Equipes sergipanas na Série C terão incentivo do governador

0

Governador João Alves Filho anuncia ajuda para Sergipe e Confiança na Série C
As equipes do Itabaiana e do Sergipe, representantes estaduais no Campeonato Brasileiro da Série C, este ano terão um motivo a mais, para investir nos seus quadros de futebol e tentar a todo custo, ascenderem à Série B, o grande sonho dos desportistas sergipanos. É que além da validade do cupom do Gol da Sorte no jogos dessa competição, o governador João Alves Filho informou, que tanto o Itabaiana quanto o  Sergipe, irão receber um incentivo dobrado, enquanto estiverem participando do Campeonato Brasileiro. O Banese duplicará o apoio de R$ 10 mil/mês, para R$ 20 mil, até o final da competição.

O anuncio foi feito pelo governador João Alves Filho, por ocasião da entrega dos prêmios do “Gol da Sorte”, na noite da ultima terça-feira, na Vila do Forró Chapéu de Couro. A decisão do governador, atende a uma reivindicação dos dirigentes das duas equipes, que presentes à solenidade, agradeceram a decisão do governador. O mesmo aconteceu com o presidente da Federação Sergipana de Futebol, José Carivaldo de Souza, que destacou o apoio do governador do estado ao esporte sergipano, especialmente o futebol.

“Temos dois representantes no campeonato nacional, o Sergipe e o Itabaiana. Durante o período que estiverem no campeonato, iremos duplicar o incentivo do Banese, para estimular o futebol sergipano”, anunciou João Alves.

Alberto Nogueira, presidente da Associação Olímpica Itabaiana, disse que João Alves está oxigenando os clubes na jornada futebolística. Ressaltou que o Gol da Sorte é uma iniciativa vitoriosa do Governo de Sergipe que fez os clubes desportivos revigorarem e os torcedores voltarem aos estádios. O presidente do Clube Desportivo Sergipe, Antônio Soares da Mota, o Motinha, concordou com o colega de campeonato e enfatizou: “O Gol da Sorte salvou os times sergipanos, porque sem ele, os clubes não tinham condições de honrar os compromissos. Hoje saímos dos jogos com no mínimo uma renda de R$ 4 a R$ 5 mil”, analisou.

Endossando a posição dos presidentes de clubes, Carivaldo Souza, representante da Federação Sergipana de Futebol -FSF, fez questão de agradecer de público ao governador. Para ele, João Alves não mediu esforços em implantar o Gol da Sorte. Ele salientou que os times de futebol vinham passando por uma série de dificuldades e o governador esteve de prontidão para atender as necessidades da Federação.

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais