Como expulsar turistas

0

O Governo do Estado gasta uma fortuna fazendo publicidade das belezas naturais de Aracaju e de várias outras cidades do interior, com o intuito de atrair visitantes, principalmente nos feriadões tão comuns em nosso calendário, Mas, o próprio governo é o primeiro a contrariar o que diz sua publicidade. Foi o que aconteceu neste último fim de semana prolongado. Na segunda-feira, 7 de setembro, quem veio a Aracaju atraído pela publicidade saiu decepcionado e ‘rogando” a promessa de não voltar mais por aqui. É que o governo – temendo exatamente o que, não se sabe – mandou fechar tudo na segunda-feira, justamente o feriado de 7 de setembro. Bares, restaurantes, o comércio de pequenas variedades para turistas – só não mandou fechar o acesso ao mar, desde as sete horas da manhã, estava tudo proibido na praia de Atalaia. Aquele solzão bonito e a praia vazia daquele jeito – não havia ninguém para usufruir dela. Então prá que serviu a publicidade? Para dar mais raiva aos que se dispuseram vir passar o seu dia por aqui, nessa terra de muro baixo. Ao turista restou passar o dia trancado num quarto de hotel pois não havia mais nada a fazer. Que papel feio, seu Belivaldo! Se não podia oferecer as belezas da capital sergipana porque incentivou turistas a vir para cá, no feriadão prolongado? Deixasse todo mundo em casa, descansando no calor sufocante do domingo.

O tempo de convenções

A temporada é de convenções partidárias, visando as convenções de novembro próximo. O primeiro a sair na frente foi a delegada Danielle Garcia que carrega o seu vice, o “baixinho” Valadares Filho como um troféu de campanha. Valadares vai terminar conhecido como freguês de caderno do atual prefeito, Edvaldo Nogueira. É bom Valadares Filho ganhar a eleição deste ano, sob pena de ser alvo de muitas brincadeiras chatas, enjoadas…. Durante este resto de semana até domingo próximo vão ocorrer várias convenções para selar o acordo dos candidatos. Nada porém vai derrubar o record de Valadares Filho que perdeu as duas últimas eleições que concorreu. Se perder agora, vai ser a terceira derrota a ilustrar seu curriculum. Valadares Filho está precisando de algumas lições do próprio pai, o ex-Senador Antonio Carlos Valadares, de como fazer as urnas lhes sorrirem…

Nova sintonia

Desde a semana passada, a TV Alese (TV Assembleia Legislativa) já pode ser sintonizado no 5.2,deixando de lado o 48.2 A mudança foi autorizada pelo Ministério das Comunicações e atingiu quase todas as emissoras dos Poderes legislativos pelo resto do País. A programação em si não sofreu alterações, mas de agora por diante será dado ênfase ao noticiário de relevância social, cultural e artística dentre outros temas, mas sem deixar de lado o noticiário do Legislativo estadual.

A Futura Jornalista

Uma garota de seus dez anos de idade, participou ontem da reunião ministerial sentada ao lado do Presidente Bolsonaro. Teve direito a fazer perguntas aos Ministros, de tudo que lhe viesse à cabeça. Ao se dirigir ao Presidente da Caixa Econômica Federal, foi sincera: “Mas, essa Caixa gasta muito dinheiro não é mesmo?”. Ela tentou primeiro falar com o vice-presidente, mas diante da impossibilidade dele, ela buscou o Presidente. Ele se entusiasmou quando soube que, aos 8 anos de idade, ela fez campanha para Bolsonaro pelas ruas de sua cidade, no interior de São Paulo. Qual a profissão que pretende seguir? Jornalista, é claro…

Furto de veículos

Neste ano de 2020 o número de veículos roubados reduziu-se de cento e oitenta para setenta e quatro. Normalmente, este tipo de crime está concentrado nos três municípios da grande Aracaju, em cidades como Aracaju, Nossa Sra. do Socorro e São Cristóvão. No primeiro semestre deste ano houve uma queda de 50% nos casos de roubos de veículos. Em boa parte dos casos de roubo de veículos eles ocorrem com o veículo parado, notadamente em locais ermos, mal iluminados e durante a redução de velocidade nos veículos que ultrapassam os quebra-molas. A média de recuperação de veículos roubados é de 41% mas a agilidade de queixas contra veículos roubados é também muito importante, diz o delegado Kassio Viena, titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos de Veículos. A repressão policial levou 130 pessoas à prisão o ano passado. Este ano, já foram detidos 25 pessoas.

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários