João anuncia que pagará reajuste do Piso sem retroativo

0
João Alves Filho: "Se a situação melhorar, poderemos rever e pagar o retroativo" (Foto: Portal Infonet)

O prefeito João Alves Filho (DEM), anunciou na manhã desta quarta-feira, 13, em solenidade no Centro Administrativo José Aloísio Campos, que não vai pagar o reajuste do Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN), retroativo a janeiro, mês em que a categoria deveria ter recebido o aumento de 13,01%. O Sindicato dos Profissionais do Ensino do Município de Aracaju (Sindipema), vai aguardar a publicação pela Prefeitura, para reivindicar a reabertura do canal de negociações, visando buscar o retroativo.

“O que eu puder fazer pelos professores farei, mas por conta da crise em que as prefeituras estão passando, só poderemos pagar o Piso aos professores a partir de agora. As dificuldades foram grandes. Se a situação melhorar, poderemos rever e pagar o retroativo a janeiro”, destaca o prefeito João Alves Filho durante solenidade de premiação aos contemplados do Programa Professor Show de Aula, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação.

Na ocasião, a secretária municipal de Educação, Márcia Valéria Santana anunciou o pagamento do reajuste do Piso Salarial aos professores da rede municipal de ensino. “Estamos anunciando hoje o pagamento do reajuste ao Piso do Magistério em 13.01% de acordo com o que foi determinado em lei, um grande avanço que foi pactuado e acordado em assembleia dos nossos professores”, ressalta.

Sindipema

O presidente do Sindipema, Adelmo Meneses lamentou o pagamento do reajuste de 13,01% aos professores de Aracaju, sem o retroativo. “O nosso posicionamento é de que a Prefeitura de Aracaju é um retrocesso, pois em 2013 e 2014 o Piso foi pago em maio, com parcelas retroativas a janeiro e agora o prefeito anuncia que não vai pagar o retroativo. Vamos aguardar a resolução ser publicada para reivindicar a abertura do canal de negociações, para que possamos cobrar o pagamento do retroativo”, enfatiza Adelmo Meneses.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais