Almeida já está no PSDB

0

Com toda modéstia, Plenário brinda os seus leitores com mais um furo: o senador José Almeida Lima já está no PSDB e se aconchegou bem no ninho tucano. Plenário até ousa a desafiar o senador a desmentir a informação. É absolutamente verdadeiro que ele já deu resposta positiva à Direção Nacional do PSDB e aceitou a filiação na legenda. Assume o seu comando, em Sergipe, entre janeiro e março deste ano. Almeida Lima se comprometeu a assumir a condição de candidato ao Governo do Estado, porque isso interessa à Executiva Nacional do PSDB. Aliás, desde que foi sondado para alçar vôo rumo ao ninho tucano, a possibilidade de disputar o Governo, com a formação de uma nova tendência em Sergipe, fora o que excitou os membros do partido para convoca-lo a ingressar no PSDB e comanda-lo em Sergipe.

A direção nacional do PSDB ficou de informar ao ex-governador Albano Franco – entre ontem e hoje – a decisão de passar o comando do partido ao senador José Almeida Lima, alegando interesses políticos da Executiva. Evidente que, a partir de agora, o tucanato sofrerá algumas mudanças dentro do estado, serão até mudanças radicais, porque o grupo liderado pelo ex-governador já avisara que não vetava o senador, mas não admitia o seu comando. Claro que não vão engolir isso agora. Almeida Lima também desembarca no PSDB com os seus aliados políticos e com o objetivo de trazer novos nomes e traçar um rumo diferente da legenda em Sergipe, até então muito próxima do prefeito de Aracaju, Marcelo Deda (PT). A nova orientação será de oposição ao Partido dos Trabalhadores, que passou a ser o principal adversário dos tucanos em todo o Brasil.

Na próxima terça-feira à noite, em Brasília, o senador Almeida Lima vai participar de solenidade que reúne todos os prefeitos eleitos do PSDB no país, quando será anunciado e apresentado como a mais nova conquista do partido. Este encontro vai relatar, aos novos prefeitos, os rumos e objetivos do partido nestes dois anos, o trabalho que será realizado junto às bases e o compromisso que todos terão de assumir em seguir a orientação partidária, que é de oposição ao Partido dos Trabalhadores.

Sergipe tem um problema praticamente anunciado: a prefeita eleita Maria Mendonça, de Itabaiana, é vinculada ao ex-governador Albano Franco e teve o apoio do prefeito Marcelo Deda (PT) em sua campanha. Certamente vai procurar outro rumo…

Já na próxima semana, entre terça e quarta-feira, o líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM) vai anunciar oficialmente a entrada do seu colega José Almeida Lima no partido. Os nomes de outros dois senadores também serão anunciados, o que fortalece a bancada no Senado Federal, colocando-se em condições de influenciar – e até disputar – A Mesa Diretora. Também na próxima semana, o senador José Almeida Lima terá um encontro com a direção nacional do PDT, para anunciar a transferência para o PSDB e agradecer o apoio que teve durante o período que comando o partido em Sergipe. Almeida Lima também vai conversar com o seu pessoal em Sergipe, convocar novas pessoas e criar meios da formação de uma legenda mais forte no estado, cujo objetivo é disputar o governo, dentro de uma nova opção, em que evite a polarização eleitoral em 2006.

A festa de filiação do senador Almeida Lima e seu grupo no PSDB ainda não tem data marcada (tudo indica que vai acontecer alguns dias depois do Pré-Caju, ainda antes do carnaval), mas será em Sergipe, no Centro de Convenções ou no Teatro Tobias Barreto, para acomodar o maior número de pessoas possível. Todos os senadores da legenda já se comprometeram em comparecer, além de alguns parlamentares da área federal e lideranças importantes do tucanato nacional. Os governadores de Minas Gerais, Aécio Neves, e de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o prefeito eleito de São Paulo, José Serra, também confirmaram presença. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, caso não tenha nenhum compromisso internacional, estará na filiação do senador Almeida Lima ao PSDB, na solenidade que acontecerá em Aracaju.

ALMEIDA
A ida do senador José Almeida Lima para o PSDB (leia detalhes no comentário acima) abre perspectiva para que o deputado federal João Fontes ingresse no PDT. Fontes vinha trabalhando para isso e, neste final de semana, participa do encontro do PPS, a convite do presidente nacional Roberto Freire, que pode unir o partido ao PDT.

CANTAVA
João Fontes (sem partido) vinha cantando essa pedra há algum tempo, porque fora convidado pela Direção Nacional do PDT para ingressar no partido. João Fontes deve assumir o comando do PDT em Sergipe, embora alguns filiados pretendam continuar na legenda, mesmo com Almeida Lima se transferindo para o PSDB.

ALBANO
O ex-governador Albano Franco não está em Aracaju, mas a informação que circula é que ele aceitará o convite para filiar-se ao Partido Liberal. O pessoal ainda resiste, o próprio ex-governador evita falar sobre o assunto, mas o deputado federal Heleno Silva já fala em disputar o Senado e Albano Franco a Câmara Federal.

TELEFONEMA
A deputada Susana Azevedo (PPS) viaja hoje para participar da convenção do partido, que define a junção com o PDT e o afastamento do Governo Lula da Silva. Ontem a deputada recebeu telefonemas do presidente Roberto Freire para votar pelo rompimento, e do ministro Ciro Gomes, para ficar a favor do Governo.

VOTO-A-VOTO
Susana Azevedo disse que o PPS está dividido e os dois lados estão com a relação dos diretórios, contando voto a voto, para ver quem ganha. Os telefonemas são constantes para todos os delegados e quem não tiver condições de viajar recebe passagem e estadia.

BOSCO
Membro da Direção Nacional do PSDB consultaram ao deputado federal Bosco Costa se ele pretendia disputar o Governo do Estado. Bosco não deu uma resposta definitiva, mas acha que uma candidatura ao Governo depende de coligações e da vontade do grupo que integra a legenda.

LIBERAL
O deputado federal Bosco Costa garante que não é verdade que tenha acertado sua filiação ao Partido Liberal: “estou no PSDB”, disse. Bosco acusou o seu colega João Fontes de ter interesse em sua ida para o PL, a de Almeida Lima para o PSDB, porque pretende ficar com o PDT.

BRASÍLIA
Alguns comentários em Brasília avaliam que o prefeito Marcelo Deda (PT) será candidato ao Senado Federal e apoiará um bom nome para o Governo do Estado. Segundo a mesma fonte, nestas horas sempre surge o nome do senador Antônio Carlos Valadares como provável candidato ao Governo.

ANDRÉ
O prefeito de Pirambu, André Moura (PFL), declarou ontem que não está pleiteando nada no Governo e sequer conversou com o governador João Alves Filho sobre isso. Além disso, André jamais poderia assumir o “Detur”, porque é um órgão que não existe. Na realidade a Emsetur foi transformada em Supertur e não lhe interessaria o segundo escalão.

POLÍTICA
André Moura acrescenta que não está pleiteando nada porque, durante estes dois anos vai fazer política objetivando sua candidatura a 2006. O prefeito ainda não definiu a que, dependerá das necessidades do partido e da decisão do grupo político a que pertence.

DISCUSSÃO
Começa agora em janeiro a discussão para as eleições da nova mesa da Assembléia Legislativa. As conversas chegam até minutos antes do pleito. Alguns candidatos já estão se apresentando e há conversas em gabinetes, embora ainda de forma um tanto tímida.

LOJISTAS
A maioria dos diretores lojistas estranharam a ausência do governador João Alves Filho na festa “O Lojista do Ano”, realizada terça-feira. Estiveram presentes vários lojistas, empresários e políticos. Um dos lojistas pensou alto: “será que João Alves está com raiva da gente”.

SECRETÁRIO
Ontem, um secretário de estado disse que já está com sua carta pedindo exoneração do cargo pronta para entregar ao governador João Alves Filho. “É tanto comentário sobre mudança de equipe, que assim que o governador conversar comigo, entrego meu pedido de demissão”, disse sorrindo.

PRODASE
A pane ocorrida no Prodase deu sérios prejuízos financeiro ao estado, aos fornecedores e à população, sem que até o momento haja uma explicação convincente. Falou-se em dívida com a IBM, em falta de peça de reposição e, ontem, no mais grave: que havia sido criminoso. É bom apurar com seriedade.

Notas

PAIXÃO
Segundo a assessoria do deputado Ivan Paixão, por 15 votos a favor e dois contra, a bancada do PPS decidiu permanecer na base do governo. A decisão foi tomada após debate em torno de carta do deputado Miro Teixeira (RJ). A carta será levada à reunião do Diretório Nacional, amanhã, no Rio de Janeiro. O tema será debatido em reunião, depois do seminário que discutirá uma eventual fusão com o PDT. Apesar de defenderem a permanência na base, a maioria dos deputados reclama do tratamento que têm recebido do Executivo.

DISCUSSÃO
O presidente nacional do PPS, deputado federal Roberto Freire (PE) prega o afastamento total do Governo Federal, com o partido entregando os cargos em confiança. A executiva nacional está discordando da política econômica adotada pelo presidente Lula, além de um desentendimento com o ministro Ciro Gomes. Em Sergipe, a maioria dos membros da Executiva que participa da reunião, amanhã, no Rio de Janeiro, vota favorável à Executiva Nacional, inclusive os históricos. Apenas Ivan Paixão quer manter o apoio ao Governo.

APOSENTADORIA
A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) ajuizou Ação Direta de Inconstitucionalidade no Supremo, com pedido de liminar, para excluir a magistratura da reforma da Previdência, iniciada pela Emenda Constitucional nº 20/98 e continuada pela Emenda Constitucional nº 41/03. As emendas determinaram a submissão da magistratura ao regime geral de aposentadoria dos servidores públicos federais e estaduais, perdendo o direito à aposentadoria integral. O relator da ação é o ministro Gilmar Mendes.

É fogo

O Banco do Estado de Sergipe (Banese) inaugura hoje, às 17 horas, no Shopping Riomar, a agência “Gentil Barbosa”.

A arte plástica fica desfalcada com a morte de Eurico Luiz, um dos maiores pintores dos casarões de São Cristóvão e Laranjeiras.

Eurico Luiz também é o responsável pelos cajus colocados em Aracaju, inclusive o monumento que fica em frente ao Iate Clube e que serve de cenário para fotos de turistas.

O presidente da Federação Sergipana de Tênis, Edmilson Barreto, disse que em competições do tipo não permite que ninguém use da palavra.

Edmilson Barreto lembrou que o anuncio da construção de quadras para competições daquele porte foi feita através do serviço de som do evento.

Edmilson Barreto, entretanto, confirmou que nos bastidores políticos tiveram sérios problemas, contornados com habilidade: “isso é ruim para o esporte sergipano”.

Os festejos de Iemanjá, ontem, na praia de Atalaia tiveram pouca movimentação. Os umbandistas preferiram praias mais tranqüilas.

No próximo dia 22 a senadora Maria do Carmo Alves (PFL) retorna ao Senado Federal e permanece lá por mais tempo.

O deputado Antônio Passos (PFL) está realizado com a inauguração da Escola do Legislativo, que vai funcionar no Palácio Fausto Cardoso.

A Câmara Municipal de Aracaju vai manter as sessões plenárias até o dia 31 de dezembro, porque tem o Orçamento do Município e o projeto de licitação de transportes para votar.

Otimista com a economia brasileira a Telemar pretende fazer investimentos 25% maiores no próximo ano.

O presidente nacional da CUT, Luiz Marinho, elevou o tom das críticas ao governo do presidente Luiz da Silva e ameaça levar a Central para a oposição.

brayner@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais