Barbas de molho

0

Comenta-se nas esquinas de Sergipe que a folha corrida de muitos candidatos não suporta um rápido olhar jurídico. É só os processos começarem a ser esmiuçados pelo Tribunal Regional Eleitoral para a casa de muita gente cair. Tem candidato com ficha super encardida acreditando que, pelo fato de o partido já ter registrado seu nome na ata da convenção entregue ao TRE, escapou da provável impugnação. Ledo engano! No momento certo, muitas cabeças vão rolar. Tomara que isso aconteça, pois é preciso expurgar do processo eleitoral políticos fichas sujas que entraram na vida pública unicamente para se locupletarem. A estes, aconselha-se colocarem as barbas de molho enquanto esperam a hora de a onça beber água.

Quem ganha?

A TV Atalaia divulga no noticiário de hoje a noite pesquisa de intenção de votos para senador e governador de Sergipe. Contratada ao Instituto Vox Populi, a consulta é a primeira de uma série de três a serem divulgadas durante esta campanha eleitoral.

Nota explicada

A assessoria do candidato a governador Eduardo Amorim (PSC) explicou porque coube a ele distribuir nota à imprensa sobre o suicídio do contador Max Alves dos Santos: foram divulgadas informações, “de forma incorreta e maldosa”, dando conta que o suicida era contador ou coordenador financeiro de campanha de Eduardo Amorim. Para desfazer o boato, a assessoria do candidato emitiu a nota informando que Max “prestava serviços da área de contabilidade para o empresário Edivan Amorim, o qual era amigo pessoal”.

E foi suicídio?

Para sanar esta dúvida, o delegado Dernival Elói Tenório interroga hoje quatro pessoas próximas ao contador Max Alves, que teria se lançado para a morte da ponte sobre o rio Vaza-Barris. “Estão dizendo que ele praticou suicídio, mas a Polícia precisa confirmar isso e, em confirmando, saber quais os motivos que o levaram a tirar a própria vida”, afirma o delegado responsável pelas investigações.

Já tá valendo

O prefeito João Alves Filho (DEM) sancionou duas leis resultantes de projetos do vereador Lucas Aribé (PSB). A primeira obriga bares e restaurantes de Aracaju a fornecerem comandas para o devido controle do consumo pelos clientes. A outra garante que pessoas com deficiência, idosos e gestantes agendem consultas e exames pelo telefone, respeitando a cota de vagas reservadas para esta parcela da população. Legal!

Fora do ar

O radialista e vereador aracajuano Jailton Santana (PSC) foi substituído por Carlos Ferreira no programa jornalístico matinal que apresentava na rádio Ilha FM. A mudança aconteceu ontem e, segundo o blog apurou, Jailton contrariou a direção da emissora ao se recusar a bater no governo estadual sem dó nem piedade. Ele ancorava o programa desde que o deputado estadual Gilmar Carvalho (Solidariedade) se desincompatibilizou para disputar a reeleição.

Mais rigor

Projeto de lei do deputado federal Laércio Oliveira (Solidariedade), pretende qualificar o crime de homicídio praticado por motoristas que dirigirem sob influência do álcool ou de outras drogas. A pena aplicada nesses casos poderá chegar a 30 anos de reclusão. Laércio entende que quem dirige sob o efeito de álcool ou drogas representa um risco para a sociedade. "Então, a regra é muito simples, dirigiu sob o efeito de álcool ou drogas: cadeia”, discursa o deputado sergipano.

Recesso branco

Após gozarem merecidas férias, os deputados estaduais retornam ao ‘batente’ na próxima segunda-feira. Como todos estão envolvidos com a campanha eleitoral, a Assembleia deverá seguir em recesso branco até depois das eleições. Acordo entre os deputados garantirá a realização de sessões apenas em dois dias na semana. Enquanto isso, o cidadão comum segue trabalhando de sol a sol e, muitas vezes, ganhando um mísero salário mínimo.

Maioria branca

A maioria dos candidatos registrados para disputar as eleições deste ano é da etnia branca. Segundo estatísticas geradas pelo Tribunal Superior Eleitoral, do total de 25.366 inscritos, 13.958 candidatos (55,03%) são brancos. Os da raça parda correspondem a 8.868 pessoas (34,96%), os negros somam 2.344 candidatos (9,24%), os da cor amarela são 116 (0,46%) e os que se declararam indígenas equivalem a 80 candidaturas (0,32%).

Bombeiros

O senador sergipano Kaká Andrade (PDT) parabenizou o Corpo de Bombeiros de Sergipe pelos salvamentos e atuações em situação de risco, como a ocorrida no último dia 19, quando um prédio desabou em Aracaju. Ele ressaltou que os bombeiros militares não mediram esforços para retirar com vida dos escombros um casal e os dois filhos que estavam no interior do imóvel: “Infelizmente, o bebê morreu a caminho do hospital”, lamentou Kaká, que substitui o senador Eduardo Amorim (PSC).

Desmilitarização

Pesquisa feita pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública aponta que 73,7% dos policiais são a favor da desvinculação do Exército. Entre os militares, 76,1% responderam ser favoráveis à desmilitarização e 93,6% acreditam que é preciso modernizar os regimentos e códigos disciplinares. Quando questionados sobre a regulamentação do direito à sindicalização e de greve, 86,7% dos entrevistados se dizem favoráveis. E 59,6% afirmaram já ter sido humilhados ou desrespeitados por superiores.

Recorte de jornal

Publicado no Jornal do Aracaju em 3 de abril de 1872

Resumo dos Jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais