Café pequeno-O Engenheiro e a Fotografia

0

Há duas semanas perdemos uma grande figura…um cara da pesada.

Alegre, efusivo e grandalhão, Etelvino Freitas (1953-20110, não passava desapercebido por onde andava e como gostava de confabular com gregos e troianos usava todo o seu carisma  e vozeirão para exercer uma liderança que lhe era natural.

Não deu outra e, em pouco tempo, aquele engenheiro e colega atencioso, inteligente, loquaz e realizador já seria presidente do CREA Sergipe, ainda bem novinho.

E eu nunca vou esquecer quando, em abril de 1999, após a queda da marquise do Mercado Albano Franco, fomos dormir arrasados com a matéria do Fantástico sobre o sinistro e ao acordarmos na segunda –feira recebemos três curiosas e emblemáticas ligações:

Às 6h o radialista Gilmar Carvalho nos ligava por motivos óbvios, às 7h Padre Carvalho, diretor do Arquideocesano onde estudei na adolescência, me indagava:

-Drª estão querendo te pegar para Cristo?

E às 8h o Engenheiro Etelvino Freitas, Presidente do CREA- SE, me interfonava, somos vizinhos, para nos prestar solidariedade porquê conhecia, de direito, o papel dos atores no processo da construção civil.

Nessas horas os verdadeiros amigos aparecem e, ali, senti que o Etelvino era um deles, apesar de uma divergenciazinha aqui e várias outras acolá nas discussões do CREA…

Tempos depois quando o reencontrei, já careca, nos corredores da CEHOP, ainda não sabia da doença, mexi com ele sobre o seu new look estilo Ronaldinho, ele riu muito mas já era o início do duro processo que, segundo a Viveca, sua esposa, Etelvino enfrentou sem perder o entusiasmo pelas coisas da vida. Estava, no momento,  preparando um livro sobre a engenharia em Sergipe.

E alegria tive eu ao descobrir, esses dias, no obituário da Folha de São Paulo no C4 Cotidiano de 15/08/2011, mais um traço em comum: a paixão pela fotografia!

Diz o cartunista Jaguar que começamos a envelhecer quando passamos a encontrar os amigos em velórios. Acho que chegou a minha vez pois fui duas vezes, em um mes, à Colina da Saudade, primeiro na despedida de Cleomar Brandi e agora na de Etelvino.

É a vida…Adeus amigos e até lá!

Colina da Saudade-Aracaju-15/08/2011-Foto Ana Libório

Comentários