André faz juras de amor a Lava Jato

0

Lider do Governo Temer na Câmara dos Deputados, o deputado federal por Sergipe André Moura tem tomado posições que contrariam o om senso comum. Ele foi acusado pelos grandes veículos nacionais de querer contrabandear um artigo em matéria  em discussão na Câmara que praticamente extinguiria a Operação Lava Jato, essa na qual o juiz Sérgio Moro tem feito um estrago danado na vida politica nacional. A coisa não chegou aos finalmente porque a armação foi descoberta e denunciada.  Mas, na quinta-feira, 17/11, André Moura foi à tribuna da Câmara para falar sobre os acordos de leniência com grandes empresas nacionais. Aproveitou e fez juras de amor e fidelidade à Operação Lava Jato. De acordo com ele, “suposições de que o acordo acarretaria no fim da Operação Lava Jato são distorcidas. Não queremos acabar c om a Operação Lava Jato, pelo contrário, vamos fazer cair por terra quaisquer dúvidas ou insinuações. A Lava Jato se tornou um ícone na sociedade brasileira e tem sido fundamental no processo de readequação do País. Temos compromisso com a verdade e transparência das nossas ações. É tanto que, dentro da análise e execução do projeto, precisamos da participação do Ministério Público, Controladoria Geral da União, Advocacia Geral da União, Tribunal de Contas da União, e, também, do Ministério da Transparência”, explicou ele. Tá, então a gente faz que acredita…

A (ótima) Comissão de Transição
O Prefeito eleito, Edvaldo Nogueira, marcou pontos a favor ao anunciar a constituição da Comissão de Transição. Todos os integrantes são de nomes muito bem visto pela sociedade sergipana. Aproveitou e anunciou o nome do Sr. Jefferson Passos para ocupar a cadeira hoje ocupada por Jair Araújo, na Secretaria de Finanças do município. O governador Jackson Barreto abriu mão do seu colaborador cedendo=o para a nova administração municipal. Outro fato a ressaltar: a recuperação para o serviço público do empresário Jorge Santana, que demonstrou competência e aptidão para a coisa público, quando do primeiro mandato do governador Marcelo Deda e ocupou a Secretaria de Indústria e Comércio

Uma sessão especial da AL para Euclides
A Assembleia Legislativa faz sessão especial, na segunda-feira, a partir das 17h, para lembrar a passagem do centenário de nascimento do político itabaianense Euclides Paes Mendonça. Só se explica essa homenagem pela presença, na atual legislatura, de uma filha de Euclides compondo o plenário, a deputada Maria Mendonça. Ele foi deputado estadual, deputado federal e Prefeito de Itabaiana por duas vezes. Ele morreu em 1963 (governo de Seixas Dória) em confronto com a policia estadual, juntamente com seu filho, Antônio, que à época era deputado estadual. Euclides era, já naquela época, um deputado folclórico. Dele contam-se diversas histórias. Uma delas, diz que ele foi à loja P. Franco & Cia., uma das maiores da época na Capital, para comprar uma geladeira. Queria comprá-la a prazo. Deu seu nome: Ocrides Paes Mendonça. A atendente procurou em várias fichas mas não havia jeito de encontrar informações para autorizar a compra. “A sra. Não vai encontrar nunca, pois está procurando errado. Eu disse a você que meu nome é Ocrides Paes Mendonça e você está procurando na letra E”.

Produção de petróleo e gás diminui
A produção de petróleo no Estado, em setembro deste ano, aproximou-se dos 902,5 mil barris equivalentes de petróleo, ficando 2, 6% abaixo da produção do mês anterior, agosto. No comparativo anual, a retração foi de 12,1% na produção. No acumulado do ano, a produção de petróleo em Sergipe ficou em 8,6 milhões de barris equivalentes de petróleo, um recuo de 10,7% em comparação com o mesmo período do ano anterior, quando a produção atingiu 9,6 milhões de bep. Em alto mar foram produzidos pouco mais de 239,5 mil bep, apresentando recuo de 4,8% em comparação com o mês imediatamente anterior, agosto, e na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a produção ficou 4,6% menor. A produção em mar respondeu por 26,5% da produção total. A produção em terra, que respondeu por 73,5% restantes, ficou em aproximadamente 663 mil bep, resultando em uma redução de 1,7% em comparação com o mês anterior e 14,5% menor que a produção do mês de setembro de 2015. A produção de gás natural, no mês de setembro deste ano, ficou em 506,6 mil bep, mostrando retração de 6%, na comparação com o mês imediatamente anterior, agosto último. Em comparação com setembro do ano passado, a produção apresentou um crescimento de 45,1%.

  …e para encerrar…
EXTERIOR – Empresários de Estância e dos municípios circunvizinhos tiveram oportunidade de participar de um Seminário de Comércio Exterior, que foi realizado na 5ª feira, no auditório da Universidade Tiradentes e patrocinado pelo Sebrae. “A proposta do Seminário foi difundir a cultura exportadora no Estado de Sergipe, por meio da disseminação de conhecimento sobre o processo de exportação e das oportunidades relacionadas”, explicou Emanoel Sobral, superintendente do Sebrae. Técnicos do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comercio Exterior, ministraram um Curso Básico de Exportação.
     ***
DOIS – Em 48 horas, a Polícia Federal prendeu dois ex-governadores do Rio de Janeiro. Foram para a cadeia federal os Srs. Anthony Garotinho e Sérgio Cabral, acusados de corrupção da  pesa da. Ah meu Deus… No caso de Sérgio Cabral ele chamava a corrupção de “taxa de oxigênio”. Depois do “pixuleco” é mais uma contribuição da turma da corrupção para a gramática brasileira. Já não basta o caos administrativo vem agora o caos político. Aliás, há um outro político carioca que amarga dias de pesadelo na cadeia, o ex-Presidente da Câmara dos Deputados, o deputado Eduardo Cunha.
     ***
NOVA ELEIÇÃO – Não será surpresa para este escriba se a Justiça determinar a realização de novas eleições no município de Laranjeiras.
     ***
PÉSSIMO – Alguém precisa dizer ao apresentador, futuro deputado estadual Gilmar Carvalho, que ele, como comediante, é péssimo. Péssimo, não, intragável…                                                                                                                           

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários