Exposição homenageia índios sergipanos

0

(Foto: Pedro Leite/ AAN)

O Dia do Índio já passou, mas a Prefeitura Municipal de Aracaju segue homenageando o povo indígena sergipano. Com a exposição ‘O Índio em Sergipe', disponível no Arquivo Público da Cidade de Aracaju desde o dia 12, a população tem a oportunidade de conhecer ou aprimorar o conhecimento a cerca da história dos índios no estado.

Por meio de uma verve memorialista, como não poderia ser diferente, e sendo inegável a importância dos homenageados no processo de construção contínua de uma identidade sergipana, a exposição tem como objetivo mostrar à sociedade não só o passado, mas também fazer o índio ser enxergado como parte integrante do todo, nos dias atuais.

Para Patrícia Siqueira, professora de História e coordenadora da exposição, tendo em vista que o Arquivo Público se trata de um guardião de memórias, nada mais pertinente que no mês de abril, no qual há a data tão importante para o índio, ser colocado em prática um roteiro histórico que extrapole as amarras do passado. "É preciso mostrar que eles estão presentes, lutando por seus direitos", afirma a coordenadora.

Pela consciência da importância cultural, a PMA põe em prática tal exposição. Desta maneira, aqueles que chegam ao Arquivo Público têm a oportunidade de conferir objetos da vida indígena, como moringas e cocares, artesanatos produzidos pelos índios e que lhes servem como fonte de renda, além de dezenas de painéis informativos somados à explicação de Patrícia. Ao longo dos dias, houve ainda a ida de índios ao local, quando puderam apresentar um pouco da sua cultura e costumes, bem como foi ministrada palestra voltada ao tema.

Graças aos atrativos precitados, a receptividade da exposição vem sendo satisfatória. Inúmeras escolas, municipais e particulares, têm usufruído dos benefícios da mostra, em visitas que invariavelmente agregam valor intelectual aos estudantes. Cerca de 90 pessoas já conferiram o projeto, estudantes de diversas faixas etárias, mas não apenas. "Muitas pessoas que estão passando perto do Arquivo Público vêem o cartaz e entram. Já tivemos visitantes de Brasília, que ficaram maravilhados com o conteúdo", conta Patrícia Siqueira. A exposição fica aberta até o dia 30 de abril, das 8h às 17h, no Arquivo Público, localizado na avenida Hermes Fontes.

Fonte: Ascom AAN

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais