Vaga de conselheiro do TCE gera expectativa

0

Antonio Manoel antecipou o pedido de aposentadoria/Foto: Ascom TCE
O pedido de aposentadoria do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Antônio Manoel de Carvalho Dantas, está aumentando as especulações quanto ao seu substituto naquela Corte. Acredita-se que, seria a chance do conselheiro Clóvis Barbosa permanecer no cargo antes ocupado por Flávio Conceição que continua afastado. O deputado Ulices Andrade é um dos candidatos à vaga que somente pode ser anunciada ao fim dos trâmites da aposentadoria de Antonio Manoel.

Procurada pela reportagem do Portal Infonet a assessoria de Comunicação do Tribunal de Contas, informou que ainda não existe a vaga, ou seja, Antônio Manoel está afastado e em seu lugar, assumiu o auditor Luis Augusto Ribeiro, até que seja indicado o novo conselheiro.

Clóvis Barbosa continua na expectativa
A assessoria explicou que a Antônio Manoel protocolou a aposentadoria no último dia 30 de abril, o presidente [Reinaldo Moura] encaminhou para o setor jurídico. A documentação será levada ao Ipes para verificar o tempo de serviço e só ao final dos trâmites é que o presidente pode levar para o pleno do TCE e em seguida encaminhar para a Assembléia Legislativa.

Antecipação

O pedido de aposentadoria de Antônio Manoel de Carvalho Dantas estava previsto para o próximo dia 3 de julho. Mas ele decidiu protocolar a aposentadoria compulsória no último dia 30 de abril, sob a alegação de “evitar uma emoção maior, fruto das homenagens que certamente lhe seriam prestadas pelos funcionários e demais membros do

Ulices Andrade é candidato à vaga

 

colegiado”.

O conselheiro fez uma recontagem dos 46 anos de serviços prestados à sociedade, dos quais 13 anos e 11 meses consagrados ao Tribunal e viu que já contabiliza o período necessário para a aposentadoria.

Por Aldaci de Souza

Comentários