Movimentos protestam pela Educação e ‘queimam’ deputados sergipanos

0

A mobilização nacional contra os cortes na Educação e pela Aposentadoria, em Sergipe, reuniu sindicatos e movimentos sociais em frente ao Palácio dos Despachos na manhã desta terça-feira, 13. Professores da rede estadual de ensino também voltaram a cobrar do Governo o reajuste salarial da categoria, que não é concedido há mais de cinco anos. O ato também contou com bonecos simbolizando os deputados federais sergipanos que votaram a favor da Reforma da Previdência e do presidente Jair Bolsonaro. A pretensão é queimá-los nesta terça-feira.

Confira a reportagem completa no vídeo:


Em junho deste ano, a Secretaria de Estado da Educação afirmou que o Governo de Sergipe retomou a Carreira do magistério no dia 1º de dezembro de 2018 passando a vigorar para 2019 a aplicação de 15% no escalonamento, o que representou um ganho real aos professores de aumento nominal de até R$855,88, promovendo a valorização dos níveis: graduação, especialização, mestrado e doutorado.

Por conta da retomada da carreira e aplicação real no escalonamento, a Seduc estuda os efeitos da aplicação do piso nacional sobre a hierarquização da carreira, dado ao esgotamento da capacidade do Fundeb em financiar a folha salarial do magistério e dos demais profissionais lotados nas escolas.

O Portal Infonet também está a disposição dos deputados sergipanos que foram alvos dos protestos, caso queiram se pronunciar, através do telefone (79) 2106-8000 ou e-mail jornalismo@infonet.com.br.

Comentários