Justiça prorroga intervenção no Hospital Amparo de Maria

0
Momento em que os trabalhadores decidiram pela greve no Amparo de Maria (Foto: Sintasa/Arquivo)

O juízo da 1ª Vara Cível da Comarca de Estância prorrogou o prazo da intervenção judicial realizada no Hospital Amparo de Maria, de Estância. Com a decisão, o interventor José Magno de Leão Brasil Neto permanecerá na função por um novo período de 90 dias, exercendo os mesmos poderes e cumprindo as obrigações estabelecidas em decisão judicial datada de 27 de novembro de 2013.

Além da prorrogação do prazo da intervenção, a juíza Tatiany Nascimento Chagas de Albuquerque quer saber se salários dos trabalhadores foram pagos e pede informações aos interventores sobre a greve dos servidores, iniciada no dia 2 deste mês em consequência do atraso de salários. Pela decisão, o interventor tem prazo de dez dias para prestar os esclarecimentos ao juízo da 1ª Vara Cível. Ao processo judicial, que continua em tramitação naquela Comarca, a atual gestão do Hospital Amparo de Maria anexou protocolo propondo a implantação de novo plano operativo do contrato de prestação de serviço que a unidade de saúde mantém com o Governo do Estado de Sergipe.

Em relação a esta questão, o juízo também concedeu prazo de dez dias para o Governo do Estado se manifestar a respeito da proposta dos interventores do Hospital Amparo de Maria. O Portal Infonet tentou, mas não teve acesso aos detalhes sobre a proposta, que foi anexada ao processo judicial.

Repasses e sem salários

No início do mês, a Fundação Hospitalar de Sergipe (FHS) repassou R$ 536.372,00 ao Amparo de Maria. Desse montante, R$ 443.907,81 foram repassados para a Companhia de Eletricidade para quitação de débitos acumulados com o fornecimento de energia elétrica.

Os trabalhadores do Hospital Amparo de Maria deflagraram greve no dia 2 deste mês em consequência do atraso dos salários. Segundo informações do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa), os salários permanecem atrasados e a direção do hospital ainda não forneceu calendário para quitação da remuneração dos trabalhadores.

O Portal Infonet tentou ouvir a gestão do hospital. A assessoria de imprensa informou que está aguardando informações dos interventores e que, posteriormente, encaminhará resposta. O Portal Infonet permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

por Cassia Santana

Comentários