Supermercados devem evitar longas filas

0

Representantes de supermercados garantem cumprir Código
Representantes de grandes redes de supermercados de Sergipe se reuniram em audiência nesta sexta-feira, 22 com a promotora Euza Missano para discutir a regularidade dos serviços prestados aos consumidores, a exemplo das longas filas para pagamento nos terminais de caixas. Ficou definido que a Promotoria de Defesa do Consumidor encaminhará cópia do Termo de Audiência ao PROCON/SE para que seja mantida a fiscalização necessária para a adoção das providências legais.

Diante das considerações expedidas na audiência, considerando os estudos realizados atinentes à lei 3298/2005 do Município de Aracaju, o Ministério Público entende que, independentemente da existência de auxiliares de caixa para atendimento nos terminais, em todos os supermercados, na forma inserta em lei municipal, os estabelecimentos são obrigados a prestar serviços adequados e seguros aos consumidores, mantendo todas as cautelas para garantir o atendimento correto e ágil, evitando longas filas e protestos continuados.

Na ocasião, os representantes dos supermercados declararam que cumprem as diretrizes e princípios estabelecidos no Código de Defesa do Consumidor e na Constituição Federal, disponibilizando caixas suficientes para o célere e eficaz atendimento dos seus clientes, dimensionando o funcionamento de acordo com o movimento da loja, na rotina de cada unidade.

E que manterão afixados, em local de fácil acesso aos consumidores, cartaz com o número do PROCON/SE para quaisquer reclamações de consumidores.

 

 

 

 


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais