Congressitas aprovam Carta de Aracaju

0

Emannuel Nascimento: “A sociedade está avançando”/(Foto: Alberto Dutra)
Na Carta de Aracaju, aprovada pelos participantes do XXV Congresso Brasileiro de Servidores de Câmaras Municipais e do V Encontro Nacional de Vereadores, foram destacados os aspectos discutidos durante o evento, como a criação de um acervo aberto com a prestação das contas a qualquer cidadão, além da criação de escolas legislativas, código e a consolidação total das leis no âmbito de cada câmara.

Além destes, foram citados também a redução de cargos comissionados, o incentivo ao desempenho dos servidores, a participação do Legislativo quanto à preocupação com a ocupação do solo da cidade, principalmente na faixa litorânea, afim de evitar danos ambientais. A carta foi aberta para a votação que foi aprovada por todos. 

Agraciado com uma Moção de Agradecimento da Abrascam, o presidente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), Emmnauel Nascimento (PT), agradeceu a homenagem, parabenizou todos os congressistas presentes e ressaltou a importância do evento. “A sociedade está avançando. Todas as nossas ações envolve política e esse evento de três dias foi realizado com o intuito de reconhecer os trabalhos dos servidores das câmaras municipais e proporcionar a cada um, aprendizagem sobre o seu papel, a sua importância para a construção de uma sociedade com qualidade de vida”, afirmou Emmanuel.

Ainda em seu discurso, Emmanuel frisou a necessidade da Associação Brasileira dos Servidores das Câmaras Municipais (Abrascam) se transformar em entidade sindical. “Como é que vocês são ligados aos sindicatos municipais de servidores e não são sindicato? Acredito que é preciso que a Abrascam se transformar em sindicato e assim dar continuidade, com maior força e maior abrangência aos interesses dos servidores de todo o país”, destacou.

Fonte: Ascom Cmaju

Comentários