Atlético Mineiro humilha Itabaiana

0

Em Itabaiana, o estádio Presidente Médici se vestiu de vermelho, azul e branco para ver o time local estrear na Copa do Brasil. Mas o chocolate de 5 a 0 jogou um banho de água fria no torcedor do atual líder do Campeonato Sergipano, que esperava, ao menos, o jogo de volta em Belo Horizonte. Mas o que se viu foi uma equipe desencontrada em campo.

Nos primeiros minutos o Itabaiana fez bonito e agradava a torcida. A cada drible, um grito, a cada toque de bola, uma esperança. Mas o Galo mostrou que não veio ao estado de Sergipe a passeio e logo se impôs em campo. Aos 11 minutos Júnior recebeu na entrada da área e bateu com a perna esquerda direto para o ângulo direito do goleiro Ricardo Gomes, abrindo o placar.

Lance do primeiro gol do Galo
Tardelli deixa sua marca

Dois minutos depois, a estrela do time mineiro, Diego Tardelli, recebeu a bola de Yuri e chutou forte no ângulo, desta vez o esquerdo, do goleiro do Itabaiana. A esta altura o jogo de volta já estaria liquidado já que, oelas regras do torneio, o time que perde por uma diferença igual ou superior a dois gols não tem direito à segunda partida.

O autor do primeiro gol do Galo foi o coadjuvante no terceiro.

Itabaianenses lotaram estádio…
Aos 14 do segundo tempo Júnior tocou a bola para Marcos Rocha, que ajeitou e bateu no canto direito, fazendo 3 a 0. O quarto gol veio aos 31 minutos, através dos pés do estreante Carlos Júnior, que carregou a bola pelo lado esquerdo até colocá-la no fundo da rede.

Chocolate

Já era goleada, mas o técnico Emerson Leão ainda não estava convencido e pedia mais, sendo correspondido pelo time. Aos 33 da etapa complementar, Éder Luís faz uma bela jogada pela esquerda, cruzou e deu de presente o quinto gol do Galo ao

…mas só torcida do Galo comemorou
Carlos Júnior, segundo dele na partida. Enquanto isso, o Itabaiana não se encontrava em campo.

Os mais de 4 mil torcedores deixaram o estádio revoltados, alguns gritando palavrões, outros dizendo que o placar foi uma vergonha nacional para Sergipe. A chance de redenção do futebol sergipano na Copa do Brasil pode vir através do Confiança, que só estréia na competição no dia 4 de março contra o América de Natal.   

Voltar para Canal Esporte

Por Glauco Vinícius e Raquel Almeida

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais