Dia de Finados: comerciantes esperam aumento na venda de flores

0
Bola-belga de crisântemo, um dos buquês mais pedidos (Foto: Portal Infonet)

Com a chegada do dia de finados, nesta sexta-feira, 2, é comum algumas pessoas irem aos cemitérios com flores e acender velas para relembrar algum ente querido que já faleceu. Essa aproximação do feriado levou alguns comerciantes da passarela das flores do Mercado Municipal de Aracaju a renovar os estoques de flores a fim de ofertar aos clientes mais opções na hora de escolher um ramalhete.

Rosas amarelas (Foto: Portal Infonet)

“O estoque começou a ser renovado a partir desta terça-feira, 30”, destaca a comerciante Vanessa Cristina. Para ela, há uma grande expectativa que as vendas desse ano supere a do ano anterior. Vanessa conta que já começou a receber algumas encomendas, que serão entregues nesta quinta-feira, 01, véspera do feriado. Dentre as flores mais procuradas, crisântemos e rosas brancas lideram a preferência. “Há várias opções: tem potes de flores que custam dez reais, outros que saem por vinte. Tem também variedades em buquês, como rosas brancas, vermelhas e amarelas, que custam entre vinte e trinta reais”, destaca.

“A bola-belga é a mais procurada pelas pessoas”, diz  Rita Magalhães, que também trabalha na passarela das flores. Assim como Vanessa, ela também renovou o estoque e espera vender tudo até o dia do feriado. De acordo com Rita, um buquê de bola-belga, uma variação do crisântemo, varia entre vinte e quarenta reais.

Buquês de crisântemos (Foto: Portal Infonet)

De origem asiática, o crisântemo é associado tanto à vida quanto à morte. A depender da sua cor, pode ser associada a diferentes sentimentos: amarela remete à nobreza; branca, sinceridade, verdade; e vermelha, ao amor.

Por João Paulo Schneider e Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais