Secretário de Saúde discute situação do hospital de Propriá

0

Hoje à tarde, o secretário de Saúde do Estado, Eduardo Amorim, participará de uma reunião com o secretário de Saúde de Propriá, Paulo Brito, com a vereadora Marlene Silva – diretora do Hospital São Vicente de Paula – e outros representantes do município, para falar sobre a situação daquela unidade de saúde. A reunião foi motivada pelo caso ocorrido na última sexta-feira, envolvendo um médico plantonista e uma auxiliar de enfermagem, acusados de negligenciar o atendimento de uma parturiente adolescente no município de Propriá. Na ocasião, a gestante, grávida de seis meses, chegou ao Hospital São Vicente de Paula apresentando sangramento e contrações. Segundo a família da paciente, ela teve o filho sozinha. Após o parto, a criança, que foi atestada como morta pela equipe, foi enviada para a casa. Após algumas horas a avó da criança constatou que o bebê estava vivo. Só então o prematuro foi transferido para a Maternidade Hildete Falcão Batista, em Aracaju. CASOS GRAVES – Segundo informações da direção da Maternidade Hildete Falcão, a mãe da criança está bem. A criança, por sua vez, está em estado grave. Ontem, inclusive, teve duas paradas cardio-respiratórias. O médico plantonista e a auxiliar de enfermagem foram presos durante o final de semana, mas pagaram fiança e já estão em liberdade. Na reunião que acontece hoje em Propriá, o secretário Eduardo Amorim deve propor que o Estado intervenha no Hospital. O São Vicente de Paula já foi parar nas manchetes por conta de outro problema grave com uma gestante e seu filho. Na época, um médico, ao realizar o parto, acabou decepando a cabeça de um recém-nascido.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais