Macambira: atual gestão denuncia vandalismo na sede da Prefeitura

0
A denúncia de vandalismo será encaminhada à justiça (Foto: Reprodução/Vídeo/Prefeitura de macambira)

A atual gestão da Prefeitura de Macambira divulgou nota nesta segunda-feira, 4, informando que servidores encontraram o prédio da administração municipal debaixo d’água e que o local teria sido alvo de vandalismo.

Segundo nota divulgada pela Prefeitura, as imagens que circularam nas redes sociais mostram que torneiras foram deixadas abertas, o que teria causado alagamento em parte do imóvel e danificado documentos e materiais. Além disso, segundo a nota, produtos de limpezas foram derrubados em cima de documentos e materiais no almoxarifado e na Secretaria de Obras.

A Prefeitura de Macambira disse que a denúncia vai ser encaminhada ao Tribunal de Contas do Estado, ao Ministério Público Estadual e ao Ministério Público Federal.

Ex-gestão da prefeitura de Macambira

O ex-prefeito Luciano de Vital disse que há quatro anos, recebeu a gestão com todos os prédios públicos sucateados, incluindo escolas, postos de saúde, a própria sede da prefeitura e as sedes das secretarias de Obras e Saúde. Segundo ele, a frota de veículos estava completamente sucateada e isto vale para as máquinas pesadas também.

“Como a prefeitura não dispõe de muito recursos, tive que priorizar os investimentos. Por isso, reformei todos os postos de saúde do município, com exceção de um que eles deixaram com recursos bloqueados e eu não consegui destravar em Brasília; adquiri novos veículos para a frota municipal e reformei três das 10 escolas municipais”.

“Eu sinto muito, mas não tive como corrigir o estrago que eles fizeram em 20 anos em apenas quatro anos. Eram problemas demais e eu tive que priorizar aquilo que era essencial para a população. Porque na minha gestão eu fazia reformas de verdade e não apenas dava uma demão de cal e de tinta nos prédios públicos para enganar a população. O meu trabalho foi pautado na honestidade e no respeito ao dinheiro público, mas se eles estão reclamando que os prédios estão em péssimas condições, 90% dessa culpa é deles mesmos”.

Quanto a torneira que ficou ligada, o ex-prefeito Luciano de Vital acredita que foi um acidente. “Macambira costuma sofrer com falta d’água e como não tinha água, acredito que a torneira acabou ficando aberta, como acontece na casa da gente algumas vezes. Foi um acidente. Até porque jamais eu iria ordenar que depredassem o patrimônio público. Portanto, não temo qualquer representação que venham a fazer contra minha pessoa. Fiz o que pude, mas não consegui resolver 20 anos de atraso em 04 anos de gestão”.

Por Isabella Vieira e Verlane Estácio 

 

A matéria foi alterada às 19h para acréscimo de nota enviada pelo ex-prefeito Luciano de Vital.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais