A grande manifestação é no domingo próximo

0

Serão no próximo domingo as manifestações, em todo o Brasil, de apoio ao Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro. Aqui em Aracaju, o ponto de encontro para a manifestação é o final da Praia 13 de Julho, onde haverá uma espécie de comício, com vários oradores se revezando na tribuna. Até há pouco, o Presidente Bolsonaro não tinha convocado seus admiradores para a manifestação, mas na noite de sábado, a caminho dos Estados Unidos, ele dirigiu-se ao povo brasileiro, através do rádio e fez enfim a convocação. No Rio e em São Paulo as manifestações de domingo prometem ser as maiores de todos os tempos, principalmente agora que o Presidente Bolsonaro deu seu apoio pessoal a estas manifestações. Será uma manifestação pacifica em todo o país, em que pese as portentosa campanha contra os atos orquestradas pelo Presidente da Câmara dos Deputados, deputado Rodrigo Maia e o Presidente do senado, Sr. David Alcolumbre. O que temem dessas manifestações, estes dois senhores, que desde o início se prostaram contra ela? É que a manifestação é também um grito de protesto contra o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal. Mas a população vai gritar em protesto contra essas duas casas, mas não vão partir para defender o fechamento de ambas as casas. Serão apenas protestos porque afinal, o povo já não aguenta mais ouvir tantas mediocridades partindo das duas casas.do Legislativo e do Judiciário. O que teme Rodrigo Maia, provavelmente que o manifesto ecoe pelo fechamento do Congresso Nacional. Na outra ponta, o Supremo não aguenta manifestações de protesto e pode sair mais ferido do que se imagina. De qualquer forma, as manifestações estão marcadas para domingo próximo,, de manhã ou de tarde, em todos os Estados brasileiros. Até agora não se tinha ouvido apelos do Presidente da República, em favor das manifestações. Mas, a caminho dos Estados Unidos, Bolsonaro fez uma manifestação conclamando o povo a comparecer aos atos do próximo domingo. Isso pode ser a diferença.

Dia internacional a mulher

O Dia Internacional da Mulher foi comemorado ontem em todo o mundo. Mas, aqui em Aracaju, o Rotary Clube de Aracaju-Norte transforma o seu tradicional almoço das segundas-feiras, em uma sessão em homenagem à mulher. Será hoje, a partir do meio dia no Quality Hotel, ao lado do Shopping Rio Mar, onde tradicionalmente ocorre os almoços das segundas-feiras. Haverá palestras e palavras especiais dirigidas às mulheres. O Rotary Clube de Aracaju Norte é presidido por uma mulher, a advogada Zenia Fortes e o ano passado empossou mais mulheres do que homens no seu quadro social.

Mulheres maravilhosas

No plenário da Assembleia Legislativa realizou-se na última sexta-feira, entre 14 e 17h, a 6ª. edição do Prêmio Mulheres Maravilhosas 2020, cujo troféu leva o nome da Subtenente Eliane Costa da Silva, que inclusive prestou serviço na Assembléia.

***

“Resistindo para viver, vivemos para transformar” foi o tema da data que marcou em Aracaju o Dia Internacional da Mulher, de ato político cultural .A concentração ocorreu depois das 9h de domingo, nos Arcos da Orla de Atalaia. Lembrou todos os tipos de agressão que as mulheres sofrem diariamente. Desde o dia 29 de fevereiro, mulheres integrantes de vários movimentos, distribuíram panfletos denunciando que a cada dois minutos pelo menos uma mulher sofre violência doméstica e a cada 2 uma mulher é assassinada em Sergipe. São oficialmente registrados 80 estupros por dia e em 2019 foram 21 casos de feminicídio. A falta de uma política pública preventiva sobre a gravidez na infância e na adolescência registrou o ano passado que pelo menos 25 por cento dos partos foram de meninas com idade entre 10 e 19 anos. As mulheres denunciam ainda a absurda falta de creches pois só existem vagas para 14% das crianças e bebês em idade de creche e educação infantil.

Pré-Universitário

Os alunos matriculados no programa Pré-Universitário do Governo de Serie, coordenado pela Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, já iniciaram o ano letivo. São 5.195 alunos distribuídos em 41 palcos em todas as vez diretorias regionais de Educação, instalados em 28 municípios sergipanos turnos vespertino e noturno. A Secretaria de Estado da Educação oferece uma ponte para os estudos que facilita o acesso ao ensino superior, por meio do pré-universitário, curso preparatório para o exame nacional do ensino médio. De acordo com a coordenadora o Pré-Uni, professora Gisela de Pádua , o estudante recebeu o caderno didático produzido pelos próprios professores do Pré-Universitário, o qual segue o mesmo padrão da questões que caem nas provas do Enem e o fardamento do programa. Durante todo o ano, o curso Pré-Universitário realizada diversas ações com o objetivo de preparar os alunos para o Enem: revisões regionais, treinamento com pesos, oficina de redação, simulado online, simula Enem, revisão final, entre outras.

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários