Cidade Nova recebe mutirão de combate ao Aedes aegypti

0
Esse foi o 36º mutirão realizado este ano, na ação que até o último dia 9 já havia visitado 653.558 imóveis. (Foto: Ascom SMS)

Neste sábado, 19, o bairro Cidade Nova recebeu as equipes da Prefeitura de Aracaju, formada pelos agentes da Secretaria Municipal da Saúde e as equipes da Emsurb e da Secretaria de Meio Ambiente, em mais um mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti. Esse foi o 36º mutirão realizado este ano, na ação que até o último dia 9 já havia visitado 653.558 imóveis.

A estratégia, coordenada pela SMS, contou com o trabalho de 30 agentes de saúde, duas equipes da Emsurb e com o serviço Cata Treco, contemplando áreas públicas e cerca de 900 imóveis da localidade. O trabalho feito se baseia na orientação, identificação e eliminação de focos e possíveis criadouros do mosquito, além da varrição, capinação, roçagem mecanizada e coleta de resíduos descartados incorretamente.

“Apesar da média do índice de infestação da capital estar em 0,9, baixo risco de epidemia, temos alguns bairros, como o Cidade Nova, com classificação de médio risco, apontando 2,0, o que nos deixa em alerta. Estamos trabalhando nessas localidades com maior índice, para que com a chegada do verão, não sejamos surpreendidos com um surto maior”, preveniu o gerente do Programa Municipal de Combate ao Aedes, Jeferson Santana.

Até o mês de novembro, foram notificados 1.479 casos de dengue, 2.138 de chikungunya e 105 de zika. No mesmo período, foram confirmados 786 casos de dengue, 1.619 de chikungunya e 75 de zika.

Cuidando de casa

Os índices de infestação seguem apontado que mais de 80% dos criadouros se encontram nas residências, em locais como vasos de plantas, recipientes de água dos animais de estimação, vasos sanitários de pouco uso ou baldes. O pintor Wellington da Silva, residente no Cidade Nova, faz a sua parte e também pede a colaboração dos vizinhos.

“Sempre após o uso da lavanderia nós esgotamos a água e limpamos com cloro, tudo para o mosquito não chegar aqui. Também cuidamos da caixa d’água, regularmente eu subo para olhar, ver se está tampada corretamente, e também pedimos a colaboração do vizinho”, explicou o morador.

Fonte: PMA

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais