Sindifisco debate os efeitos das novas reformas para os servidores

0
O debate ocorre na Sefaz (Foto: Ascom Sindifisco)

O jornalista e analista político do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), Antônio Augusto de Queiroz, será o palestrante do VIII Debate do Fisco, que abordará “Os reflexos das reformas administrativa, previdenciária e fiscal sobre os servidores públicos”.

O evento é uma promoção do Sindicato do Fisco de Sergipe (Sindifisco) e acontecerá nesta terça-feira, 19, às 9h, no auditório da Secretaria da Fazenda do Estado de Sergipe (Sefaz).  A Sefaz está localizada, no Centro Administrativo Augusto Franco, Bairro Capucho.

Além de analista político do DIAP, Antônio Augusto é sócio-diretor das empresas “Queiroz Assessoria em Relações Governamentais e Institucionais” e “Diálogo Institucional Assessoria e Analise de Políticas Públicas”.

“Antônio Augusto do DIAP é um profundo conhecedor dos bastidores do Congresso Nacional e com ele vamos aprofundar o debate sobre temas como as consequências da reforma da Previdência e sobre o andamento das reformas do Estado brasileiro, que afetam substancialmente os serviços públicos, servidores e a população de um modo geral”, afirma o presidente do Sindicato do Fisco de Sergipe, Paulo Pedroza.

Em artigo recente publicado no portal do DIAP, Antônio Augusto afirma que “o governo Bolsonaro prepara uma reforma administrativa, dentro da lógica do ajuste fiscal, com o propósito de reduzir custos, assim como vem procedendo na reforma da previdência, sem qualquer preocupação com a importância estratégica das carreiras do Serviço Público nem com a qualidade dos serviços prestados à população. Os servidores e suas entidades de classe vão precisar se mobilizar porque o atual governo possui um preconceito arraigado contra o Estado, suas organizações, instituições e servidores, e pretende aproveitar esse momento de crise fiscal para justificar o desmonte do serviço público”.

Fonte: Ascom Sindifisco

Comentários