Saldo no número de empregos foi de 131,5 mil em maio

0

Foto: César de Oliveira
O país teve saldo de 131,5 mil empregos no mês de maio. Isso representa um crescimento de 0,41% em relação a abril. Os dados constam do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e foram divulgados hoje (22).

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, destacou que esse foi o primeiro resultado positivo do ano em todo as regiões do país. “Pela primeira vez nós crescemos em todas as regiões do país. Pela primeira vez, todos os setores da economia cresceram.”

Lupi disse ainda que em maio houve o menor número de demissões em todo o ano: 1, 217 milhão. Já o número de contratações foi de 1,348 milhão.

No acumulado do ano, o saldo é de 180 mil novos empregos e o resultado de maio foi o quarto positivo no ano.

O ministro não quis fazer previsão sobre o saldo de empregos do mês de junho, mas disse que também será positivo. “Vejo mais positivo [junho] que o mês de maio. Acredito que a indústria da construção civil vai crescer mais. A indústria de transformação, que já cresceu, continua crescendo, sendo puxada pelo setor de serviços, que segue sendo o mais próspero.”

Entre os setores que mais registraram crescimento em relação ao mês de abril estão a agricultura (3,36%), serviços (0,34%), construção civil (0,88%) e comércio (0,21%). A indústria de transformação também registrou crescimento no número de contratações pela segunda vez no ano.

Foram criados em maio 700 novos postos de trabalho, um aumento de 0,01% em relação ao mês de abril. O destaque desse ramo da indústria foi para o setor de alimentação, que cresceu 0,74 em relação ao período anterior.

Fonte: Agência Brasil

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais