Governadores do NE criticam “posicionamento agressivo” de Bolsonaro

0

 

Governadores do Nordeste assinaram carta para posicionar sobre o pronunciamento de Jair Bolsonaro (Foto: ASN)

Em carta divulgada nesta quarta-feira, 25, os governadores do Nordeste, inclusive o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, criticaram o “posicionamento agressivo” do presidente da Jair Bolsonaro, e afirmaram que vão manter as medidas adotadas para o enfrentamento ao coronavírus.

Os governadores disseram que esse é um momento de união, de se esquecer diferenças políticas e partidárias e que acirramentos só farão prejudicar a gestão da crise. Eles também destacaram que agressões e brigas não salvarão o país e que o Brasil precisa de responsabilidade e serenidade para encontrar soluções equilibradas.

Na carta, os governadores solicitaram a necessidade urgente de uma coordenação e cooperação nacional para proteger empregos e a sobrevivência dos mais pobres e se disseram “frustrados com o posicionamento agressivo da Presidência da República, que deveria exercer o seu papel de liderança e coalizão em nome do Brasil”.

Por meio da carta, os governadores informaram ainda que pactuaram a manutenção das medidas baseadas no que afirma a ciência seguindo orientação de profissionais de saúde, capacitados para lidar com a realidade atual; e a manutenção das medidas preventivas gradualmente revistas de acordo com os registros informados pelos órgãos oficiais de saúde de cada região.

Clique aqui para conferir na íntegra a carta dos governadores na íntegra.

por Verlane Estácio

 

Comentários