Parafraseando o Mestre do Jornalismo Boris Casoy. “É uma vergonha”!

0

O desprezo com que a entidade maior do futebol brasileiro, a CBF, trata a série “C”, do Campeonato Brasileiro, é no mínimo vergonhoso, para não dizer humilhante.

 O “terreno baldio” que eles chamam de campo de futebol é pior e muito menor, do que o “campinho de pelada” do meu bairro. É um pouco maior do que a minha mesa de Futebol-de-Botão. Aliás, se os caprinos, bovinos e jegues de Nova Lima dependessem da grama do Castor Cifuentes, morreriam de fome.

O estádio então, nem se fala! Não é um “Caldeirão”, porque a palavra denota aumentativo e contrastaria com a realidade do diminutivo que é. Caberia melhor uma expressão que representasse a sua pequinesa. “Panelinha” é uma boa idéia. Serviria para combinar com o grupinho de incapazes, que por uma propina qualquer ou outros interesses próprios, permitiram que um “cercado” daqueles fosse palco para uma partida importante, onde estava em “jogo” o futuro do futebol sergipano.

Já disse várias vezes e repito, que estou muito à vontade para criticar ou elogiar qualquer time de Sergipe, pois como “sergiroca”, torço somente para dois times: o “Tricolor das Laranjeiras”, o meu querido Fluminense Futebol Clube e o “Futebol Sergipano”.

É lógico que será muito difícil, e eu nem vou pedir isso, que o torcedor do “Diabo Rubro”, torça para a vitória do seu arquiinimigo Confiança. É “criar cobra para ser picado”. Mas vou solicitar, ou melhor, convocar, que cada sergipano, por naturalidade ou opção, como eu, vá ao “Batistão”, que é um dos maiores e melhores estádios do nordeste, no próximo sábado, torcer para a superioridade do Futebol “Sergipano” e Nordestino, sobre os discriminadores “pirulitos” dos “estados de baixo” e, com toda super-raça, que somos e temos, mostrarmos em “campo”, que nós sim possuímos, o quão infinitamente somos fortes para superar as dificuldades que atravessam em nossos caminhos.

Viva Sergipe, Viva Aracaju e Viva o rico Nordeste deste pobre Brasil.

 

 

Por Carlos Lopes

carloslopes@infonet.com.br

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais