Covid-19: veja quais serviços do INSS podem ser feitos à distância

0
Segundo o Superintendente do INSS em Sergipe, Raimundo Brito, através do portal ‘Meu INSS’ (disponível também na versão de aplicativo) o segurado pode realizar todos os serviços da Seguridade Social (Foto: ASN)

Com as agências do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) fechadas, quem deseja realizar algum serviço relativo à Previdência Social terá que fazê-lo à distância. Segundo o gerente-executivo do INSS em Sergipe, Raimundo Brito, através do portal ‘Meu INSS‘ (disponível também na versão de aplicativo) o segurado pode realizar todos os serviços da Seguridade Social.

Raimundo Brito, gerente-executivo do INSS (Foto: arquivo/ Portal Infonet)

“É só acesso o site ou se a pessoa preferir pode também realizar o que deseja através do aplicativo ‘Meu INSS’. Todos os serviços que são eram feitos presencialmente podem ser realizados à distância”, relata Raimundo Brito. Ainda segundo ele, há outro canal de comunicação entre a entidade e o segurado, que é o número 135, já bastante popular entre os aposentados e pensionistas.

Raimundo explica, por exemplo, que é possível pedir a concessão de aposentadoria através do site ‘Meu INSS’. “Além de preencher os dados, o requerente da aposentadoria tem que anexar os documentos comprobatórios. Lá tem o espaço para fazer esse anexo”, destaca. O gerente-executivo destaca que após a solicitação o INSS tem um prazo estimado de 45 dias para analisar os documentos. “Lembrando que isso pode ser feito em menos tempo, ou por outro lado, demorar bem mais”, salienta.

Veja a seguir os demais serviços que podem ser realizados à distância:

Salário-Maternidade (Urbano)
Extrato Previdenciário (CNIS)
Simulação de Tempo de Contribuição
Histórico de Crédito de Benefício
Carta de Concessão
Resultado da Perícia Médica
Extrato de Empréstimo Consignado
Extrato do Imposto de Renda
Consulta de Declaração de Benefício – Consta/Nada Consta
Consultar a Revisão de Benefício do Artigo 29
Alterar Dados de Contato
Agendar Serviços

Fazer o cadastro no ‘Meu INSS’

Ao acessar o site clicando aqui, o cidadão deve clicar na opção “CRIAR SUA CONTA GOV.BR” que aparece no canto direito da tela e em seguida informar o CPF, o nome completo, a data de nascimento, o nome da mãe e o Estado de nascimento para fazer o login. Em seguida, segurados e beneficiários respondem a cinco perguntas sobre o histórico previdenciário e o seguro-desemprego. Pronto: é gerado, pela internet, um ‘Código de Acesso’, que o cidadão vai trocar por uma senha, que deve conter no mínimo 9 caracteres. É requisito ter também uma letra maiúscula e um caractere especial.

Todo o procedimento leva alguns minutos e o usuário já é habilitado para acessar todas as funcionalidades disponíveis.

por João Paulo Schneider 

Comentários