Campanha Antirrábica em Aracaju é prorrogada até a próxima sexta, 30

0
Nesta nova etapa da campanha, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) estará até a próxima sexta-feira, dia 30, com postos fixos em vários pontos da cidade, das 8h às 12h. (Foto: SMS)

A campanha de vacinação antirrábica, que seria encerrada no último sábado, 24, foi prorrogada pela Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), visando aumentar a cobertura da imunização de cães e gatos contra a raiva. Nesta nova etapa da campanha, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) estará até a próxima sexta-feira, dia 30, com postos fixos em vários pontos da cidade, das 8h às 12h.

Na quarta-feira, 28, os postos fixos em funcionamento serão: Ponta da Asa, bairro Santa Maria (final de linha de ônibus); Rua 38, n° 50 Lot. Paraíso do Sul, bairro Santa Maria; Ass. de Moradores do Loteamento Prainha, bairro Santa Maria; Colégio Albano Franco, Conjunto Padre Pedro; e UBS Elizabeth Pita – Feirinha, bairro Santa Maria.

Já na quinta-feira, 29, os postos funcionarão na Associação de Moradores do Loteamento Beira Mar, bairro Aeroporto; Residencial Costa Nova, bairro Aeroporto; Porto do Sul, bairro Aruana e nas UBS Augusto Franco e UBS Edésio Vieira de Melo.

No dia 30 – último dia de vacinação antirrábica – estarão funcionando os postos fixos das Praça Osvaldo Mendonça e Praça do Anchietão, no bairro Bugio, e nas UBS Adel Nunes (Bairro América), Onésimo Pinto (Jardim Centenário) e Carlos Hardman (Lamarão).

Sobre a Campanha

Desde o início da campanha, no dia 15 de outubro, até o momento, a SMS contabilizou a imunização de 33.981 animais, sendo 23.544 cães e 10.437 gatos.

“É importante ressaltar que quem não conseguir levar o animal de estimação para tomar a vacina antirrábica, o CCZ disponibiliza doses durante todos os dias úteis do ano”, destacou a gerente do CCZ, a veterinária Marina Sena. A unidade fica situada na avenida Dr. Carlos Rodrigues da Cruz, nº 1081, no bairro Capucho, vizinho à sede do Ibama.

Durante a campanha, a estratégia da SMS foi dividir a campanha em quatro etapas. A primeira delas aconteceu de 15 a 19 de outubro, com os postos volantes na Zona de Expansão, Robalo e Santa Maria. Já no dia 20 de outubro, ocorreu a primeira etapa dos postos fixos, com a 6ª, 7ª e 8ª região.

No dia 10 de novembro foi a vez da segunda etapa dos postos fixos, com a 3ª, 4ª e 5ª regiões e, no último sábado, 24, foi a terceira etapa de postos fixos da Campanha de Vacinação Antirrábica de 2018 com a 1ª e 2ª regiões.

Controle da doença

A raiva pode ser transmitida do animal para o homem através da mordida ou pelo contato de ferimento com a saliva do cão ou gato infectado. A gerente do CCZ, Marina Sena, lembra que a vacina é a forma mais eficaz de prevenção de casos de raiva e proteção da saúde do animal, que deve ser imunizado todos os anos. “A vacina contra a raiva permite que o cão e o gato criem anticorpos para poder se defender da doença”, alerta.

A estudante Maria Eduarda Santos levou sua cachorrinha, Kira, para ser imunizada no posto fixo da UBS Augusto Franco, no último sábado, 24, e destacou a importância da campanha. “É muito importante imunizar os nossos animais contra a raiva. É uma forma de protegê-los e proteger a nossa família também”, enfatizou.

O morador do Augusto Franco, Vinícius Araújo, disse que a cachorrinha dele não podia ficar sem proteção e, por isso, não deixou de levá-la ao posto fixo. “Todo ano eu trago minha Cristal para ser imunizada. Quando soube que iria acontecer a campanha, já fiquei atento”, garantiu.

Fonte: PMA

Comentários