Dos discursos de Déda e João

0

As eleições estaduais deste ano batem à porta e a disputa em Sergipe terá como principais candidatos os mesmos nomes de 2006: Déda e João Alves. A diferença é que trocaram de lado. Déda é hoje governo e João, oposição.  Pelas entrevistas recentes dos dois candidatos parece que os discursos eleitorais não terão muita novidade.

 

O ex-governador João Alves Filho voltou com o mesmo discurso de 2002, quando era oposição ao governo Albano e disputou as eleições contra José Eduardo e Francisco Rolemberg. Vem dizendo que é um homem reciclado, mas quando governador, fez as mesmas práticas políticas do passado e encheu o governo de parentes. Em 2006, já no governo, não tinha como defender a “reciclagem” e então pautou seu discurso na defesa do rio São Francisco e contra a transposição. Discurso este que também se esvaziou completamente. A derrota mostrou que a população queria mudanças.

 

Já o atual governador vem dando sinais que pretende usar o discurso que as mudanças chegaram para reforçar sua campanha eleitoral este ano. Com certeza o governador sabe que não cumpriu muitas das promessas de campanha. Teve mudanças significativas em poucas horas, mas deixou a desejar em muitas delas. Basta comparar o discurso e as promessas dele no horário eleitoral de 2006 e mostrar nas eleições deste ano. É um prato feito para a oposição. Um feito importante neste governo é a correção com o dinheiro público, mas isso não pode ser sinônimo também de morosidade administrativa. O atual governo ficou muitos meses, literalmente, “empacado” em todos os sentidos.

 

A sorte do eleitorado sergipano é que, assim como nas eleições de 2006, apenas dois candidatos estão de fato na disputa: Déda e João. Nilson Lima (se for candidato) não terá um percentual de votos acima de dois dígitos para levar a disputa para o 2º turno, como aconteceu em 2002, onde disputaram o 1º turno, João Alves, José Eduardo e Francisco Rolemberg e os dois primeiros foram para o 2º turno.

 

É esperar outubro para saber quem a maioria do eleitorado vai escolher entre Déda e João Alves. Agora os discursos de reciclado e de mudança já não empolgam mais o eleitorado. Será preciso bem mais.

 

Alexandre Sobral é candidato em Laranjeiras

Depois que José Sobral, secretário de Estado do Trabalho, resolveu permanecer no cargo, o grupo político liderado pela prefeita de Laranjeiras Ione Sobral, resolveu lançar outro candidato a deputado estadual: trata-se de Alexandre Sobral, irmão de José Sobral e filho da prefeita Ione. Em 2006, Yone apoiou Tânia Soares. O município tem hoje como principal candidato o atual deputado estadual Paulinho das Varzinhas.

 

Muita gente de cabelo em pé

Na última sexta-feira, ao exibir matéria com a coletiva do governador Marcelo Déda, o telejornal 2ª Edição, da TV Atalaia, por três vezes focou o rosto de Clóvis Silveira, entre as “lideranças” que estavam sentadas atrás, da mesa principal. Clóvis Silveira é presidente do PTdoB e apóia a reeleição de Déda.

 

Déda vai encampar a refinaria de João?

Só para lembrar: há exatamente quatro anos, a imprensa de Sergipe noticiava a vinda de uma refinaria para Sergipe, cantada em verso e prosa pelo então governador João Alves. Um escritório tinha um comandante em Sergipe. Clóvis Silveira. Agora, com esta aliança, do governo das mudanças, certamente a refinaria de João será revivida. Ou não? Em tempo: alguém duvida em quem Clóvis votará para governador? A melancia de 2006 foi transformada em kiwi.

 

Omissão é crime: é o uso irregular de veículo da PM?

Desde o início do mês este espaço denunciou que no feriado de Corpus Chiristi (03/06) um veículo da PM (Astra placa policial 032 – número: 08001 QCG) estava estacionado em uma residência do JK. A assessoria da PM pediu mais informações e, como o blog tinha noticiado que era o Monza, a assessoria informou que não existia este veículo.

 

Querem o endereço: Rua 43 nº 128 Conjunto JK

Como a assessoria informou que o “veículo identificado por estes números, estava, a priori, no dia 03 de junho em outra atividade e não a citada por este jornalista”, o blog vem ratificar a informação e dar mais um detalhe que se o comando desejar a apuração será fácil descobrir quem mora no local: Foi na rua 43, número 128 do conjunto JK. Agora, só não vê quem não quer. Será que o Ministério Público Militar pode dar “uma mãozinha” ao comando da PM? Ou ainda não sabem quem é o oficial?

 

Cirurgia

O governador Marcelo Déda passou o dia de ontem em São Paulo realizando uma revisão da cirurgia. Pelos primeiros exames tudo estava correndo bem.

 

Ulices escolhido

Em votação ontem na AL, o deputado Ulices Andrade foi escolhido como o novo conselheiro do TCE, com a aprovação do decreto legislativo. Ulices está no quinto mandato como deputado estadual e já foi secretário de Estado. É formado em administração.

 

Frei Enoque e Iziane: Paz e amor em Poço Redondo

Em Poço Redondo, depois que ajudou a eleger a Iziane prefeita da cidade em  2004, o então ex-prefeito, frei Enoque rompeu política com ela. Em 2008, o frei retornou a prefeitura e Iziane, consequentemente, virou ex-prefeita. Mesmo assim frei Enoque, com a língua que todos conhecem, continuou a soltar “cobras e lagartos” contra a ex-prefeita. Agora, em 2010, parece que o clima de paz e amor está no ar: os dois subirão no mesmo palanque para apoiar Amorim em Poço Redondo.

 

Alunos reclamam de atos da chefe do Departamento de Direito da UFS

Estudantes de direito da Universidade Federal de Sergipe (UFS) se reuniram na tarde de ontem, 14, com o procurador da República Bruno Calabrich. Os alunos solicitaram a reunião ao Ministério Público Federal (MPF) a fim apresentar novas reclamações contra a chefe do Departamento de Direito da UFS.

 

Nova representação

Os estudantes se comprometeram a compilar os relatos e documentos apresentados ao procurador em uma representação que será entregue em breve ao MPF. A nova representação possivelmente será distribuída a um dos Ofícios do Patrimônio Público, caso não exista conexão entre esta e o Inquérito Civil Público já em andamento no MPF, que também investiga possíveis irregularidades no Departamento de Direito. (MPF/SE).

 

Suplentes no PSC

Fechada a candidatura de Eduardo Amorim ao Senado Federal, as conversas agora giram em torno dos suplentes. Comenta-se que o empresário Lauro da Bomfim (PR) será o primeiro suplente de Amorim.

 

Suplentes do PSB

Já o primeiro suplente do senador Valadares deve manter-se o atual: o ex-vereador Elber Batalha. Já o segundo suplente, que hoje é Paulo Viana, deve ser modificado, já que o mesmo ocupa cargo de primeiro escalão (é secretário de agricultura) e está inelegível.

 

Suplentes do PSDB

E o PSDB já fechou os suplentes de Albano Franco. O primeiro suplente será o empresário Adierson Monteiro. Já como segunda suplente a atual deputada estadual Celinha Franco.

 

Atendimento Detran no Ceac do Riomar

O blog recebeu ontem, 14, no final da manhã, várias reclamações por conta do péssimo atendimento no Detran do Ceac do Riomar. As reclamações são porque colocaram os novos concursados sem nenhuma noção do trabalho que estão realizando. A todo momento eles têm que perguntar aos servidores antigos e, com isso, a espera é grande. Ontem, um usuário passou 3 horas no local.

 

Situação pode piorar

O Detran deveria ter treinado os novos concursados antes de colocá-los para atender os usuários. E a tendência é piorar já que a partir do dia 18 os contratos que restam no local estão saindo e só ficarão novatos. A diretoria Detran precisa encontrar uma saída urgente, antes que o caos seja instalado no local.

 

Mico de deputado I

Um deputado estadual, simpatizante de João Alves, mas, que se encontra na incomoda situação de liderado de Amorim, havia prometido ao ex-governador que a decisão a ser adotada pelo PSC & CIA, não seria fácil, visto que a proposta de apoio a Marcelo Deda, enfrentaria uma enorme dissidência.

 

Mico de deputado II

Porém após o anúncio da decisão, o envergonhado deputado, ligou para o ex-governador para informar que a decisão em apoiar Marcelo Deda acabou conquistando a unanimidade. Diante da perplexidade de Dr. João, ele sacou a seguinte explicação: “É que antes da reunião espalharam o boato de que os candidatos iriam precisar de estrutura para a campanha e que João Alves estava quebrado.”Bom, se foi verdade ninguém sabe. Agora que colou, colou!

 

Ajuda de Mendoncinha

Uma importante liderança do DEM, disse a este jornalista (em off) que após tomar conhecimento da decisão do PSC em apoiar a candidatura de Marcelo Deda, João Alves comentou com Maria do Carmo: “Agradeça ao seu querido genro Mendoncinha, pela ajuda que ele me deu”.

 

Compras da Petrobras

E o ex-presidente da Petrobras e da BR Distribuidora, José Eduardo, comemorou o anúncio, pela Petrobras de que as compras da empresa chegaram a 75% de conteúdo nacional. “Compromisso de Lula em 2002 que diziam ser impossível. Tive orgulho de contribuir”, lembrou.

 

Visita de Dilma

E José Eduardo também confirmou a vinda da candidata Dilma Rousseff a Aracaju para o Forrocaju no dia 24 deste mês, bem na noite de São João. Ela deve participar também de um ato do PT.

 

Capinação em 2003

O radialista Gilmar Carvalho lembrou bem de um episódio que faz Almeida Lima ser totalmente descartado por Déda: em 2003 ele acusou o então prefeito de desviar recursos na área da saúde, com superfaturamento nas capinações em postos de saúde. Foi um discurso duro no Senado e pedido para que os órgãos públicos, como MPF e TCU fizessem uma rigorosa investigação. “Aguardando que esses fatos sejam devidamente esclarecidos e se estabeleça a punição. Assim, poderemos viver e conviver em uma sociedade moderna, contemporânea, sem a presença da corrupção”. E agora Almeida Lima arrependido, quer ser candidato ao senado na chapa de quem ele chamou de corrupto.

 

Umbaúba se destaca a cumprir Lei Federal

A prefeitura de Umbaúba leva aos seus estudantes, alimentação saudável, barata e ainda produzida por famílias de agricultores do município. Conforme a Lei Federal 11947/2009, que determina a compra de pelo menos 30% da produção dessa categoria do campo para a merenda escolar, a administração municipal cumpriu rigorosamente a norma e será a primeira cidade do Estado a realizar o pagamento dos produtores rurais que contribuíram.

 

Gastos reduzidos com merenda escolar

O ato acontecerá nesta quarta-feira, 16, às 10h, na sala do pré-vestibular municipal, localizada na Avenida Benjamin Constant, vizinho ao centro de administrativo de Umbaúba. Para o prefeito, professor Anderson Farias, essa ação é de grande importância para toda a população, uma vez que as vantagens são inúmeras, tanto para os alunos, os agricultores e principalmente para o município que terá seus gastos com a merenda escolar diminuídos. Umbaúba é primeiro município a concretizar essa ação.

 

Visita do COB a Sergipe

Nos dias 16 e 17 de junho o Secretario de Educação, professor José Fernandes de Lima, receberá a visita da equipe de vistoria do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), o motivo da mesma é o pleito do Estado de Sergipe em sediar a Etapa Nacional das Olimpíadas Escolares na categoria de 12 a 14 anos no ano de 2012. Ressaltando que os Jogos da Primavera, desde 2007 é seletiva para as Olimpíadas Escolares Nacional, chancela esta ratificada pelo Governo do Estado com coordenação da SEED. Na manhã do dia 16 os membros da comissão estarão reunidos com o Secretário de Educação, com a Diretora do Departamento de Educação Física a professora Maria Auxiliadora Pires e representantes das Secretarias de Esporte e Lazer, Cultura, Meio Ambiente, Segurança, Comunicação, Transportes entre outros convidados que na oportunidade será apresentado o Projeto Olimpíadas Escolares.

 

Projeto será apresentado ao Bureau Convention

Na tarde do mesmo dia, a comissão do COB também apresentará o projeto ao  Bureau Convention de Sergipe e representantes da rede hoteleira às 14h no hotel Parque dos Coqueiros.  O restante da estada da comissão em Aracaju, será destinada a visita aos espaços esportivos  disponíveis em nossa capital. A perspectiva é que cerca de 3.500 alunos atletas dos diversos estados brasileiros participem da competição, promovendo desta maneira durante aproximadamente 15 dias, período em que se desenvolve o evento, grande movimentação esportiva, cultural e turística em nossa capital, ano em que o esporte estará em evidência sendo o Brasil sede das Olimpíadas.

 

Prefeitura sorteia mais 404 casas populares

Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semasc), iniciou na manhã desta segunda-feira, 14, o sorteio das 404 unidades habitacionais construídas com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal. As casas sorteadas ficam no bairro 17 de Março e serão entregues aos moradores do Morro do Avião, localizado no bairro Santa Maria. As famílias serão transferidas para as novas moradias na primeira quinzena de julho. O sorteio ocorre todos os dias até a próxima segunda-feira, dia 21, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Santa Maria.

 

Sinal Francisco Porto/Pedro Paes I

Da assessoria de Comunicação da SMTT: “Acompanho diariamente o seu trabalho e ele é de suma importância, pois oferece a oportunidade ao internauta de criticar, elogiar ou mesmo sugerir serviços do setor público. Por diversas vezes, o Sr. Wolney, assíduo ao seu trabalho, como eu, tem criticado a  SMTT sobre alguns defeitos momentâneos em alguns pontos semaforizados, principalmente no cruzamento da Francisco Porto com Pedro Paes. Ali houve um problema de infiltração nos cabos subterrâneos e toda a tubulação e cabos foram substituidos, possibilitando o perfeito funcionamento do sistema que para proteção de todo o equipamento, entra em modo piscante”.

 

Sinal Francisco Porto/Pedro Paes II

Continua a assessoria: “Além desse problema, existe naquela área, outro: a queda constante de energia que também faz com que o equipamento entre em modo piscante. A equipe de manutenção está resolvendo o problema. O equipamento é moderno e vem, funcionando em toda a cidade onde está instalado, sem maiores problemas. Claudio, quando um conjunto semafórico entra em modo piscante, a equipe de manutenção é acionada imediatamente a qualquer hora de domingo a domingo. Sabemos dos transtornos que acarretam em horário de pico, por isso corremos para sanar o problema. Sr. Wolney a  SMTT agradece a sua colaboração. Estamos a sua disposição para mais esclarecimentos”.

 

Dejetos de cachorro: uma luz na PMA

Na última sexta-feira este jornalista teve uma grata surpresa ao acessar o site da Prefeitura de Aracaju. Uma extensa matéria sobre animais e a questão das fezes deixadas pelo cachorro nas calçadas. A matéria mostra que a PMA, através do Centro de Zooneses, vem desenvolvendo o programa “Posse Responsável”.“As atividades são direcionadas para que o cidadão tenha conhecimento das responsabilidades de ter um animal em casa, destacando cuidados que vão desde a vermifugação do animal ao recolhimento dos seus dejetos em espaços públicos e privados, a exemplo de condomínios”, diz a matéria.

 

Para cada 13 pessoas, existe um cão em Aracaju

Continua a matéria: “De acordo com a coordenadora do programa Posse Responsável, Margareth Porto Pinheiro, os trabalhos se estendem a qualquer animal doméstico, sendo que o programa tem dado maior atenção aos cachorros por conta do problema das fezes espalhadas em praças e ruas da capital sergipana. “Em recente estudo da população canina, constatamos que para cada 13 pessoas existe um cão. É uma população razoável e que, em Aracaju, tem se concentrado em apartamentos. Os donos levam os animais para passear e, na maioria das vezes, não recolhem as fezes do animal, o que causa prejuízos à limpeza da cidade e à saúde das pessoas”, destacou. Segundo ela, o mau hábito é contínuo entre os aracajuanos e pode ser verificado com maior frequência nos bairros Grageru, 13 de Julho e Jardins.

 

Programa tímido demais

Vale a boa intenção da coordenadora do programa, mas com todo respeito: a campanha é tímida demais. Pouca gente tem conhecimento da mesma. É preciso divulgar pra valer. Na matéria é citado que a PMA colocou placa de instrução no parque da Sementeira, onde são mostrados os cuidados, entre eles o recolhimento de fezes. E o que estão esperando para colocar placas deste tipo em diversos pontos da cidade? Na matéria a coordenadora anuncia que estão preparando uma parceria com a Emsurb para realizar uma campanha de conscientização. O blog vai aguardar.

 

Bebedouros em bancos

Após a sanção da Lei nº 3.815, que trata da instalação de bebedouros para os clientes nas agências bancárias, o vereador Danilo Segundo (PSB), autor da propositura, quer garantir que ela seja cumprida. Neste sentido, o parlamentar já está agendando para conversar com o presidente do Banese, Saumíneo Nascimento. “Vamos começar pelo Banese, por ser o banco do Estado”, explica o vereador, completando que com a instalação dos bebedouros, os clientes terão mais conforto e um atendimento mais digno nas instituições financeiras.

 

Popularização da ciência I

A Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec) divulgou o resultado final da primeira etapa do Edital ‘Olimpíadas de Ciências e Projetos de Popularização da Ciência’, cujo objetivo é estimular ações de divulgação do conhecimento científico. Foram contemplados sete projetos, ligados a três linhas de atuação, que juntos receberão quase R$ 70 mil para o desenvolvimento de suas atividades.

 

Popularização da ciência II

De acordo com o diretor-presidente da Fapitec, Ricardo Santana, os incentivos concedidos pelo Governo são fundamentais para estimular a divulgação científica de forma continuada. “Através dessas iniciativas, contribuímos para tornar as informações acessíveis aos estudantes e estimulamos os pesquisadores a traduzir o conhecimento em experimentos de interesse da população. É também uma forma de discutir a ciência sob um novo olhar”.

 

SINTESE fechado para atividades externas de 14 a 18 de junho

O SINTESE informa que devido a mudança de sede, não haverá expediente externo dos dias catorze a dezoito de junho. O expediente volta ao normal a partir do 21 na nova sede, situada a rua de campos,107/ próximo ao lado do IPES.

 

Vale oferece 30 vagas para Especialização em Porto

Estão abertas até 11/7 as inscrições para o Programa de Especialização Profissional da Vale, que está oferecendo 30 vagas para o curso de Pós-Graduação em Porto. O programa tem como objetivo especializar profissionais de engenharia para atuarem na cadeia produtiva de mineração. As inscrições podem ser feitas pelo site www.vale.com/oportunidades

 

Visão integrada 

A pós-graduação na área portuária irá contribuir para o desenvolvimento de uma visão integrada das atividades realizadas em portos, permitindo ao profissional uma atuação nos diversos processos de operação e gestão de portos e terminais marítimos. O curso tem carga horária de 360 horas, realizado em aproximadamente 3 meses. Em 2009, a Vale contratou 100% dos participantes das turmas do Programa de Especialização Profissional. Nos últimos dois anos, a empresa formou 390 alunos em três modalidades de pós-graduação: Especialização em Mina, em Ferrovia e em Porto.

 

Requisitos 

Para se candidatar, o profissional deve ter até três anos de formado nos seguintes cursos: Engenharia Civil, Mecânica, Mecatrônica, Elétrica, Eletroeletrônica, Eletrônica, Produção e Automação. É preciso ainda disponibilidade para morar em Vitória, no Espírito Santo, onde acontecerão as aulas teóricas e práticas, e possuir inglês intermediário. Os selecionados receberão bolsa de estudo mensal no valor de R$ 3 mil durante o período do curso.

 

DA COPA

 

Unidades do Ceac: horário hoje, 15, até às 12h45

Por conta da estréia do Brasil na Copa do Mundo, nessa 3ª-feira, 15, o atendimento nas unidades do Ceac (Riomar e Rodoviária Velha) será encerrado às 12h45. O horário de funcionamento especial atende Decreto Governamental que determinou ponto facultativo nos dias de jogos do Brasil na Copa da África.

 

Riomar na Copa

O Shopping Riomar vai alterar o seu horário de funcionamento durante os jogos da seleção brasileira pela Copa do Mundo 2010. Para reforçar a torcida pelo time de Dunga, as lojas do empreendimento estarão fechadas meia hora antes do início das partidas e reabrirão meia hora após o apito final. Hoje, 15, estreia do Brasil na Copa do Mundo, o shopping abre normalmente às 10h, fechando às 15h para o jogo

– que começa às 15h30min – reabrindo meia hora após o término do jogo. O G Barbosa deverá funcionar em horário específico e o Cinemark, conforme programação da rede. Já os restaurantes Ferreiro Grill e Mercado 153 irão funcionar normalmente, inclusive com transmissão dos jogos.

 

Espaço Cultural para bancários na Copa

o Sindicato dos Bancários de Sergipe está montando uma estrutura para que os bancários possam assistir ao jogo do Brasil na sua sede. O primeiro acontece nesta terça-feira, 15, a partir das 15h30. As agências bancárias funcionam hoje das 8h às 14h. Uma boa pedida para os bancários: torcer no sindicato pela seleção brasileira.

 

Abaixo a pátria (de chuteiras) – Clóvis Rossi

 

Artigo de Clóvis Rossi publicado na FSP, para o leitor refletir. Sem emoção.

 

Começou a Copa, começaram as nefandas cenas explícitas de “patrioteirismo”.Nada contra quem gosta de exibir seu fervor a cada quatro anos. Tudo contra a obrigatoriedade de fazê-lo, induzido por um tipo de jornalismo que troca a caneta e, principalmente, o microfone pela vuvuzela. E pela propaganda que diz que só sou brasileiro se for “brahmeiro” e guerreiro.

Que faço eu aqui, que não bebo e ainda por cima sou da paz? Tão da paz que não concebo o futebol como uma guerra de afirmação de uma tribo. É muito mais que isso. É um espetáculo. E, no espetáculo (qualquer um), o fundamental é a beleza, não a cor da camisa que vestem os participantes.

Não faz sentido, para mim pelo menos, torcer para que um filme brasileiro ruim leve a Palma de Ouro em Cannes, se na competição estiver também um filme argentino dos bons (ou iraquiano, ou palestino, ou afegão, para citar apenas tribos que, estas sim, estão necessitando da dose de autoestima positiça que ganhar uma taça traz).

O Brasil, no futebol, não tem mais nada a provar a quem quer que seja. É o único território em que somos, inequivocamente, os melhores do mundo.

Tão melhores que nossos jogadores melhoraram os campeonatos espanhol, inglês, francês, italiano, até turco, meu Deus, ao passo que a ausência deles vampirizou o Campeonato Brasileiro, transformado em cemitério dos elefantes e em território dos que ainda não seduziram os “gringos”.

Não, não sou contra o “patrioteirismo” por achar que só vale quando e se o Brasil algum dia ganhar o mundial de saúde, educação ou equidade. Ou um Nobel. Não é uma comparação válida.

O que realmente me incomoda é que, se o patriotismo é o último refúgio dos canalhas (Samuel Johnson, 1709/1784), ser obrigado a tornar-se canalha a cada quatro anos é uma canalhice.

 

ARTIGO

 

São João e tradição- Waldênia Menezes

 

Guardadas as devidas proporções, o São João está para o sergipano tal qual o Carnaval para o carioca. Porém, há de se observar que muito da essência das festas juninas acabou se perdendo pelo caminho.

 

Quem tem crianças em idade escolar bem sabe … os colégios faziam verdadeiras quermesses nessa época! Qual guri ou até mesmo seus pais não queria arriscar um prêmio na pescaria? Comer um milho cozido, um saquinho de pipoca, pamonha, pé de moleque, todas aquelas delícias tão esperadas durante todo o ano? A quadrilha infantil era o momento mais aguardado: os meninos de “roló” (botina usada pelos vaqueiros sertanejos), camisas novidadeiras e calças com pedaços de retalhos apregados, além do indefectível bigodinho feito de carvão pela mamãe e um belo chapéu de couro para arrematar; as meninas, verdadeiras princesinhas orgulhosamente trajadas de vestidos caipiras com saias bem rodadas feitos da mais autêntica chita, cabelos trançados e calçadas com um legítimo produto do nosso Mercado Central, as “priquitinhas” .

 

Quadrilhas merecem um destaque à parte pela verdadeira exaltação à cultura nordestina que eram àquele tempo. A Rua São João fervia com a disputa, atraindo moradores de toda a capital, quiçá do estado, para acompanhar a disputa pelo título de melhor quadrilha do ano. A preparação começava cedo, os integrantes vertiam lágrimas de sangue por suas agremiações e ao som do trio de sanfona, zabumba e triângulo, eternizados pelo Rei do Baião Luiz Gonzaga, evoluíam pelo tablado e dificultavam o trabalho dos jurados . As torcidas acompanhavam suas quadrilhas com fervor e a final do concurso parecia decisão de campeonato de futebol! Arrasta-Pé, ForróBodó, Chapéu de Couro, dentre outras, demonstravam com seus trajes e coreografias o porquê de tanto amor ao mês de junho pelo nordestino.

 

Forró é sucesso o ano inteiro, mas no mês de junho parece não fazer sentido ouvir outro gênero musical. Quem nunca dançou ao som do Velho Lua, do Trio Nordestino, Dominguinhos? Sanfoneiro que se prezasse tinha de ter em seu repertório clássicos como “Asa Branca”, “Forró Pesado ” e ” De volta pro aconchego”. Quem não tinha par se arrumava sozinho mesmo, pois o bom era dançar pé-de-serra até amanhecer o dia…

 

As famílias se reuniam, às vezes até fazendo mesas coletivas com os vizinhos ao redor das fogueiras. Os adultos conversando, às vezes se arriscando num golinho de quentão e de olho nas crianças com suas chuvinhas e traques “bebé” . Quando as fogueiras estavam em brasas , era o momento das simpatias , dos compadrios . No dia de São Pedro, tristeza. E expectativa para o ano seguinte.

 

Hoje, tudo está mudado. Na escola, as crianças acham que traje junino é uma roupa estilizada que muito remotamente lembra uma roupa caipira e pedem logo “botas de São João”. As professoras ensaiam coreografias country e os pais acham lindo ver seus pequenos se balançando ao som de “Festa de Rodeio”, do cantor Leonardo. E vamos brincar no touro mecânico, nos entupir de hot-dog com refrigerante e mais um semestre escolar é encerrado em grande estilo! As quadrilhas, após campeonatos fora do estado, talvez se sentindo inferiorizadas ,jogaram toda a beleza característica de Sergipe na lata do lixo e passaram a trabalhar em cima de enredos como uma escola de samba ( dá-lhe alegorias e adereços !!! ). Onde andam os trios tradicionais e as músicas de antes? Vêem-se as moças a dançarem com as mãos na cintura e não balançando a saia como dantes e cantando Chiclete com Banana ou a música descartável do momento … Nos megaeventos que se tornaram os shows juninos, em detrimento do forró tradicional dão maior espaço às bandas que tenham músicas que não se diria com o duplo sentido genial de um Genival Lacerda ou a genuína poesia de um Luiz Gonzag , mas àquelas que tenham o corpo de bailarinos mais sensual e que tenham músicas que apologizem ao máximo a tríade “cachaça , cabaré e mulher ” , num nível de letras de fazer corar Nelson Rodrigues . Viva à gente como Alcymar Monteiro e Adelmário Coelho, que vão de encontro a tudo isso e conseguem com dificuldade abrir espaço. Hoje as pessoas mal se cumprimentam, será que ainda vão se reunir à porta de casa? Os fogos se desenvolveram como bombas atômicas e com tristeza vemos as unidades de queimados mais e mais lotadas nessas épocas …

 

Se hoje as festas juninas se desvirtuaram, o que será do São João dos nossos filhos? Será que a tradição virará assunto para os livros e vamos ter de levá-los aos museus para que compreendam a verdadeira essência do mês de junho para o nordestino? Vamos deixar de herança essa patacoada? Reflitamos e voltemos às nossas raízes, urgentemente. Waldênia Menezes.    

 

Participe ou indique este blog para um amigo:

claudionunes@infonet.com.br

 

Frase do Dia

“Sou um pessimista pela inteligência e um otimista por desejo”. Antonio Gramsci.

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários