Ceasa: vendas e preços estão menores que 2004

0

Feirantes reclamam que vendas ainda estão fracas
Nas festas de São João, não podem faltar à mesa o milho, a pamonha, os bolos, os pé-de-moleque e a canjica. A família se reúne em volta da fogueira para saborear as comidas típicas nordestinas. Porém, a tradição parece não estar tão forte em 2005, pois, segundo os comerciantes, as vendas desses produtos estão boas, mas piores em relação ao ano passado, fazendo os preços caírem.

 

“Todo São João é bom, mas ano passado foi melhor”, disse Giuvan Jesus, vendedor de amendoim. Segundo o feirante João Batista dos Santos, as vendas estão fracas, e ele aposta que a mão de milho, que equivale a 50 espigas, vai custar no máximo R$ 10 em 2005. João Batista disse que vendia 50 espigas a R$ 8, e esse ano está vendendo a R$ 6. O preço do milho pode variar de acordo com a qualidade, ficando a R$ 15, o pernambucano, e a R$ 10 ou R$ 5, o de Propriá.

 

Segundo José Francisco da Conceição, que vende madeira, as vendas vão começar a aquecer de fato a partir do sábado. O preço da fogueira varia entre R$ 10 e R$ 15, a depender da qualidade e do tamanho. O tipo de madeira vendido é o eucalipto, liberada pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), ou as que sobram de construção.

 

Ana Maria Macena vende pé-de-moleque, beiju, bolos, canjica, e pamonha. Ela afirma que o preço de seus produtos varia de acordo com o do milho, e estão os mesmos do ano passado, por causa da pouca procura. Segundo ela e a maioria dos feirantes, a renda deles aumenta em 50% no mês de junho.

 

Os feirantes aguardam os dias 23 e 24, em que os consumidores vão atrás desses produtos no embalo das festas juninas. “Eu acho que é muito importante para a tradição”, disse Ana Maria dos Santos, dona de casa, que consome as comidas típicas desses festejos porque gosta, seguindo uma tradição da cultura nordestina.

Por Tatiana Hora e José Mateus

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais