Doação de leite materno não oferece risco durante pandemia

0
O estoque do banco de leite no Estado está baixo, o que tem causado preocupação na rede (Foto: SES)

Doar leite materno durante a pandemia não oferece riscos.  A mulher deverá estar usando máscara, o que assegura sua proteção. A prevenção já existia por conta de outros tipos de vírus, como o da H1N1 e da Influenza. Quem explica é a gerente   do Banco de Leite, Marly Sarney, Magda Dória. Ela explica que, por conta do Covid-19, já há um trabalho estruturado e as pessoas podem ficar tranquilas porque a rede de bancos cumpre toda a normativa de barreira.

“O estoque do banco de leite está baixo porque as mães têm essa preocupação. É natural já que é um vírus bem potente, mas a equipe está disponível para esclarecimento”, ressalta Magda. Ela atenta que o critério para uma mulher se tornar doadora é ela não estar com nenhuma doença, como a gripe ou suspeita do Coronavírus ou estar com o Covid19.

“Nós não vamos colocar essa mulher para ser doadora, não por conta do vírus ter sido encontrado no leite humano, mas por essa mulher estar doente, debilitada, precisando de repouso, e doar leite requer um esforço. Isso, já é uma normativa do tipo de vírus que ela tiver, não sendo apenas por causa do Covid-19, mas por causa de outros vírus. Esse é um critério da rede de bancos”, observa Magda.

Ela esclareceu que com relação à pandemia o que muda é que essa mulher faz o uso de máscara, lava as mãos antes de pegar no bebê e todo o critério que todos já sabem. “Diante dessa pandemia precisamos garantir essa doação de leite, porque é necessário fortalecer o sistema imunológico do recém-nascido e isso só se consegue com o leite humano”, atenta a enfermeira da MNSL.

Cadastro

As pessoas que ainda não são cadastradas devem ligar para telefone 3216-6301 que funciona de segunda a sexta das 7h da manhã até as 17h para receber orientação.

Fonte: SES

Comentários