Vereador Carlito Alves é convidado a deixar o partido Republicanos

0
O partido atendeu ao pedido das mulheres que integram a sigla. (Foto: Arquivo / CMA)

O diretório municipal do partido Republicanos afirma já ter notificado o vereador pastor Carlito Alves convidando-o a deixar o partido. A decisão da sigla acata o pedido das Mulheres Republicanas que protocolaram na semana passada, dia 13, um pedido formal de expulsão do Pastor Carlito Alves, por conta da exposição do parlamentar em um vídeo íntimo.

“Nós fomos convocados pelas mulheres do partido em uma reunião onde elas pediram a saída do vereador Pastor Alves. Nós deferimos o pedido das mulheres, e já notificamos o vereador, convidando ele a deixar o partido e se filiar a outra sigla partidária. Pelo Republicanos ele não poderá mais concorrer. Já comunicamos ao diretório estadual e estamos aguardando apenas a decisão do jurídico do diretório nacional”, explica Pastor Eduardo Lima, presidente do Republicanos em Aracaju.

De acordo com uma das integrantes do grupo Mulheres Republicanas, Pastora Salete Fernandes, foi ela quem convocou as mulheres depois que recebeu o vídeo que circulou na internet com o vereador Pastor Alves em situação íntima. Ela conta que independente da suspeita de envolvimento do parlamentar no caso de pedofilia, as mulheres apontam a conduta adotada pelo vereador. De acordo com ela, por unanimidade as mulheres decidiram que o vereador deveria sair da sigla, e caso isso não acontecesse, elas deixariam o partido.

“São mais de 30 mulheres que participaram da reunião. Convocamos o presidente do partido estadual e municipal, já que até então nenhuma medida havia sido adotada, entregamos a carta com as assinaturas, anexamos as fotos da reunião e pedimos que fosse enviado para a executiva nacional. Além de mulheres, boa parte de nós somos pré-candidatas, e qual discurso teremos diante dessa situação?”, enfatiza.

O presidente do partido confirmou que as mulheres foram enfáticas ao pedir a saída do vereador e condicionar isso a permanência delas no Republicanos. “As mulheres disseram que se o vereador não saísse as 12 pré-candidatas deixariam o partido. Fomos surpreendidos com essa decisão delas, e diante disso o diretório municipal entendeu que 12 mulheres saindo do partido seria um grande problema e não poderíamos disputar as eleições, até porque não há tempo hábil, então deferimos o pedido”, explica.

O Portal Infonet tentou contato com a assessoria de comunicação do parlamentar, mas nossas ligações não foram atendidas e nem as mensagens respondidas. O Portal Infonet permanece à disposição através do e-mail jornalismo@infonet.com.br  e através do telefone (79) 2106-8000.

Por Karla Pinheiro

Comentários