investiga possível crime ambiental em manchas de óleo no litoral

0
Manchas de óleo apareceram em praias de Sergipe (Foto: Adema)

A Polícia Federal instaurou um inquérito policial para apurar a origem da substância de aspecto oleoso, encontrada em diversas praias nordestinas, em especial, em praias potiguares, no mês de setembro.

De acordo com a PF, a ação foi tomada tão logo surgiram as primeiras informações, na imprensa nacional, sobre o fato, bem como sobre a possibilidade da ocorrência de eventual dano ambiental de grandes proporções na região.

As investigações estão concentradas na Superintendência Regional da PF no Rio Grande do Norte, contando com a participação das áreas de combate aos crimes ambientais, de inteligência e de perícia.

As diligências estão em andamento desde a instauração do inquérito policial e contam com a participação de diversas instituições, dentre elas o IBAMA, a Marinha do Brasil, Universidade Federal Rural de Pernambuco e o Ministério da Defesa (CENSIPAM).

Relatório de balneabilidade

Diante do surgimento das manchas de óleo no litoral, a Adema produziu um relatório de balneabilidade com o intuito de analisar se as praias sergipanas estão próprias para banho. Segundo o relatório, as 20 praias, do litoral sul e do norte do estado, estão próprias para banho.

Fonte: Polícia Federal

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais