Mais espaço no Forró Caju e mudança de acesso

0

O espaço físico do Forró Caju 2005 comportará mais 12 mil pessoas em relação aos anos anteriores. Esta estimativa foi mencionada pelo diretor de trânsito da SMTT, coronel Carlos Augusto, ao informar que os palcos Luiz Gonzaga e Gerson Filho serão afastados para a avenida Otoniel Dória, com o intuito de ampliar o espaço da festa. Segundo o prefeito Marcelo Déda, toda uma nova planta está sendo planejada e será divulgada no início do próximo mês para que as pessoas fiquem cientes das modificações.

 

Carlos Augusto disse que o esquema de trânsito para facilitar o acesso das pessoas aos mercados Thales Ferraz e Albano Franco nos dias da festa está sendo finalizado, mas com o aumento do espaço para aqueles que querem brincar e a prioridade para o transporte público, avisa que haverá maiores restrições para o transporte particular. “A partir da Assembléia Legislativa, na avenida Rio Branco, só passa o transporte público. O trânsito para os demais veículos será desviado para as ruas adjacentes que se aproximam do local do evento”, relatou, ao convocar toda comunidade que utiliza ônibus ou táxi para ir a festa.

 

A princípio, a decisão da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) é que a avenida Otoniel Dória seja interditada pela noite e pela manhã terá uma pista funcionando em sistema binário. “Ano passado ficou funcionando a pista externa e este ano será a interna”, disse. Quanto ao número de ônibus, o coronel disse que, a exemplo dos anos anteriores, a frota será aumentada nos dias da festa. “Ano passado tivemos 50 ônibus extras e este ano teremos este número ou mais”, informou. Para o próximo ano, a SMTT já pensa na probabilidade da desativação do terminal do mercado durante a festa para que o espaço possa ser ampliado novamente.

 

Por Raquel Almeida 

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais