Governo diz que economizará R$ 1 milhão na compra de outra carreta

0
Audiência no MPE para discutir a aquisição da carreta (Foto: Portal Infonet)

 

O Governo do Estado garante que já dispõe de um novo orçamento que proporcionará a economia de R$ 1 milhão para adquirir uma carreta destinada a ações preventivas que possam evitar o câncer em mulheres. O contrato firmado pelo Governo do Estado com a empresa Morubim está avaliado em R$ 2,7 milhões para aquisição do veículo. Mas, conforme informações do secretário Sales Neto, de Comunicação Social, na segunda-feira, 4, a Secretaria de Estado da Saúde recebeu proposta para aquisição de um veículo similar, com as mesmas características destinado à prestação do mesmo serviço, por um preço bem menor: R$ 1 milhão.

Sales Neto não fala em rescisão de contrato, mas garante que o Governo lutará para aquirir o mesmo veículo pelo menor preço. Inclusive já adotou medidas paralelas, solicitando orçamento a uma terceira empresa que fornece o mesmo tipo de veículo ao Hospital do Câncer de Barretos. “Se ficar comprovado que há carretas mais baratas no mercado, o Governo vai comparar a carreta mais barata”, diz Sales Neto. O secretário diz que o Governo do Estado está ainda tentando compreender o contrato firmado na gestão do ex-governador Jackson Barreto para a aquisição da carreta com recursos do Tribunal de Contas do Estado, que foram direcionados para esta finalidade na gestão do conselheiro Clóvis Barbosa, na Presidência do TCE.

Justiça

Este episódio gerou polêmica e está sendo analisado pelo Ministério Público Estadual (MPE). As polêmicas declarações do empresário Márcio Guitton, responsável pelo contrato, surpreenderam a equipe do Governo. De acordo com o secretário Sales Neto, o governador Belivaldo Chagas ajuizou ação contra o empresário para que ele possa esclarecer o que efetivamente ele quis dizer ao ‘levantar questões éticas’ nos procedimentos para a entrega do equipamento. “O Governo do Estado está tomando todas as precauções devidas em relação a essa aquisição, inclusive apurando acusações recentes do proprietário da empresa que construiu a carreta que levantou questões éticas para a entrega do equipamento”, revela Sales Neto.

O governador Belivaldo Chagas aguardará os trâmites da ação. “O governo não vai fazar nada enquanto o empresário não esclarecer em juízo as declarações dele , que colocam a dúvida a lisura do Governo”, destaca o secretário.

por Cassia Santana

 

Comentários