Livro faz homenagem aos três santos juninos

0

Após vasta pesquisa e com muita devoção, a advogada Luzia Maria da Costa Nascimento, 65 anos,

Luzia autografa livro dos que marcaram presença

lançou ontem, 6, o livro Os Três santos Juninos. “ A minha intenção é compartilhar com os leitores as tradições juninas populares e como os três santos (Antônio, João e Pedro) tornaram-se tão importante para a nossa cultura”, declarou a autora.

O lançamento, que aconteceu na Academia Sergipana de Letras, contou com apresentações da música de Sergival e Valtinho do acordeon e foi regado a comidas e bebidas típicas. O local estava decorado à rigor e havia até um altar para os três santos, onde as pessoas presentes podiam fazer suas promessas e simpatias.

Na obra, a escritora revela que os festejos juninos surgiram a partir de um costume pagão. “O costume primitivo de louvar a fertilidade da terra já era conhecido pelos povos europeus antes mesmo do Cristianismo firmar seus pontos de fé. Assim, o calendário solar destacava dois momentos importantes: junho, o solstício de verão, e dezembro, o solstício de inverno.

O costume era pagão e, com a chegada do Cristianismo, a Igreja começou a pensar numa forma de combater a influência pagã, inserindo elementos cristãos no mesmo período. É neste momento que entram as figuras do três santos: Santo Antônio, São João e São Pedro”, relatou.

CRÍTICAS – Segundo a professora e pesquisadora Aglaé Fontes, na obra a pesquisa se faz clara. As citações demonstram sua busca científica e seu compromisso não só com o sagrado, mas com os aspectos populares, pois não faltam advinhas, simpatias, versos populares e curas mágicas ligadas à figura popular do santos.

Já de acordo com o jornalista e escritor, Luiz Antônio Barreto, o livro representa um espaço importante de interpretação de fatos culturais, com os quais as comunidades convivem no seu cotidiano de crenças, trabalhos e lazeres. Para ele, ao estudar as festas juninas em Sergipe, Luzia Nascimento preenche um vazio no registro e na crítica da cultura popular, enriquecendo a bibliografia essencial do populário sergipano.

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais