Dedo na ferida: Ajuda de Adelson é particular ou pública?

0

  “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

O atual deputado estadual Adelson Barreto, candidato a deputado federal, segundo as informações em conversas com políticos de todas as tendências, será o mais votado para a Câmara dos Deputados.

Quando o blog pergunta qual o motivo que leva a alta quantidade de votos, todos dizem que ele tem um trabalho voltado para a saúde ajudando as pessoas a realizar cirurgias e conseguir exames que no Sistema Único de Saúde demora uma eternidade.

E aí o blog perguntou: ele realiza esse “trabalho” com dinheiro próprio? Na rede particular? Ou tem conhecimento no SUS e consegue “agilizar” os exames e cirurgias?  Ninguém respondeu.

Ontem, 19, no horário eleitoral, Adelson Barreto exibiu a barriga com um enorme caroço de um homem doente e a imagem dele após a cirurgia realizada com a “ajuda” do candidato. A pergunta é: a cirurgia foi realizada com dinheiro dele? Se foi é crime eleitoral assumido publicamente. Captação ilícita de votos em pleno horário eleitoral.

E se foi através do Sistema Único de Saúde a situação é pior ainda: não é tráfico de influência? Não é um conduta também ilícita?

Com a palavra o procurador regional eleitoral o competente Rômulo Almeida.

Obs: basta a PRE questionar o paciente (ou vários outros) sobre a operação e onde foi feita para saber se os recursos foram públicos ou do deputado.

Rede Cabaú em Ação
Os sergipanos que assistiram ontem à noite o telejornal da TV Sergipe viram como Rede Cabáu foi reeditada. Na redação o empresário Ricardo Franco vibrava com as perguntas a Jackson. Na cadeira o jornalista virou o inquisidor da rede Cabaú. Hoje tem mais, só que ao contrário: serão flores para o candidato do patrão…

Perguntas para provar que não é Rede Cabaú
As perguntas que a TV Sergipe tem que fazer para provar que não é Rede Cabaú: processo EM segredo de Justiça envolvendo compra remédios STF; hospitais fechados quando secretário; caso Banestado; Sisan, dois CNPJ e cabeças de gados e os laranjais. Do contrário, é melhor fechar às portas com vergonha dos sergipanos.

Movimento suprapartidário em prol da candidatura de Marina Silva em SE
E na próxima sexta-feira, 22, será lançado um manifesto com diversas pessoas em defesa da candidatura de Marina Silva em Sergipe. Segundo um dos organizadores o ex-vereador Marcélio Bomfim a ideia é somar políticos e pessoas que tenham em comum o voto para Marina.

Opção ao PT e PSDB
“Não queremos saber em quem ele vota para governo, senado e tudo mais. Nosso movimento é para ajudar Marina e o país que está cansado do PT e do PSDB”, disse. O movimento conta com a participação também de Wellington Paixão, João Fontes, José Lima Santana, Marcos Aurélio, entre outros. Para saber mais é só discar: 8108-2500 (Marcélio).

PSC quer privatizar a Petrobras
O candidato à Presidência Pastor Everaldo (PSC) afirmou, em entrevista na noite de ontem, 19, ao "Jornal Nacional", da TV Globo, que irá privatizar a Petrobras e "tudo o que for possível" caso seja eleito

Radialistas: patrões parecem que não acreditam em Greve
Pelo jeito os donos das rádios em Sergipe só vão fechar um acordo com os radialistas se começarem uma greve. Não querem conceder um reajuste de apenas 8%. O presidente do Sindicato dos Radialistas de Sergipe e secretário de organização sindical da Fitert, Fernando Cabral, voltou ressaltar que a categoria quer a manutenção das cláusulas sociais já acordadas (inclusive o plano odontológico), mas cobra reajuste salarial linear de 8%.

Sem registro em ata
Os trabalhadores até aceitam registrar em ata as propostas que debatidas com o mediador do Ministério do Trabalho no dia 13 de agosto, quando foi sugerida a possibilidade de parcelar o percentual do reajuste salarial de duas formas: 1) reajuste salarial de 8% com base no salário de abril deste ano, sendo 7,1% para vigência retroativa a data base e 0,9% com vigência a partir de novembro deste ano; ou 2) reajuste salarial de 8,1% com base no salário de abril deste ano, sendo 7,1% com vigência a partir da data base e 1,0 % a partir de 1º de janeiro de 2015.

Missa de 7º Dia em Brasília
O PSB realizou  ontem, 19,na Catedral Metropolitana de Brasília, a Missa de Sétimo Dia em intenção de Eduardo Campos, Pedro Valadares Neto e as demais vítimas do trágico acidente aéreo da semana passada.

Bancada
O senador Antonio Carlos Valadares (SE), acompanhado da bancada do PSB no Senado Federal, senadores Rodrigo Rollemberg (DF), João Capiberibe (AP) e Lídice de Mata (BA), além de integrantes do partido e autoridades do governo, prestou suas homenagens às vítimas. Os senadores Ana Amélia (PP-RS) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) estiveram ao lado de Valadares na celebração.

Singular
“Trata-se de um momento singular em minha vida, de grande consternação e pesar, pela perda de meu sobrinho Pedrinho e do amigo e líder Eduardo. Mas, como Eduardo mesmo disse não vamos desistir do Brasil e sim continuar trabalhando para que o seu legado e a sua luta não acabem”, disse o senador Valadares.

Vagas de deficientes: Lucas Aribé vem realizando campanha
Do vereador por Aracaju, Lucas Aribé sobre nota do blog criticando quem estaciona em vagas para deficientes: “Realmente, caro Cláudio, esse problema ainda existe na nossa cidade em grande escala. É preciso que a população que continua cometendo tal infração pense duas vezes antes de fazê-lo. Sabemos, também, que são  necessárias campanhas educativas no sentido de alertar os motoristas para as consequências do ato, e nosso mandato, desde abril deste ano, realiza a campanha "esta vaga não é sua nem por um minuto" em parceria  com a SMTT, OAB-SE, Defensoria Pública de Sergipe, Ministério Público do Estado, além de diversas instituições que defendem as pessoas com deficiência e idosos. O setor privado e a sociedade civil também participa e se integra a essa corrente cidadã, passando a ser um  fiscal, um guardião, um defensor do respeito aos direitos de todos.”

Posto avançado
A população aracajuana passará a contar com mais um reforço na segurança. Nesta sexta-feira, 21, às 7h30, o prefeito João Alves Filho inaugurará o Posto Avançado do Grupamento Ronda da Capital (Rondac) da GMA, localizado na rua Deputado Matos Teles, nº 337, conjunto Médici II. O local abrigará um efetivo de 30 guardas municipais (GMs) atuando em escala de plantão, durante todos os dias. A proposta é potencializar as ações de presença nas escolas municipais situadas no Médici e dos terminais de integração.

ASEOPP: Unicoba apresenta benefícios da iluminação Led
Os associados da  Associação Sergipana de Empresários de Obras Públicas e Privadas – ASEOPP, receberam na reunião-almoço desta semana o engenheiro da empresa Unicoba, Custódio Neto, que fez uma ampla apresentação sobre os serviços prestados, mais especialmente na área da eficiência energética, através de uma das marcas do grupo a Ledstar.

Benefícios
Na exposição, Custódio Neto, disse que a Unicoba tem 40 anos, conta com 1.200 funcionários e foi a pioneira no Brasil na tecnologia de led. Ele apresentou os benefícios, o retorno financeiro em rápido tempo e os diversos projetos realizados pela empresa em todo país. A Unicoba tem sede em São Paulo e fábricas em Manaus (AM), Ilhéus (BA) e Extrema (MG). Além da iluminação de Led, a empresa atua em segmentos como baterias, soluções network, automação bancária, set box para TV por assinatura entre outros.

´Projeto Carnalita´ em debate no Fórum Empresarial de Sergipe
A reunião-almoço deste mês do Fórum Empresarial de Sergipe, que aconteceu ontem, 19,contou com a presença do engenheiro Francisco Cysne, superintendente da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) em Sergipe. Acompanhado de Evandro Arrais, gerente geral de Desenvolvimento de Minas da Vale, Cysne falou sobre o ´Projeto Carnalita´.

Informações
Segundo o coordenador do Fórum Empresarial, Ancelmo de Oliveira, havia uma grande carência de informações por parte dos empresários sobre o Projeto. “Sentíamos uma necessidade de estarmos mais informados sobre o Projeto Carnalita e Francisco Cysne, com o conhecimento que tem e identificação com Sergipe, esclareceu várias dúvidas. Além de informações técnicas do Projeto, que ainda não podem ser detalhadas ao grande público, o superintendente falou sobre os encaminhamentos que serão dados a partir de agora”, informa Oliveira.

Dados importantes
Reservas prováveis, volume de produção, valores do investimento, impacto socioambiental e repercussão no mercado local foram alguns dos assuntos em debate. “Na Argentina o Projeto envolvia cinco Estados, aqui apenas Sergipe. Em Projetos desta natureza, o empresariado deve se preparar para a demanda de novos fornecedores e para que sejam criadas as melhores condições para que isso ocorra naturalmente”, revela Cysne durante a palestra aos representantes das entidades filiadas ao Fórum Empresarial.

Investimento
Dentre as lideranças da entidade, o ex-coordenador Roger Barros foi um dos que participou de diversas discussões sobre o Projeto Carnalita e ouviu os lados envolvidos. “O Fórum Empresarial de Sergipe sempre esteve presente em temas que são de alta relevância para o desenvolvimento do nosso Estado. No momento de maior discussão do Carnalita, saímos com uma Nota Pública nos posicionando e deixando clara a importância de um investimento deste montante para a economia local e que aspectos políticos fossem deixados de lado em prol da nossa sociedade. Este pensamento prevaleceu e o Projeto finalmente foi autorizado”, lembra Barros.

Atuação
O CEO da Infox, Jorge Santana, que também comandou as discussões à época, garante que o Projeto tem importante significado para a economia sergipana. “O Carnalita garante a continuidade da produção de Potássio e o crescimento do nosso pólo de fertilizantes. Tive o privilégio de atuar nos primeiros anos do Projeto, enquanto titular da Sedetec, junto com o saudoso governador Marcelo Déda, que teve papel fundamental na mediação dos entendimentos entre a Vale a Petrobras, sobretudo quanto ao suprimento de gás natural e ao conflito de lavra”, pontua.

Bom senso
O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese), Alexandre Porto, acredita que prevaleceu o bom senso na questão da Carnalita e tudo aconteceu dentro do tramite normal. “O Estado saiu vitorioso com este investimento significativo. Toda a economia local ganha, independente de Governo A ou B. O Fórum Empresarial teve um papel importante ao se posicionar sobre o assunto, buscando ouvir o Governo do Estado, a Prefeitura de Capela e mostrando a importância do investimento. É um projeto de caráter macro e este é o papel do Fórum Empresarial”, diz Porto.

Indispensável
O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomércio), Hugo França, corrobora com os colegas do Fórum Empresarial. “O Carnalita é um Projeto indispensável ao Estado de Sergipe, com relevante importância à economia local. A palestra de Francisco Cysne esclareceu pontos importantes ao empresariado local. A Fecomércio mais uma vez estará junto desta ação, cumprindo assim o seu papel”, comenta França.

1º Dia de Campo e Leilão do Haras Cazuza, em Santo Amaro
Você que gosta de cavalos Mangalarga, Quarto de Milhas, Appaloosa, Piquiras e Põneis de qualidade não pode perder o

1º Dia de Campo e Leilão do Haras Cazuza, em Santo Amaro das Brotas,  no próximo sábado, 23, a partir das 14h. Mais informações no número 9972-1864 (André Gois).

Projeto da PM em parceria com o SESI
A Judoca Ketiley Santos, uma das 120 crianças atendidas pelo projeto “A Escola Vai ao Batalhão de Choque”, iniciativa da Polícia Militar, através do Batalhão de Choque, em parceria com o SESI-SE, esteve na manhã da segunda-feira (18) no Quartel do Comando Geral da PM em reunião com o Comandante da Polícia Militar, Mauricio Iunes, o superintendente do SESI em Sergipe, Acrízio Campos Souza e o instrutor do projeto, o PM Marcelo Élvio.

Apoio
A reunião teve como objetivo demonstrar todo o apoio à atleta nas próximas competições, além de destacar a importância do projeto para o futuro dos jovens. Campeã dos Jogos da Primavera, Ketiley é um dos destaques do projeto sócio educacional que tem como foco principal prevenir crianças e adolescentes da marginalidade, ensinando valores como respeito, disciplina e honra desde cedo, através do exemplo do Judô. Jovem promessa da modalidade, ela conquistou uma vaga para representar Sergipe nos Jogos Brasileiros da Juventude, em Londrina.

Vem aí mais um ‘Festival Stanza’
A marca Stanza está preparando mais uma edição de um evento que oferece ótimas oportunidades para sair do aluguel e realizar o sonho de adquirir um apartamento de qualidade. A terceira edição do ‘Festival Stanza’ reunirá excelentes opções de empreendimento em um só lugar! O evento acontecerá nos dias 22 e 23 de agosto no Stand de vendas na avenida Hermes Fontes e durante esse período será possível adquirir unidades com condições imperdíveis dos empreendimentos da marca Stanza.

Vem aí mais um ‘Festival Stanza’ II
No ‘Festival Stanza’ o cliente encontrará apartamentos prontos para morar ou em fase de construção, localizações diversificadas, unidades de 2 ou 3 quartos com suíte e varanda, área de lazer completa e totalmente equipada.Essa é sem dúvida a chance que muita gente estava esperando para se livrar de vez do aluguel e enfim adquirir um imóvel próprio realizando assim um excelente investimento para o futuro.

Nassal completa 31 anos
Era 1983, época em que os amigos de sala de aula, José Arnaldo Nascimento e Carlos Alberto Herculano, iniciaram um projeto empreendedor. Os engenheiros formados na Universidade de Campina Grande, na Paraíba, fundaram a Nassal Nascimento e Sales Construção LTDA em 17 de agosto daquele ano. “Começamos com obras públicas, fazendo empreitadas aqui e acolá em Aracaju. Só depois viemos descobrir nossa verdadeira vocação, com a incorporação imobiliária. É uma alegria muito grande fazer esta retrospectiva”, conta José Arnaldo, diretor Técnico. Com mais de 20 empreendimentos residenciais lançados em Sergipe, a Nassal emprega 1.470 colaboradores e tem 8 obras em andamento nos bairros Luzia, Atalaia, Farolândia, Jabutiana, além das cidades que fazem parte da Grande Aracaju, como São Cristóvão e Barra dos Coqueiros.

Agenda
No Estado do Missouri, nos Estados Unidos, a Polícia mata outro jovem negro. Protestos crescem em cidades daquele Estado. O técnico Dunga anunciou, ontem, a lista de convocados para a seleção brasileira. Hoje, quarta-feira (20.08), o IBGE divulga a prévia da inflação oficial (IPCA-15) de agosto, indicador referente ao período entre 15 de julho e 15 de agosto. Amanhã, quinta-feira, começa em Gold Coast, na Austrália, o Pan-Pacífico de natação, principal competição do ano, que marca a volta do americano Michael Phelps. Também amanhã (21), o Parque Ibirapuera, o mais popular de São Paulo, comemora 60 anos. Na sexta-feira, 22, o Banco Central divulga o relatório sobre as contas externas do país em julho. O ex-presidente da Colômbia, Ernesto Samper, assume o cargo de secretário-geral da UNASUL.

Curtas
ROGER ABDELMASSIH É PRESO NO PARAGUAI, APÓS 3 ANOS FORAGIDO. /// MARINA FALA SOBRE LEGADO DE EDUARDO CAMPOS EM MISSA DE SÉTIMO DIA. /// SUZANE PEDE À JUSTIÇA PARA CONTINUAR PRESA EM REGIME FECHADO. /// “NOSSO REAL ADVERSÁRO É O PT, E NÃO MARINA”, DIZ AÉCIO NEVES. /// O PAPA FRANCISCO AFIRMA QUE LHE RESTAM, APENAS, 2 OU 3 ANOS DE VIDA./// DÓLAR CAI COM OTIMISMO ELEITORAL E VOLTA A SER COTADO A R$ 2,25. /// REPERCUTE NEGATIVAMENTE ENTREVISTA EM QUE WILLIAM BONNER, EDITOR E APRESENTADOR DO JORNAL NACIONAL INTERROMPEU 21 VEZES A PRESIDENTE/CANDIDATA DILMA ROUSSEFF.

ESPORTE  – O  ESPAÇO DO ALCEU –  por Alceu Monteiro

Oligarquia
Segundo os dicionários, a palavra OLIGARQUIA significa: 1. Governo de poucas pessoas, pertencentes ao mesmo partido, classe ou família. 2. Em sentido figurado, predominância duma facção ou dum grupo na direção dos negócios públicos. No futebol sergipano, instalou-se, em 1964, uma oligarquia que se manteve muito tempo no comando da Federação Sergipana de Desportos – FSD. Com a deposição de Robério Garcia, assumiu a presidência da entidade mater do nosso futebol o professor e odontólogo Manuel Cardoso Barreto, o “Manuca”. Somente em 1989, o atual presidente da FSF, José Carivaldo de Souza, conseguiu a proeza de acabar com o reinado da velha oligarquia, ao derrotar o comerciante Alceuá Gonçalves. O comandante do grupo oligarca era o general Djenal Tavares de Queiroz. Como já observamos em coluna anterior, a oligarquia durou 25 anos. O ciclo de Carivaldo está fechando, também, 25 anos. (1989/2014).

A Seleção de Dunga
O técnico Dunga convocou, ontem, a seleção brasileira para os amistosos a serem realizados em setembro, contra a Colômbia (05.09), em Miami e o Equador (09.09), em Nova Jersey. Dos 22 jogadores convocados, 10 participaram da Copa do Mundo disputada no Brasil e 12 não participaram da referida competição. Eis a relação: Goleiros – Jefferson e Rafael; Laterais – Maicon, Filipe Luís, Danilo e Alex Sandro; Zagueiros – David Luiz, Marquinhos, Miranda e Gil; Volantes – Luiz Gustavo, Fernandinho, Ramires e Elias; Meias – Everton Ribeiro, Ricardo Goulart, Willian, Oscar e Philipe Coutinho; Atacantes – Diego Tardelli, Neymar e Hulk.

Júlio César
O goleiro Júlio César foi contratado pelo Benfica de Portugal.

1 Milhão
De reais. É quanto o Bragantino receberá de cota para enfrentar o Corinthians em Cuiabá, pela Copa do Brasil.

Show de bola
Neymar deu um banho de bola na partida contra o León, do México. Inclusive foi autor de dois gols na goleada de 6 a zero que marcou a abertura da temporada do Barcelona.

Pompa e circunstância
Para que tanto protocolo para anunciar a convocação da seleção? Quanto às entrevistas coletivas nessas oportunidades, o fato é que elas acabam caracterizadas por uma tremenda monotonia. Dificilmente ouve-se uma pergunta importante. Enquanto isso, a cartolada adora…

PELO TWITTER

www.twitter.com/MariaMendoncaSE  Que Deus nos Capacite para cada batalha da vida, guie nossos passos e ilumine nossa caminhada. Bom dia!

www.twitter.com/zehdeabreu  Comecei a militância ha quase 50 anos. Nunca pensei em desistir do Brasil. Nem quando preso por organizar um Congresso da Une. #faladevoce

www.twitter.com/clovis_silveira  As pessoas que estão tentando fazer este estado pior não tem um dia de folga, como nós poderíamos ter. Que deus ilumine essa escuridão!

www.twitter.com/bertolimase  Pastor Everaldo (PSC) quer privatizar a Petrobras. Com um aliado deste quem precisa de adversário.

www.twitter.com/Emidio_Costa  #VergonhaAlheia pela postura do entrevistador da @tvsergipehdtv Um Bonner piorado, inquisidor, ridicularmente parcial. Lamentável. Triste.

www.twitter.com/jfnunes040810   Que vergonha a rede Cabau é afiliada da sonegadora Globo !!!

www.twitter.com/braynerr As igrejas evangélicas, com boas exceções, viraram um negócio rentoso.

DO LEITOR

Desabafo de um policial militar
Relato do PM: “Ainda estou em observação levaram minha arma eu ainda consegui alvejar de certeza um e outro creio que com menos gravidade. Tenho informações que já tem 5 presos e faltam 2 os que estão baleados um deles é muito perigoso e conhecido como Fabinho de dede rolinha com certeza vai procurar socorro médico pois esse eu tenho certeza que esta alvejado. Dois deles estavam com bastão  de ferro e bateu muito na minha face e cabeça. Minha perna ainda esta em recuperação de um acidente que sofri quebrando a bacia . Obrigado meu Deus ainda estou no mundo, a arma é da instituição eu pago. E vamos ver os meliantes o que a justiça vai  fazer, condená-los e vão receber um auxílio de mais de um salário, e eu estou com o rosto desfigurado e uma arma para pagar não têm direitos humanos para mim tem justiça e disciplina, mas estou vivo vou cobrar minha divida pode ter certeza. Deus pague a todos, divulguem a revolta de um PM que ainda acredita no sistema.” Palavras do PM, Arquibaldo vítima de assalto e agressão.  O mesmo encontra-se no HUSE. Malas presos: Antônio Adeilton Gonzaga Oliveira; Anselmo Gomes Moura; Willames Freitas dos Santos e Gabriel Matos Moreira. Todos de Dores.

Texto sobre militarização nas policias nos EUA
Do Tenente Coronel PMSE, Sílvio César Aragão que enviou o texto principal de ontem, 19, que muitos leitores disseram que era antigo: “No nosso entendimento esse questionamento é irrelevante, acredito que, independente de datas específicas e lapso temporal, o enfoque necessárrio da matéria está no fato de que, lá fora, a experiência e a busca por melhores serviços demonstrou a prioridade pela militarização, em idéia contraposta à atual política brasileira que dia após dia vem tendenciando e proclamando a desmilitarização. O momento político é, pois, propício a tocar neste tema, considerando a próxima formatação do congresso nacional a partir de 2015, e especialmente visando descortinar para a sociedade brasileira a informação sem maquiagem e/ou preconceitos de uma profissão que primordialmente, necessariamente e diuturnamente coloca a própria vida em risco pelo povo brasileiro. E é fato que, dentre fatores diversos, aquele que funciona como garantidor principal dessa postura de abdicação é a formação militar, nos seus pilares hierarquia e disciplina. Haverá sempre quem queira denegrir esta profissão, por óbvio, associando o militarismo à truculência e violência, quando, mas a história mostra, desde os tempos antigos, o valoroso e humano trabalho dos militares pelo mundo afora, além da notória capacidade de organização plagiada até mesmo no ramo de grandes e bem sucedidas empresas privadas.
obs: Acredito que muitos desses comentários vêm de profissionais "concurseiros"que hoje trabalham na profissão sem um "pingo" de vocação institucional.”

NOTA

Esclarecimentos PV de Capela

Do presidente do PTV de Capela, Edson Luiz Aragão de Souza:

Diante da nota veiculada em seu blog no portal infonet citando o diretório municipal do Partido Verde em Capela/SE, apresentamos os seguintes esclarecimentos:

1.       Realmente procede a informação de que fomos convidados, através de indicação do amigo jornalista Juracy Garcia, a assumir o comando do diretório municipal do PV Capela, fato este que somente se concretizou após novo convite ter sido realizado pelo então presidente do diretório municipal;

2.       No entanto, em momento algum houve a vinculação, ou sequer a proposta, de que a nossa entrada no PV se daria em troca do apoio à candidatura do amigo Antonio Leite ou de qualquer outro candidato, até porque quando assumimos o diretório municipal no ano passado, não havia qualquer registro de candidatura;

3.       O diretório municipal do PV Capela é formado por 01 presidente, 02 vice-presidentes e 09 diretores, e todas as decisões e posicionamentos tomados pelo agrupamento são feitos de forma democrática através de decisões colegiadas, porque entendemos a necessidade de fazer uma nova política, onde não há espaços para os caciques e coronéis que costumavam impor suas vontades sobre suas bases e eleitorado;

4.       No que tange às eleições de 2014, esclareço que após a convenção estadual do PV, onde foram apresentados os nomes dos amigos Reynaldo Nunes para concorrer ao cargo de Deputado Estadual e Antonio leite para concorrer ao cargo de Deputado Federal, nós do PV Capela decidimos dar total apoio aos mesmos, passando, voluntariamente a procurá-los com o objetivo de viabilizar as suas campanhas em nosso município. Desde então tivemos diversas reuniões com o candidato Reynaldo Nunes 43.123 e passamos a fazer um grande trabalho de fortalecimento de sua candidatura, o que pode ser observado através da Fanpage do PV Capela no Facebook. Por outro lado, desde o registro da sua candidatura, o amigo Antonio Leite não nos procurou para tratar de sua candidatura. Pelo contrário, nós o procuramos por diversas vezes através de contatos telefônicos e mensagens, sem, contudo, obtermos qualquer feedback. A situação tornou-se insuportável no dia 29 de Julho, quando, após diversas tentativas, marcamos uma reunião na sede do PV em Aracaju e somente apareceram o candidato Reynaldo Nunes 43.123, Dalmo Braz (membro da executiva estadual) e membros da coordenação da campanha de Reynaldo, não tendo o amigo Antonio Leite comparecido ou sequer entrado em contato para informar/justificar sua ausência. E mais, desde a referida data não fora mantido qualquer contato do candidato Antonio Leite com qualquer dos membros do diretório municipal de Capela. Por essa razão, diante do completo descaso e desatenção do candidato para com o nosso agrupamento, fora decidido, pela maioria do grupo, que seria impossível e inviável manter o apoio a um candidato com quem é impossível dialogar!!;

5.    Esclareço também que, ao contrário do que afirma a nota mencionada, o diretório municipal do PV Capela não firmou, até a presente data, compromisso com nenhum candidato a Deputado Federal!!!!

6.   Informo que a decisão tomada pelo diretório municipal do PV Capela fora devidamente informada à executiva estadual do Partido Verde, a qual compreendeu as circunstâncias que nos levou a tomar esse posicionamento e nos tem dado total apoio;

7.    Por fim, informo que os membros do diretório municipal do PV Capela são cidadãos sério e íntegros e que a veiculação da nota da forma como fora realizada fere a imagem do nosso diretório e dos nossos membros, tendo em vista que leva a crer que teríamos descumprido um suposto acordo ou que teríamos traído a confiança de um amigo, fatos estes que jamais ocorreram.

Destaco que encaminho o presente email apenas como forma de esclarecer a realidade dos fatos, de modo a possibilitar a apresentação por vossa senhoria dos fatos como realmente aconteceram. Conhecemos o perfil sério e integro deste jornalista e esperamos que tais fatos sejam esclarecidos em sua coluna.

O diretório municipal do PV Capela se encontra à disposição para quaisquer esclarecimentos.

ARTIGOS

Dos debates rasos e rasteiros. Por Eduardo Marcelo Silva Rocha* e Fábio Salviano Lima Xavier**

Logo no dia da publicação do texto anterior, um colega procurou-me para repercuti-lo, fazendo questão de deixar clara  sua discordância em relação à minha opinião. Para mim, algo natural, afinal, o respeito a opiniões alheias e a divergência, são essenciais à verdadeira democracia, bem como à cidadania.

Pois, através do bom embate de idéias se consegue construir conhecimentos: tese, antítese e síntese…

Por isso, perguntei-lhe exatamente quais, ou qual, os aspectos dissonantes, do que me respondeu ser favorável à redução da maioridade penal.

Então resolvi contar-lhe uma “estória”.

Disse-lhe que em um evento, o palestrante estava pontuando seu posicionamento sobre a redução da maioridade penal e, após algum tempo, alguém da platéia resolveu externar sua opinião, dizendo que não concordava com o que estava sendo dito, pois tudo era uma questão matemática.

Para ele, o assistente, tudo que havia sido dito não tinha muito valor, pois ao se tirar um menor criminoso das ruas, simplesmente se tem um criminoso a menos nas ruas e, portanto, as estatísticas  criminais se reduzem.

(Ou seja, a solução é extremamente simples, o que se leva a perguntar, como ninguém nunca pensou nisso no mundo?)

Pontue-se  que, não por acaso, o tema em questão era objeto da pesquisa de doutorado do palestrante.

Pois bem.

O palestrante então perguntou-lhe em que bases razoáveis ele sustentava  sua afirmação, uma vez que os dados levantados, na já citada pesquisa, não se afinavam com a tal “teoria  matemática”.

Sem maiores delongas, todas as tentativas de resposta não explicaram nada e restou claro que a “teoria matemática” não possuía nenhuma sustentação que a qualificasse razoável.

Então o palestrante resolveu dizer que seu trabalho de Doutorado trata da redução da maioridade penal, fazendo um diálogo com a situação na Europa. Relatou que até o presente momento, o levantamento feito nos países europeus que reduziram-na, não conseguiram constatar nenhum tipo de melhora nos índices criminais que pudesse será ela creditada.

Disse que em apenas um país, a Alemanha, conseguiu-se constatar uma melhora, mas pouco significativa, mas que estava sendo posta em questão, ante o enorme volume de investimetos empregados na implementação e manutenção dessa política frente aos seus singelos resultados. Enfim, existem lá dúvidas quanto a validade da medida.

Por fim, como o seu antagonista não tinha nenhum argumento para defender seu ponto de vista ante às explanações, o palestrante disse que algo de tamanha gravidade não pode ser discutido “em conversa de botequim”, principalmente por quem estuda o tema.

Alertou a todos sobre a importância de tomarmos cuidados ao adentrarmos em assuntos que não dominamos ou que sequer estudamos, afinal, quem deve falar de medicina é o profissional de saúde, bem como o pedagogo deve falar de educação. Por melhor que seja o profissional em sua área de atuação, ele precisa manter os pés no chão, controlando sua empáfia, para não “achar” que domina todo e qualquer assunto e, consequentemente, arriscar-se a falar asneiras.

Após finalizar a “estória”, perguntei-lhe:

Você entendeu que a maior mensagem a ser retirada nesse relato não era relacionada à maioridade penal, mas sim ao risco de se entrar de forma rasa e rasteira nas discussões?

(Afinal, era a essa a intenção principal do texto anterior.)

*Eduardo Marcelo Silva Rocha – Capitão PM, Bacharel em Segurança Pública, Bacharel em Direito, Especialista em Políticas e Gestão de Segurança Pública e Mestre em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública.

**Fábio Salviano Lima Xavier – Sociólogo e Especialista em Políticas e Gestão de Segurança Pública.

ARTIGO

Privatização da cultura e do espaço público de Poço Redondo por Givaldo Souza Neto – “Netinho”*

Durante os últimos dias 08, 09 e 10 de agosto, realizou-se na cidade de Poço Redondo/SE a mais tradicional comemoração municipal: A Festa da Padroeira de Poço Redondo – Nossa Senhora da Conceição.
Mas, infelizmente nem tudo ocorreu conforme nossa tradição. Vejam.
Para espanto e indignação de todos, mais um ano, a população é obrigada a pagar valores bastante significativos para festejar na nossa própria praça. Pasmem: ingressos eram vendidos de R$15,00 e R$20,00, preços geralmente cobrados em capitais e cidades metropolitanas, em atrações de renomes nacionais. Sem desmerecer ou menosprezar os humildes artistas que se apresentaram durante todo o evento, fico me perguntando quanto receberam por seus cachês. Certamente nem metade do que foi arrecadado.
O Município, como de costume nesta gestão, sempre usa como “escudo” a situação de miséria que nos encontramos. A frase mais falada as vésperas de “nossa” festa é: “Estamos em Estado de emergência, não podemos gastar com nada!”.
Pois bem! Se não se pode gastar com nada, por que se tem um programa semanal na Rádio Xingó FM que custa um contrato mensal de mais de dez mil reais? Será que é tão urgente assim? Será que com essa verba não daria para reformar a creche municipal, por exemplo? É só fazermos a conta: durante 20 meses já se gastou aproximadamente duzentos mil reais com este desnecessário programa.
E já que a palavra de ordem é economizar, porque não exigiu participação dos lucros exorbitantes gerados com a cobrança imoral dos ingressos das festas? Por que não se cobrou algum imposto para conceder o alvará de liberação para a realização da festa por particular?
Pior que isso: sequer foi explicado ao povo porque somente uma única empresa tem monopólio da realização das festas do POVO de Poço Redondo. Sequer foi dito quanto se arrecadou de impostos, já que nossos ambulantes foram proibidos de venderem dentro do espaço de realização do evento. Espaço NOSSO, diga-se de passagem!
Ai que saudade!!! Saudades das festas dos Prefeitos Alcino, Durval e Dr. Ivan. Mesmo tendo tenra idade naqueles tempos, lembre-se como se fosse hoje o espírito que contagiava a todos. Era uma farra só: comemorações, batizados e casamentos coletivos, conterrâneos regressando, amigos visitando a cidade, e forró pra mais de uma semana, sempre raiando o dia. E o melhor de tudo era que não se gastava quase nada perto dos números de hoje. E lembro a todos que sempre passamos por período de grande estiagem, muitas vezes até mais castigantes que os enfrentados hoje. Perguntem a seus pais, a seus avós. Graças a Deus nenhum deles morreram de fome.
Como se não bastante a ganância e a ambição explícita que se perpetua no poder desta cidade, estão privatizando nossa cultura, nossa tradição e nosso espaço público. Até a tão importante Procissão de Nossa Senhora da Conceição é desrespeitada. Mudam as datas da Festa de Agosto sem sequer ouvir a população. Simplesmente seguem a conveniência de seus tão desejados lucros.
Até onde é legal, não sabemos. Mas nos cobrar para comemorarmos uma festa que é exclusivamente nossa é, com certeza, demasiadamente IMORAL! Infelizmente quem não é filho desta amada terra ou quem não a ama como se progênito fosse, jamais entenderá esse sentimento de indignação.
Cabe a nós rogarmos a Nossa Senhora da Conceição para que ilumine os nossos caminhos, nos dê saúde e interceda por nós, para que as tentações demoniais sejam exorcizadas da alma e do coração sofrido do nosso tão AMADO Poço Redondo/SE. Tenhamos sempre fé em nossa Mãe-Rainha e conseguiremos nossa Vitória.

Parabéns a todos pela perseverança Sertão!

*Filho de Poço Redondo e servidor público estadual.

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun 

Frase do Dia
"Que liberdade é essa, se a língua é escrava?" Frei Caneca, religioso e revolucionário brasileiro, líder da Confederação do Equador, nasceu em 1779 e morreu em 1825.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários