Contas do TC: chupe essa manga…

0

 

 

 De repente, no auge de mais uma crise no Tribunal de Contas, em face do “affaire” com o deputado Wanderlê Correia (PSB) que o acusa de tráfico de influência, o Conselheiro Presidente Carlos Pinna de Assis viajou para Natal, e, a partir desta semana, está de férias, por 30 dias. Aliás, consta nos corredores do TC que ele vai solicitar outro período, o que significa dizer que só voltará no próximo ano. Foi, sem dúvida, uma saída estratégica.

  Enquanto isso a  Assembléia Legislativa aprovou por unanimidade o Requerimento do deputado Wanderlê solicitando que o Tribunal de Contas envie a relação de atos, contratações e demissões de comissionados e prestadores de serviço, desde 2005, com endereço e tudo mais. O “pepino” ficou nas mãos da Conselheira Isabel Nabuco que assumiu a Presidência, em substituição ao Conselheiro Carlos Pinna, e ela tem prazo de 30 dias para atender ao pedido do Poder Legislativo. Atender ou não é ato presidencial, não depende de votação do Pleno do TC.

Fora de foco

  O “forfait”(viagem a Natal e depois férias) do presidente do Tribunal de Contas foi estratégico. Deixou o “abacaxi” de responder ao requerimento da Assembléia Legislativa, aprovado por unanimidade, nas mãos da Conselheira Isabel Nabuco, que assumiu a presidência daquela Corte. Enquanto isso, ele esteve em Natal, que será sede do Congresso anual da ATRICON (Associação dos Tribunais de Contas), e, segundo circula nos corredores do Tribunal de Contas está tentando moções de solidariedade dos seus colegas dos demais estados brasileiros. Vale lembrar que ele foi presidente daquela Associação.

 Só para lembrar: o Tribunal de Contas fiscaliza e julga as contas de todos os órgãos públicos, autarquias, municipais e estaduais, enfim, é o grande juiz. Quem julga as contas do Tribunal? A Assembléia Legislativa do Estado de Sergipe. Chupe essa manga…

A quem interessar: Tem um quadro cômico famoso no programa Zorra Total da Globo. Leozinho é um figurante , a quem a mulher, Márcia, “enrola” com explicações incriveis (e quando  ela sente que exagera na desculpa mentirosa, diz assim pró Leozinho: “chupa essa manga!”…

 

 

Conceito de que “a justiça tarda”

Efetivamente o conceito de que “a justiça tarda” não consta da agenda do juiz Manoel da Costa Neto (segundo suas próprias declarações à imprensa), pois a sua agilidade em despachar processos vem deixando o deputado Wanderlê Correia seriamente contrariado, e seu irmão fora da Prefeitura. É claro que o Ministério Público está de olho, pois essa briga do juiz “alta velocidade” e o parlamentar sãocristóvense não exime o presidente do Tribunal de Contas, Carlos Pinna de Assis, de ter usado sua influência para nomear ou demitir aliados “da hora”, do seu filho Junior, vereador em São Cristóvão. Uma coisa, em princípio, parece não ter nada a ver com a outra, mas, claro que tem… 

 

Desportistas não deram ouvidos a Almeida Lima

O almoço que o senador Almeida Lima realizou no ultimo sábado, na residência dele, com lideranças ligadas ao esporte foi um verdadeiro fracasso. Além do senador estava na mobilização, seus amigos Marcio França e Ricardo Bananinha, que tinham convidado para a reunião ( a chamada comes e bebis) cerca de 60 pessoas mas, pelo que parece a turma do esporte não quis ouvir as propostas do senador. Dos 60 convidados apenas 6 apareceram na reunião. Pelo jeito o senador terá que marcar outra reunião para conseguir aglutinar o grupo.

 

 Crise no PT de Itabaiana

A posse do petista Eroltides de Jesus na Secretaria da Agricultura da Prefeitura de Itabaiana, na última terça-feira, 23, fez eclodir uma crise no Diretório do PT local. Várias lideranças participaram ontem, 24, do programa de Eduardo Abril, na FM Itabaiana e avisaram que o acordo feito com a prefeita Maria Mendonça não passou pelo diretório municipal. Segundo as lideranças, o diretório já aprovou – por 8 votos contra 1 – a pré-candidatura do advogado Olivier a prefeito de Itabaiana.

 

PT tem vários cargos em Itabaiana

Durante a posse de Erotildes de Jesus, ele disse que “ o Partido dos Trabalhadores ocupa um espaço histórico na administração de Itabaiana. O partido não estará, apenas aliado à administração municipal onde pretende marcar um momento positivo através desta pasta, mas junto à Prefeita Maria Mendonça, no mesmo palanque, nas eleições de 2008”. Já o presidente do PT em Itabaiana reafirmou: “Não é a primeira vez que o partido ocupa cargos na administração atual. Este é o primeiro cargo majoritário, porém outros companheiros já integram esta administração como: José Costa, Diretor de Cultura da Secretaria Municipal de Educação; Josefa Adenilde Barreto, esposa de Olivier Ferreira das Chagas, na Coordenação do Centro de Especialidades Médicas”. Passos encerrou o seu pronunciamento assegurando: “Estaremos juntos nos palanques de 2008”.

 

Manifestação na Ribeira

Cerca de duzentos pequenos produtores de verduras e hortaliças do perímetro irrigado da Ribeira, em Itabaiana, realizarão hoje pela manhã uma manifestação fechando a rodovia num protesto contra a falta de apoio do Governo do Estado, através da Dehidro. Segundo uma das lideranças, Antônio Zacarias, desde 19 de junho deste ano foi entregue ao diretor-presidente da Dehidro, Vander Costa, uma série de reivindicações e nenhuma delas foram atendidas.Os irrigantes desejam que seja realizada uma manutenção na casa de bombas; que seja feita uma limpeza na barragem porque a água está contaminada por agrotóxicos; que sejam recuperados os 12 quilometros da estrada que está sem condições de acesso e que tenham o apoio técnico, através da Dehidro.

 

 

De volta a Assembléia Legislativa

Nos bastidores do Palácio de Despachos é certa a saída da deputada Ana Lúcia da Secretaria de Inclusão Social no início do próximo ano, quando acabar o recesso parlamentar. O comentário é que apesar de toda estrutura dada a deputada não conseguiu implementar um ritmo na pasta e, como 2008, é um ano eleitoral, pretende participar das campanhas dos dirigentes do Sintese que serão candidatos em vários municípios.

 

 

Rodovia Cedro a Dores terá serviços de tapa buracos

A assessoria de comunicação do DER, informou que equipe operacional do Departamento Estadual de Infra-Estrutura RodoviárIa de Sergipe (DER), estará realizando operação tapa buraco na próxima semana na a rodovia estadual que liga o município de Cedro de São João a Nossa Senhora de Lourdes.

 

 

Ações para os servidores municipais I

Apesar de o Dia do Servidor Público ser comemorado no dia 28 de outubro, o prefeito Edvaldo Nogueira lançou o “Projeto Dia do Servidor” na terça-feira passada, dia 23, no Centro Administrativo Aloísio Campos. Este Projeto vem com uma série de ações voltadas à valorização e ao reconhecimento do trabalho daqueles que são responsáveis pelo andamento das atividades desenvolvidas pela Prefeitura de Aracaju. Dentre as ações do “Projeto Dia do Servidor” estão: a assinatura do decreto que institui o ponto facultativo aos servidores municipais na sexta-feira (26), a antecipação do recebimento salarial referente ao corrente mês para o sábado (27), celebração de uma Missa em Ação de Graças aos servidores municipais na segunda, dia 29, e a eleição dos “Dez Servidores Mais” – que vai premiar dez servidores eleitos pelos próprios colegas.

 

 

Ações para os servidores municipais II

A votação já está aberta e todo servidor municipal pode votar através da Rede Integrada do Município de Aracaju (rima), ou da página da prefeitura na internet (www.aracaju.se.gov.br), bastando para isto, informar o número da matrícula e a senha pessoal e logo em seguida a matrícula do candidato.  Um detalhe importante é a não permissão de votar em si. Dentre os prêmios para os vencedores, estão: caderneta de poupança de R$ 5 mil reais, tv 29’, final de semana em hotel com acompanhante e jantar em restaurantes com direito a acompanhante.  As eleições prosseguem até a meia-noite do domingo (28).  O resultado sai às nove horas da segunda-feira (29) e a premiação vai ser entregue no dia 09 de novembro. Os prêmios foram doados por parceiros da PMA, sem ônus para os cofres públicos.

 

 

Estados na contramão da Lei Geral

Matéria veiculada em revista da classe empresarial brasileira:O Estado de São Paulo anda na contramão do Simples Nacional, capítulo da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa que estabelece tratamento tributário diferenciado ao segmento. Além de extinguir benefícios fiscais do antigo Simples Paulista, o governo vem sendo criticado por ter baixado decreto aumentando a carga tributária. Levantamento do Sebrae mostra que Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Ceará também acabaram com incentivos, deixando apreensivos micro e pequenos empresários.Mais generosos, estados como Paraná e Sergipe não apenas mantiveram os incentivos fiscais  como ampliaram as vantagens tributárias para o setor, de acordo com levantamento do Sebrae. Os microempresários paranaenses que faturam até R$ 360 mil, por exemplo, continuam isentos do ICMS. A medida beneficia 172 mil estabelecimentos. Depois da entrada em vigor do Supersimples, o estado instituiu benesses para quem fatura entre R$ 360 mil e R$ 2,4 milhões. O mesmo teto de isenção (R$ 360 mil) foi mantido em Sergipe, o que, pelos

cálculos de contabilistas, possibilita uma redução média de 40% nos tributos pagos”. Fruto de um produtivo diálogo do governador Marcelo Déda com o setor empresarial, Sergipe se transformou em exemplo a ser seguido pelos demais Estados em política de incentivos aos micro e pequenos negócios. As lideranças do setor atribuem o sucesso dessa negociação à presença no governo do secretário Jorge Santana, ele próprio ex-presidente da Associação Comercial.

 

 

 Wanderlê defende harmonia e reafirma parcialidade de juiz I

  Ao tomar conhecimento da nota pública veiculada no dia 24, pela Associação dos Magistrados de Sergipe (AMASE), o deputado estadual Professor Wanderlê declarou que em nenhum momento agrediu o juiz da comarca de São Cristóvão, Dr. Manoel Costa Neto. De acordo com a nota da entidade, o parlamentar teria agredido o magistrado, não contribuindo com isso para o harmonioso relacionamento entre os poderes. “Sempre defendi a harmonia entre todos os poderes constituídos e o respeito ao exercício da função autônoma da magistratura”, afirmou.Segundo Wanderlê, seus pronunciamentos se referiram, exclusivamente, à parcialidade demonstrada pelo Dr. Costa Neto na apreciação de processos relacionados ao seu irmão, José Correia, o Zezinho da Everest, que se encontra afastado do cargo de prefeito do município de São Cristóvão. “Qualquer cidadão sabe que a imparcialidade é um condição básica, elementar, que se espera de alguém que ocupa a função de juiz. E não é isso que temos visto em nosso município. O Dr. Costa Neto, além de atuar com uma celeridade fantástica, toma decisões com base em documentos sem autenticidade, bem como em denúncias infundadas”, declarou.

 

Wanderlê defende harmonia e reafirma parcialidade de juiz I

 O parlamentar destacou, ainda, que na última decisão liminar concedida pelo juiz, Zezinho da Everest foi mais uma vez taxado de suposto “chefe de uma organização criminosa”, tendo inclusive efetuado o pagamento de mais de R$ 70 mil reais à Alcântara Construções por obras “fantasmas”. “Ora, já comprovamos que a referida empreiteira jamais recebeu um centavo na gestão de Zezinho, além de que as obras em questão foram de fato realizadas, mas não por esta empresa. Fica claro que o juiz sequer teve o cuidado de verificar, ao receber a denúncia, se algum pagamento havia sido realmente feito, bem como se as obras tinham sido efetivadas. Bastava que ele convocasse o prefeito para prestar esclarecimentos, o que evitaria todos esses transtornos. Para nós isto caracteriza, no mínimo, total parcialidade”, concluiu.

 

Sobre o fortalecimento da liberdade de imprensa I

Do leitor Narcizo Machado Filho: “Os consumidores das letras diárias dos jornais e revista, ao consumir esse produto informativo, se depara com a incoerência,  o abuso de Poder praticado pelos donos de empresas jornalísticas e outras. Acham-se intocáveis, muitos deles não são formados na área, portanto, desconhece  a verdadeira essência da profissão “a informação”. O que foi feito pelos jornalistas sergipanos “alguns” foi informar aos consumidores das letras jornalísticas, as mazelas praticadas pelas lâminas afiadas de quem ocupou o poder e se beneficio dos fios. A Constituição Federal protege tanto a liberdade de imprensa, direitos de personalidade:  “IV – é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato; V – é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem; IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença; XIV – é assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional. Art. 220. A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição. § 1º – Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no art. 5º, IV, V, IX, X, XIII e XIV.§ 2º – É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística”.

 

Sobre o fortalecimento da liberdade de imprensa II

Continua Narcizo: “Nos consumidores dessas letras informativas estendemos  que a liberdade contribui para o fortalecimento das instituições democráticas no país. O profissional das letras exercendo seu direito de liberdade torna-se um bem da sociedade, no combate as impunidades dos crimes praticados pelos os invioláveis, pelos os coronéis que acham que o poder e o dinheiro esta acima de tudo. É verdade que os jornalistas terão que ser imparciais, devem refletir a expressão da verdade, com certeza assim o fizeram, visto que as noticias foram a nível nacional. Se algo há de errado, os intocáveis, como diz a matéria, terão que questionar a Policia Federal, Ministério Público Federal, e lá se defender e não tentar provar sua inocência com processo contra aqueles que labutam para sobreviver e dá um bem estar a sua família nesta terra de muro baixo”. 

 

 

 

 

STF deve julgar hoje direito de greve dos servidores públicos

O Supremo Tribunal Federal deve concluir hoje o julgamento sobre o direito de greve no serviço público. A tendência é que o STF determine que a administração pública siga as normas vigentes no setor privado, como a proibição de interrupção de serviços considerados essenciais, enquanto o Congresso Nacional não aprovar uma lei específica para o funcionalismo.Em sessões anteriores, seis dos 11 ministros do Supremo fizeram críticas à demora do Congresso em regulamentar o direito de greve dos servidores, previsto na Constituição de 1988.O plenário do STF deverá concluir hoje o julgamento de mandados de injunção movidos por sindicatos de servidores para que o Congresso seja declarado omisso em relação à necessidade de aprovar a lei que regulamentaria esse direito.Até agora, ao julgar esse tipo de processo, o Supremo se limitou a declarar a omissão do Congresso, o que tornou o mandado de injunção inócuo. Desta vez, porém, os ministros querem definir a norma que irá vigorar durante a ausência da lei. Os ministros também deverão decidir hoje se fixam um prazo para que o Congresso aprove a lei de greve do serviço público. (Da FSP).

 

 

Campanha ´Não dê esmola: dê cidadania´ é relançada hoje

Importante o relançamento da campanha “Não dê esmola: dê cidadania”, pela Prefeitura de Aracaju. Vai começar o período natalino e a “sensibilidade” de alguns aflora. A concorrência aumenta nas ruas e esquinas. É preciso um basta. É preciso consciência de parte da sociedade que esmola não resolve. Este espaço não vai apenas se somar a campanha, mas também dará sua contribuição nos próximos dias. Como bem citou o prefeito Edvaldo na solenidade lembrando Luiz Gonzaga: “Mas doutô uma esmola pra um homem que é são, ou lhe mata de vergonha, ou vicia o cidadão”.

 

 

Assinatura da adesão da Aperipê TV à TV Brasil

O governador de Sergipe, Marcelo Déda, assina nesta quinta-feira, 25, o termo de adesão da Aperipê TV à TV Brasil. O documento será assinado por Déda e pelo ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Franklin Martins. Também participa da solenidade a presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Tereza Cruvinel. A Aperipê TV é a primeira emissora do país a aderir à TV Brasil e a se integrar à nova rede brasileira de televisão pública.O ato de assinatura do termo de adesão acontece na abertura do Seminário de Programação para TV Pública. A solenidade começa às 8h, no Hotel Quality, em Aracaju.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou a medida provisória 398, de 10 de outubro de 2007, que cria a Empresa Brasil de Comunicação, mais conhecida como TV Brasil. A nova rede surgirá a partir da união do patrimônio e das equipes da Empresa Brasileira de Comunicação (Radiobrás) com a Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto (Acerp), que coordena a TVE do Rio de Janeiro.

 

Esclarecimentos sobre o Ipessáude I

Do Diretor Presidente do Ipesaúde, Vinicius Barbosa de Melo: Como leitor assíduo de sua coluna há muito tempo, li, nesta data, uma nota de que um servidor do Ipesaúde criticou descaso na área.Portanto, como prova de respeito aos seus leitores e ao seu brilhante trabalho, bem como, cumprindo a obrigação de todo gestor público em informar à sociedade, é que te escrevo para esclarecer as informações publicadas.  Quanto à questão que foi colocada de que o Raio X está desde janeiro sem funcionar em virtude de não termos renovado um contrato de manutenção, esclareço que, quando assumimos já não existia nenhum contrato de manutenção para este equipamento, sendo que este contrato a que se refere o servidor foi cancelado pela gestão anterior por descumprimento de contrato pela empresa que dava essa manutenção.  O  único contrato de manutenção nessa área é para a processadora dos  filmes de Raio X, o qual continua em vigor sem qualquer tipo de descontinuidade do serviço. Temos dois equipamentos de Raio X antigos, sendo que um deles está sem funcionar há muito tempo, e que está sendo consertado para suprir a demanda por esse serviço. O outro, diferente do que foi colocado, estava funcionando normalmente, com algumas interrupções por conta de necessidade de manutenção da  processadora.  No mês passado, o equipamento teve uma peça quebrada, que para o seu conserto deverá ser importada essa peça da Alemanha, o  que já está sendo providenciada essa aquisição através dos meios legais”.

 

  Esclarecimentos sobre o Ipesaúde II

Continua o diretor presidente: “Ressalto que os usuários do Ipesaúde estão sendo atendidos  pelas diversas clínicas credenciadas ao Instituto, portanto, não estão  sendo prejudicados no seu atendimento.  Ressalto também que já está em licitação a aquisição de uma nova processadora e está em fase de especificação a aquisição de um novo e moderno equipamento de Raio X. Quanto ao que foi relatado sobre o serviço de citologia, esclareço que este serviço teve o seu atendimento interrompido pois foi licitado o material necessário ao seu funcionamento e não houve proposta para esse material.  Em cumprimento à legislação, tivemos que abrir a licitação por três vezes, e persistindo o fracassamento do processo, tivemos que adquirir de forma emergencial.  Outra situação foi que  necessitamos realizar reforma nas instalações onde funciona o serviço, por problemas de infiltrações continuadas, e, por conta desta reforma, não pudemos reabrir este serviço antes. Esclareço ainda que o serviço já foi reaberto para atendimento aos usuários e que, durante esse período, essas pessoas foram atendidas em clínicas credenciadas. Portanto, discordo quando o servidor reclamante diz que no governo anterior era melhor, pois prova desconhecimento das dificuldades herdadas por essa administração para as melhorias deste Instituto.  De qualquer forma, fico à disposição desse e de qualquer outro servidor que queira informações a respeito do andamento dos processos de melhoria internos, bem como deste jornalista caso queira nos visitar no Ipesaúde”.

 

 

Lançamento do livro: Políticas Públicas e Direito à Educação

No próximo dia 29, segunda-feira, será lançado, às 18hs, na Livraria Escariz do Shopping Jardins o livro “Políticas Públicas e Direito à Educação”, do promotor Orlando Rochadel Moreira pela Editora Fórum. A obra analisa o papel desempenhado pelo Estado no desenvolvimento de políticas públicas educacionais, com abordagem do tema em todas as constituições brasileiras, à luz dos princípios da legalidade e da eficiência, além dos conceitos de esfera pública e esfera privada, direito e ordem legítima, poder e socialização, Ministério Público e Termo de Ajustamento de Conduta.  O Estado tradicionalmente espectador deve adaptar-se ao dever-direito de levar a educação até o cidadão e, se for o caso, de buscá-lo. Nesse contexto, o Censo Educacional desenvolvido em conjunto pelo Ministério Público, pelo Estado de Sergipe, pelo município de Aracaju e por dezenas de entidades, apresenta dados impressionantes: visitas a 16 bairros e 73.547 domicílios, e 7.554 crianças localizadas fora da escola devido à falta de vagas, à gravidez na adolescência, à falta de transporte, ao desemprego dos pais, ao trabalho infantil e à descrença na educação. Todas essas causas estão relacionadas a fatores sociais, e o nível socioeconômico permeia todas as análises.

 

Leitor cobra fim do uso do artigos indefinidos

Do leitor César Gonçalves: “Gosto muito de sua coluna e acredito que ela presta um excelente serviço ao estado, denunciando e cobrando providências para o sem-número de descalabros e a incompetência generalizada que, infelizmente, pautam a política sergipana e brasileira.Agora uma coisa é irritante, não só na sua coluna, mas em toda a  imprensa sergipana. É o uso abusivo dos artigos indefinidos (um, uma). Ex: “Houve um episódio, numa cidade do agreste sergipano, que uma pessoa muito próxima de Mendonça, a plenos pulmões, esculhambou com uma liderança local…”; “Depois que a coluna publicou que existia um major da PM à disposição há muito tempo na Acadepol sem função militar…”; “Aliás, num gabinete de apenas um conselheiro existem 84 (oitenta e quatro) servidores…”; e assim por diante.Esta “atitude” frustra o leitor de duas maneiras: 1) Por fazê-lo sentir-se excluído da notícia, passando a impressão  de que parte do espaço é utilizado para mandar recados para as  personagens “citadas”;2) Por torná-lo definitivamente cético com relação a mudanças para  melhor na sociedade, de vez que, se as personagens não podem ser devidamente identificadas, é porque detêm um grande poder de  intimidação e, conseqüentemente, não mudarão seu procedimento nocivo  à sociedade apenas com uma vaga referência.Pelos motivos acima, acredito que, na impossibilidade de se dar  nomes aos bois, seria preferível para nós, leitores, nem tomar  conhecimento da notícia “incompleta”. A explicação dada o leitor: muitas vezes, a coluna tem a informação, mas não pode divulgar o nome por força do excesso de processos judiciais”.

 

 

Por que as verdades não saem em letras garrafais como as inverdades?

Da presidente do Sindicato dos Enfermeiros, Flávia Brasileiro, informando que a ocorrência no Hospital São Lucas não foi com um enfermeira como noticiou a imprensa, mas com uma auxiliar de enfermagem: “O número de profissionais assistenciais nos hospitais particulares às vezes chega a ser o mínimo admissível pela legislação ou inferior a ele, que não supre nem de longe a necessidade real. Temos hospitais que têm uma enfermeira para todas as unidades. Uma única profissional responsável por toda a equipe de auxiliares e técnicos e por todos os setores. Tem maternidade privada que às vezes nem enfermeiro tem no período da noite ou finais de semana e feriados e enganam os clientes colocando técnicos de enfermagem no lugar deste profissional que é exigido por lei. A própria coordenação fica de sobreaviso caso seja preciso alguma coisa. Isso por que se tratam de empresas, que visam o lucro apenas e por que as pessoas não denunciam, nem o profissional denuncia (por medo da demissão) e nem o cliente (por desconhecimento). Na verdade nem todo mundo consegue distinguir o auxiliar do enfermeiro, já que acham que todos que vestem  branco são enfermeiros. As pessoas pagam os valores da assistência de um enfermeiro e recebem assistência de auxiliar. Quando forem a um hospital perguntem e exijam conhecer o enfermeiro da unidade, é um direito do cliente. A vigilância sanitária deveria fiscalizar não só as condições físicas e higiênicas das unidades hospitalares, mas fazer valer suas próprias resoluções e da ANVISA sobre dimensionamento profissional. Neste bojo também cobramos a atuação do Conselho de Enfermagem para que não fiscalize somente as condições de inadimplência, mas as condições do exercício da profissão”.

 

 

Sindicato vai acionar judicialmente

“Mediante tantas inverdades e tanta política trazendo para a lama o nome de bons profissionais, o grupo da rede de urgência e emergência do município está contratando um escritório de advocacia para fazer a defesa destes profissionais da Saúde e processar todos aqueles (entre populares, políticos e jornalistas) que afirmarem ou publicarem notícias mentirosas sobre os profissionais ou os atendimentos.Nos sentimos à mercê  de pessoas inescrupulosas que não procuram checar as informações que divulgam e que têm interesse político ou financeiro em algumas situações. Agora quem tiver perna que se segure nelas para pagar indenizações! Estamos cansados de sermos usados, expostos e ridicularizados. Estão expondo profissionais competentes, responsáveis e comprometidos, denegrindo suas imagens para venderem seus jornalecos”, relata Flávia Brasileiro presidente do Sindicato dos Enfermeiros, plantonista do SAMU Aracaju.

 

 Leitor critica sistema de transporte coletivo

 Do estudante de jornalismo, Joângelo Divino: “É horrendo pegar um transporte coletivo em Aracaju em horário de pico. Estudantes e trabalhadores sabem o que eu estou dizendo.  Questiono a demora no intervalo de chegada de um ônibus para outro. Vou citar como exemplo a linha Augusto Franco Beira Mar (702) que passa em 20 e 20 minutos, depois acrescente mais 10 min pelo atraso, para desespero dos usuários. Existe uma falta de respeito de alguns motoristas para com os usuários do transporte no que diz respeito à hiperlotação. Até hoje me pergunto por que parar o ônibus nos pontos seguintes, sabendo que o dito-cujo está entupido literalmente de pessoas? Tem gente que vai até prensado na porta, e não é exagero! Outra situação conturbada que precisa ser contestada é a falta de preparação de alguns motoristas. Um dia quase fui jogado para fora do ônibus porque o motorista abriu a porta com o veículo em movimento. Criou-se o hábito de abrir a porta segundos antes do coletivo parar. E porta de ônibus só se deve abrir quando o veiculo estiver categoricamente parado. Sei que o Prefeito Edvaldo Nogueira renovou a frota de veículos, mas precisa resolver também os atrasos constantes e as hiperlotações urgentemente. Ai segue uma foto que tirei de uma linha absolutamente lotada na zona norte da cidade.  Só tirei a foto porque fiquei chocado e revoltado com a situação. Esta linha é a Fernando Collor DIA . É a prova da hiperlotação dos coletivos de Aracaju. Por incrível que pareça, estas pessoas não estão entrando. Elas já estavam ai quando o ônibus parou, ou seja, o motorista teve a cara-de-pau de parar o veículo lotado para pegar mais passageiros. Se continuar assim, vai ter passageiro sendo transportado pendurado na janela.

 

Pesquisa Associação Brasileira de Centros de Inclusão Digital – ABCID

O Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict), órgão vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, com o apoio da ABCID, está validando os dados do Mapa da Inclusão Digital no Brasil (MID) que inclui telecentros, infocentros, salas de informática, centros de inclusão digital, lan house, cyber café, etc.Você, que presta serviços de acesso à internet ou treina pessoas para uso das tecnologias digitais, não pode perder essa chance de ser incluído no Mapa de Inclusão Digital. Cadastre-se agora mesmo e faça parte deste projeto. A inclusão digital é uma conquista de todos os brasileiros.http://www.abcid.com.br/pesquisa.php

 

 

 Gararu realiza 1º Torneio Leiteiro do sertão

A Associação dos Produtores Rurais da comunidade Ouricurizeira e Barriguda do município de Gararu, com o apoio do Banco do Nordeste e Departamento de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Deagro), realizará, de hoje, 25, a 27 de outubro, o 1º Torneio de Gado Leiteiro da região, localizado no alto sertão sergipano. O evento, que acontece no Povoado Ouricurizeira, pretende reunir cerca de 150 produtores rurais, destes, 12 estarão concorrendo ao torneio, sendo o vencedor quem conseguir retirar mais leite da vaca – nas quatro ordenhas realizadas nos três dias de evento -. Na programação consta ainda palestra sobre Renegociação de Dívidas e Linhas de Financiamento dos programas Crediamigo e Agroamigo, feita pelo BNB e Qualidade do Leite, com representante do Deagro. A expectativa é que passem pelo município, cerca de mil pessoas. Segundo a coordenação do torneio, o principal objetivo do evento é valorizar os pequenos produtores da região, para tanto, haverá assinaturas de contratos junto ao BNB. “Iremos prospectar cerca de R$ 150 mil em liberações de créditos para o Pronaf B e C, destinados a melhoria da infra-estrutura nas propriedades rurais, que compreende a aquisição de animais, plantio de capim e palmo e construção de aguadas/ barragens – que são reservatórios de água para gado –“, informa o  gerente geral da agência do BNB em Gararu, Erivaldo Teixeira de Souza.

 

Frase do Dia

“É preciso ir ao fundo do ser humano. Ele tem uma face linda e outra hedionda. O ser humano só se salvará se, ao passar a mão no rosto, reconhecer a própria hediondez”. Nelson Rodrigues.

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais