Páscoa: vendedoras apostam em ovos gourmet e entrega em domicílio

0

Com a aproximação da Páscoa, muitos comerciantes têm apostando em ideias criativas para driblar a crise trazida pelo novo coronavírus (Covid-19). Segundo eles, as principais apostas para atrair clientes é procurar oferecer um trabalho delicado e com mais requinte, conhecido como a modalidade ‘gourmet’, além de levar as encomendas até os clientes, estimulando o isolamento social neste período de pandemia.

“Como nossos maiores concorrentes estão com as lojas fechadas, precisamos aproveitar a oportunidade para nos dedicar a oferecer um trabalho de excelência”, diz a vendedora Kátia Araújo, no ramo há mais de 12 anos. Segundo ela, essa ‘onda gourmet’ traz um cardápio variado de ovos de Páscoa, fugindo dos modelos tradicionais. “Eu trabalho oferecendo outras opções, como os conhecidos ovos de colher, e kits com ovos decorados”, conta.

Além dessas modalidades, Kátia conta que criou o ‘ovo de corte’. Na prática, ele funciona como se fosse um bolo, mas em formado de ovo. “Ele tem o recheio mais resistente e permite que a pessoa possa cortá-lo em pedaços que preferir”, destaca. No geral, os preços dos ovos variam entre R$ 6 e R$ 65. “Aceitamos encomendas até mesmo no sábado”, brinca Kátia.

Já a vendedora Evelyn Mylene, diz que além da ‘gourmetização’ dos ovos tem apostado nas entregas. “Como os clientes não podem sair de casa, fazemos essas entregas”. Ainda segundo ela, o aumento do número de encomendas aconteceu nesta semana. “Todo mundo sabe que brasileiro tem o costume de deixar tudo para última hora”, avalia a comerciante.

Ainda segundo Mylene, os sabores que as pessoas mais pedem são de brigadeiro, paçoca, churros, prestígio, e palha italiana cremosa. “Temos um amplo cardápio para atender todos os gostos. O importante é sempre surpreender o cliente”, afirma.

por João Paulo Schneider 

Comentários