Rodrigo Valadares cobra Piso Salarial dos enfermeiros

0
Foto: Assessoria Parlamentar

Nesta quinta-feira, 05 de agosto, é comemorado o Dia Nacional da Saúde no Brasil. Em alusão a data, o deputado estadual por Sergipe, Rodrigo Valadares (PTB), voltou a cobrar o Piso Salarial dos enfermeiros e uma jornada de trabalho de 30 horas semanais.

“Estamos vivenciando uma pandemia, agora mais controlada, e os profissionais da saúde foram os que se mostraram verdadeiros heróis. Ainda assim, não são reconhecidos como deveriam, como é o caso dos enfermeiros que tanto têm lutado por um piso salário e uma jornada de trabalho justa. São homens e mulheres que têm se arriscado e, muitas vezes, têm dado a vida pelo outro, trabalhando verdadeiramente por amor”, destacou.

O Projeto de Lei de nº 2564/2020, que ainda será analisada pelo Plenário, visa conceder um piso salarial em R$ 7.315 para enfermeiros, R$ 5.120 para os técnicos e R$3.657 para os auxiliares de enfermagem e parteiras, todos baseados numa jornada de 30 horas semanais, válidos para União, estados, municípios, Distrito Federal e instituições de saúde privadas. Em consulta pública realizada no site do Senado Federal, a aprovação do PL já conta com cerca de 1 milhão de pessoas.

Para o parlamentar, a data é uma ótima oportunidade para reerguer a pauta em Sergipe e reiterar o reconhecimento que os poderes devem ter aos profissionais da saúde.

“Utilizam-se da mídia para fazer homenagens com discursos bonitos e quando chega a hora de verdadeiramente reconhecer o trabalho desses profissionais não tomam um posicionamento firme e coerente com o que tanto pregam. Os enfermeiros fazem parte das principais pessoas que estão salvando vidas durante a pandemia e merecem sim receber um piso salarial justo, com uma jornada de trabalho adequada”, pontuou o parlamentar.

 

Fonte: Assessoria Parlamentar

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais