Veja dicas de como evitar incêndios em ambientes comerciais

0
Além da implementação do plano de regularização de incêndio e pânico, é importante o empenho e cuidado de obedecer suas diretrizes (Foto: SSP/SE)

Na semana passada, o município de Aracaju registrou dois incêndios de grandes proporções. Um num galpão próximo ao Distrito Industrial de Aracaju (D.I.A), e outro em um dos principais shoppings da cidade.

Segundo o Tenente-coronel do Corpo de Bombeiros, Carlos Alves, a prevenção de incidentes como estes requer um conjunto minucioso de ações que vão desde a implementação do plano de regularização de incêndio e pânico até a fiscalização por parte da população.

Logo de início o tenente-coronel Carlos Alves salienta que é necessário que os estabelecimentos comerciais busquem junto ao Corpo de Bombeiros a certificação do local para a prevenção de sinistros (danos materiais). “Cada comércio terá a estrutura e os aparatos necessários conforme sua área de atuação. Se for uma pequena loja, o uso de extintor será obrigatório, por exemplo. Já em um grande empreendimento, além dos extintores, haverá uma sinalização diferenciada, saídas de emergência, e até o uso de sprinkles, o que é comum na grande maioria dos shoppings centers“, resume Alves.

Incêndio em vegetação em rodovia entre os municípios de Itabiana e Campo do Brito
Tenente Coronel Carlos Alves explica que medidas simples podem evitar as queimadas (Foto: Reprodução de Vídeo do Corpo de Bombeiros)

Ainda segundo Alves, além da implementação do plano de regularização de incêndio e pânico, é importante o empenho e cuidado de obedecer suas diretrizes. “Infelizmente é comum em alguns lugares a mudança em relação ao que o plano prevê. Por exemplo, tem lugares que por uma questão de “estética” tira o extintor do local adequado e às vezes o recoloca num depósito”, afirma.

Atitudes como essa, na visão de Carlos Alves, é muito preocupante. “Caso ocorra algum incidente, é de fundamental importância a agilidade para conter as chamas. Com isso, não pode haver nada que dificulte este trabalho”, salienta. “É por isso que eu faço um apelo para que os empresários respeitem o layout do projeto e deixem os extintores em locais visíveis para facilitar o manejo quando for preciso usá-los”, afirma.

O Tenente-coronel destaca ainda que a população também tem uma grande parcela de importância. “Caso algum local esteja visivelmente desrespeitando as normas de segurança, a população pode acionar o Corpo de Bombeiros para que possamos fazer uma fiscalização”, salienta. Alves ressalta que atitudes como essa reforçam a importância no tocante à integridade física das pessoas. “Prezar pelo bem comum é um dever de todos”, ressalta.

por João Paulo Schneider 

Comentários