Abertas inscrições do V Fórum de Forró

0

Estão abertas as inscrições para o V Fórum de Forró de Aracaju. Mas quem quiser participar do evento, que acontece nos próximos dias 1º, 02 e 03, não precisa estar registrado, pois o evento é gratuito e a ficha de cadastro é somente para aqueles que desejam receber um certificado de participação ao final do seminário. “Muitas pessoas deixaram de ir, em anos anteriores, porque acreditavam que só poderia participar se estivessem inscritos, mas não. As portas estarão abertas até todas as cadeiras do teatro Atheneu ficarem ocupadas”, disse o coordenador do evento, Paulo Corrêa Sobrinho.

 

Aqueles que quiserem fazer seu cadastro devem procurar a ficha de inscrição na Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esportes (Funcaju), situada à rua Santa Luzia, ou na suas unidades: Biblioteca Clodomir Silva, Biblioteca Ivone de Menezes, Galeria de Arte Álvaro Santos, Mirante da 13 de Julho, Memorial da Bandeira, Museu da Ponte do Imperador, Escola Municipal de Artes e Arquivo Público Municipal. O telefone de contato é o (0xx79) 3179-3686. 

 

O evento, que é o único no Brasil voltado exclusivamente para o tema, já acontece há cinco anos e vem despontando nacionalmente quando músicos, jornalistas, empresários e estudiosos de outros Estados chegam a Aracaju exclusivamente para participar do seminário. Este ano, o homenageado será o Trio Nordestino e a coordenação do Fórum acredita que o evento, a exemplo de anos anteriores, será um sucesso.

 

“O Fórum está na sua quinta edição e é um espaço de reflexão sobre a cultura dos festejos juninos. Aracaju tem se despontado nesta perspectiva, porque nós conseguimos reunir os grandes intelectuais, jornalistas e pessoas que vêm refletindo sobre os festejos juninos e a própria produção artística e cultural”, disse a presidenta da Funcaju, Karlene Sampaio, ao lembrar que a cada ano é eleito um ou dois nomes que vão referenciar o que há de mais tradicional no campo de forró, para que os presentes possam refletir dentro desta perspectiva a construção dessa cultura tão singular.

 

A escolha do homenageado é sempre para aquele grupo ou artista que tenha uma produção significativa no campo do forró. “Nós já havíamos pensado no nome do Trio Nordestino. Então, com a morte do Coroné, nós reforçamos a importância de homenagear o Trio que vem consolidando o forró no país inteiro e até internacionalmente”, disse Karlene.

 

Confira a programação completa do V Fórum do Forró

1º de junho – quarta-feira

19h – Abertura do Fórum pelo prefeito Marcelo Déda e a presidente da Funcaju, Karlene Lobo Sampaio.
19h30 – Palestra: Trio Nordestino 45 anos de carreira: A história do trio de forró mais popular do Brasil.
Coordenadora: Karlene Lobo Sampaio
Palestrantes: Assis Ângelo (jornalista, escritor, radialista e pesquisador da música nordestina)
Onildo Almeida (um dos maiores compositores da música nordestina)
21h – Depoimento: Aldemário Coelho (Um dos grandes nomes do forró e autor de dois tributos ao Trio Nordestino)
21h20 – Debate sobre o tema da palestra
21h50 – Coquetel de abertura do V Fórum de Forró
Apresentação musical de Carlos Moreno e Trio pé de serra

02 de junho – quinta-feira
19h – Palestra: A evolução do São João em Aracaju: De uma festa modesta na Rua São João a um grande evento de repercussão nacional.
Coordenador: João Emanuel Santos (professor, poeta popular e coordenador de Intercâmbio Cultural da Funcaju)
Palestrante: Aglaé D”Ávila Fontes (Escritora, professora, folclorista e diretora do Centro de Criatividade de Sergipe)
19h50 – Debate sobre o tema da palestra
20h20 – Palestra: A música do Trio Nordestino
Palestrante: Zé da Flauta (compositor, instrumentista, produtor cultural, ex-integrante do Quinteto Violado e da banda de Alceu Valença)
21h10 – Depoimento: Genaro (ex-integrante do Trio Nordestino e um dos maiores sanfoneiros do Brasil)
21h30 – Debate sobre o tema da palestra
22h – Apresentação musical de Genaro e Walquíria


03 de junho – sexta-feira

19h – Palestra: O crescimento do forró nos grandes centros urbanos e a massificação das bandas de pseudo forró na mídia.
Coordenador: José Augusto de Almeida (professor, pesquisador da obra de Luiz Gonzaga e apresentador do programa Aquarela Nordestina, na rádio Aperipê AM)
Palestrante: Tárik de Souza (jornalista, escritor, diretor da coleção Todos os Cantos, da editora 34, um dos maiores críticos musicais do Brasil com uma coluna semanal no Jornal do Brasil)
19h50 – Debate sobre o tema da palestra
20h20 – Palestra: A música do Trio Nordestino por seus autores.
Palestrantes: Antônio Barros (compositor dos maiores sucessos do Trio Nordestino)
Cecéu (compositora de grandes sucessos do Trio Nordestino)
João Silva (parceiro de Luiz Gonzaga e um dos compositores mais gravados pelo Trio Nordestino)
21h50 – Show de encerramento com o Trio Nordestino

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais