SES promove ação de prevenção para saúde dos rins nesta quinta-feira

A campanha tem o intuito de avaliar os fatores de risco como o cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), Pressão Arterial e Diabetes, cujo benefício se estenderá além do diagnóstico. (Foto: Freepik)

Nesta quinta-feira, 14, comemora-se o Dia Mundial do Rim. Em razão da data, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com a Universidade Tiradentes e o Banco do Estado de Sergipe (Banese), realizará uma ação na Praça Fausto Cardoso, em Aracaju, das 8h às 12h, para a avaliação de pessoas com a probabilidade de doença renal, a fim de chamar atenção para o cuidado com a saúde dos rins.

Trazendo a temática mundial ‘Saúde dos rins e exame de creatinina para todos: porque todos têm o direito ao diagnóstico e acesso ao tratamento’, a ação irá fornecer o exame de creatinina para pacientes com risco renal, que marca o funcionamento do rim. A campanha tem o intuito de avaliar os fatores de risco como a aferição de pressão arterial e glicemia, cujo benefício se estenderá além de apenas suscitar o diagnóstico.

Cenário renal

A Diretoria de Atenção Especializada em Saúde (Daes) da SES também reforça a conscientização da população para a prevenção, diagnóstico e tratamento precoce para as doenças renais. Dados da Sociedade Brasileira em Nefrologia apontam que uma em cada dez pessoas em todo mundo possuem alguma doença renal. No censo realizado entre 2005 e 2022, o número de pacientes renais dobrou, passando de 65 mil para 144 mil, decorrente de várias causas, a grande maioria diabéticos e hipertensos, principais fatores de risco para o desenvolvimento da doença renal.

Alterações renais

A fim de evitar o comprometimento renal, a pessoa deve ficar atenta aos sinais que podem aparecer, como a hipertensão arterial, diabetes mellitus, inchaço nas pernas, cólica renal, infecção urinária (ardor para urinar ou dor lombar associada à febre, urina com mal cheiro ou turva, dificuldade para urinar ou sentir vontade de urinar muitas vezes ao dia), fraqueza ou palidez cutânea não explicada por outras causas.

Fonte: Secretaria de Estado da Saúde (SES)

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais