STJ determina soltura do delegado Osvaldo Rezende

0
(Foto: arquivo SSP/SE)

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu nesta terça-feira, 23, pela soltura do delegado Osvaldo Rezende, indiciado por envolvimento na morte do empresário paraibano Gefferson de Moura Gomes, de 32 anos, durante uma operação policial do Departamento de Narcóticos (Denarc/SE) n município de Santa Luzia (PB). A informação foi confirmada pelo advogado do acusado, Guilherme Maluf.

De acordo com o advogado, a decisão foi tomada por unanimidade. O advogado explicou ainda que está aguardando a publicação do voto para obter informações de quando o delegado será colocado em liberdade.

Relembre

O advogado Gefferson de Moura Gomes foi morto no dia 16 de março, durante uma operação  do Denarc/SE contra o tráfico interestadual  de drogas no município de Santa Luzia, na Paraíba. De acordo com a Polícia Civil de Sergipe, foi montado um bloqueio policial e Gefferson estava armado, esboçou uma reação e foi atingido. A tese é rebatida pela investigação da polícia paraibana que entendeu que houve fraude processual e execução da vítima.

No dia 20 de abril, a Justiça da Paraíba recebeu a denúncia oferecida pelo Ministério Público da Paraíba contra os três policiais de Sergipe. O delegado Osvaldo Resende, o policial civil José Alonso Santos e o policial militar Gilvan Moraes de Oliveira foram presos temporariamente em março, mas obtiveram liberdade em abril. Em agosto, eles tiveram a prisão preventiva decretada e se apresentaram espontaneamente à Corregedoria da Polícia Civil.

Por Luana Maria e Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais