Rosário do Catete pode ter novas eleições

0

Foto: Arquivo Portal Infonet
Os mandatos do prefeito de Rosário do Catete, Etelvino Barreto Sobrinho, conhecido como Vino (PMDB) e do vice Alexsandro Araújo (PT) foram cassados pelo juiz Pablo Moreno Carvalho da Luz, da Comarca de Maruim. Eles são acusados de abuso do poder econômico e compra de votos nas eleições de 2008. E terão de pagar uma multa no valor 35 mil Ufirs (Unidades Fiscais de Referência). Com a decisão, a população de Rosário pode voltar às urnas.

De acordo com a sentença, à época da campanha, o prefeito Vino e o vice Alexsandro, teriam prometido dar casas em troca de votos a eleitores que participavam de um comício em praça pública.

Prefeito teria prometido casas em troca de votos / Foto: Arquivo Portal Infonet
A decisão ainda cabe recurso e o prefeito vai recorrer da decisão, mas existe a possibilidade de uma nova eleição no município. “Os advogados do prefeito Vino vão entrar com recurso nesta sexta-feira, 9, recorrendo da decisão judicial”, informa o assessor Antônio Teles.

A Prefeitura de Rosário do Catete passa a ser administrada pelo presidente da Câmara, Hélio Santos(PV), que tomou posse na noite desta quinta-feira, 8.

Por Aldaci de Souza

Comentários