Dos eleitores e o horário eleitoral

0

É de conhecimento dos políticos e seus marqueteiros que o horário eleitoral em Sergipe tem um diferencial de outros Estados: tem excelente audiência no rádio e baixa influência na TV. Veja o leitor que o blog escreveu “baixa influência”, porque a maioria do eleitorado não define seu voto por conta do horário veiculado nas redes nas emissoras de televisão.

 

Já os programas eleitorais através das emissoras de rádio têm um grande interesse, principalmente daquele eleitor, que não tem o contato direto com os candidatos e, pelos programas, pode reforçar ou até mesmo mudar seu voto que já foi decidido ou não.

 

O mais importante – mesmo que as grandes redes de televisão não gostem – é que o horário eleitoral faz bem para a democracia, mesmo tendo uma disparidade muito grande no tempo dos candidatos por conta da representatividade no Congresso Nacional. Os grandes partidos levam uma significativa vantagem. O horário eleitoral de todos os instrumentos disponibilizados aos candidatos é o mais democrático, principalmente para esclarecimento do eleitorado.

 

O blog defende que cada vez mais a Justiça Eleitoral proíba ações, como por exemplo, carros de som. É uma maneira ultrapassada e que a maioria do eleitorado não aceita e não influencia o seu voto. Assim como acabou com os chamados “brindes”, se acabar com o carro de som fará um “bem danado”.

 

Os dois principais candidatos ao governo de Sergipe começam amanhã, 18, com seus programas (hoje, 17, o horário é para candidatos a presidente e deputado federal) na tentativa de conseguirem o voto de uma fatia pequena do eleitorado que ainda está indecisa. Déda optou pela solução caseira, mas que tem capacidade para realizar campanha em qualquer estado brasileiro: o marqueteiro Cauê. Já João Alves Filho optou por uma equipe de fora do Estado.

 

O importante é que a campanha eleitoral que começou tarde em Sergipe, daqui há duas semanas poderá ter seu rumo definido, de acordo com os números das pesquisas que serão divulgadas após o horário eleitoral. Sergipe saberá se Déda manterá (ou aumentará) os índices de intenção de voto à frente de João Alves, ou se o ex-governador conseguirá dar a volta por cima e embolar de vez a eleição.

 

Divisão do horário eleitoral

Às segundas, quartas e sextas-feiras será veiculada a propaganda dos candidatos a governador  (18 minutos), seguida dos programas de deputado estadual/distrital (17 minutos) e senador (15 minutos).Já às terças, quintas e sábados será transmitida  a propaganda de candidatos à Presidência da República (25 minutos) e, logo depois, a de deputado federal (25 minutos).

 

Tempo

Serão veiculados dois blocos de 50 minutos, de segunda a sábado, sempre às 7h e 12h no rádio e às 13h e 20h30 na televisão, considerado o horário de Brasília. Além dos programas em bloco, serão veiculados 30 minutos diários – seis para cada cargo – em forma de inserções de até 60 segundos, ao longo da programação das emissoras, entre 8h e 24h, inclusive aos domingos.

 

O que não se vê na TV Aperipê

E não é que mesmo com toda propaganda de modernização da TV Aperipê a estatal enviou ofício ao Tribunal Regional Eleitoral – TRE, informando que não tem condições técnicas de retransmitir o programa eleitoral. Sei não! Não tem os mesmos equipamentos das TVs Atalaia e Sergipe? Enquanto isso o governador foi informado que um dos diretores está dando assessoria técnica – através de sua empresa – a campanha de um candidato a senador da oposição.

 

Nota Corrigida – A nota acima diz que “não tem condições técnicas para retransmitir”, na verdade é de ser geradora dos programas. Ou seja, a estatal, tão modernizada, como nos comerciais, tem alguns problemas sérios. (Corrigido às 10h)

 

Certeza da impunidade na PM

E este espaço já denunciou por duas ou três vezes que um veículo gol da PM – desta vez foi o com a numeração 323 – é usado para pegar um aluno na escola Cena, localizado na rua Guarapari, bem próximo a entrada e saída do fundo do Palácio de Veraneio. Ou seja,  bem em frente ao trajeto do governador. E pelo jeito o atual comando não fez nada. O PM continua pegando o estudante usando o veículo público.

 

Sobre a PM de Sergipe

Este espaço está consolidando dados recebidos de toda estrutura da PM de Sergipe. Existem muitos gargalos. Os principais são na parte financeira, onde a autonomia prejudica toda a organização da SSP e o uso dos veículos, cujo controle não existe na prática. É um trabalho profundo que terá até mesmo uma campanha promovida pelo blog para resgatar o respeito a instituição. Dependerá muito da coragem do governador.

 

Coluna acertou de novo

O artigo de ontem, 16, repercutiu muito nos meios políticos. A coluna acertou novamente. Ontem mesmo o blog publicou uma edição Extra com as 4 tabelas com a intenção de votos/Senado da Única. Com a soma das duas opções para o senado, Valadares tem 34,8% e Albano, 29,1%. Hoje o Jornal do Dia deve publicar todas as tabelas. Confira: http://bit.ly/cGnASE

 

Campanha em Moita Bonita

Na noite do último domingo, 15 de agosto, o município de Moita Bonita recebeu o governador e candidato à reeleição, Marcelo Déda, para o comício de Bosco Costa, candidato a Deputado Federal, e Maria Mendonça, candidata a Deputada Estadual. Antes do comício, que aconteceu na Praça Santa Terezinha, a população moitense e os itabaianeses presentes se concentraram em frente à casa de Bosco Costa, e seguiram em caminhada até a sede do Comitê, que foi ali mesmo inaugurado. Toda a movimentação foi acompanhada pela Prefeita Grazielle Costa e por outras lideranças políticas da região agreste.

 

Sobre o movimento 404

Na semana passada o blog publicou uma nota enviada pela assessoria do PSB informando sobre a mobilização realizada pela sociedade organizada com o Movimento 404, em defesa da candidatura de Valadares ao Senado Federal. Entre os que estão participando do movimento, intelectuais, jornalistas, médico, policiais civis e militares, militantes do Astra, de associações de moradores, sindicalistas e advogados membros da OAB. No caso não foi a instituição OAB, como pareceu na nota da semana passada, mais membros da entidade, já que a OAB é apartidária e não se vincula a governos, nem partidos e candidatos.

 

Almeida Lima visita Glória

Dando continuidade às andanças pelo interior do Estado, no último domingo, 15, o candidato a deputado federal Almeida Lima visitou a cidade de Nossa Senhora da Glória. Lá, ele foi recepcionado pela vice-prefeita, Maísa Adriana, e seu marido, o vereador Anselmo Correia, fortes lideranças que o apóiam naquele município do alto sertão sergipano.

 

“Invadiram” o conjunto Orlando Dantas

Lideranças e desportistas “invadiram” literalmente no início da noite de ontem, 16, o conjunto Orlando Dantas. O grupo está fazendo campanha sem a presença de Déda, mas com uma animação grande. A cada dia cresce o número de pessoas nas caminhadas.

 

Pausa

O governador Marcelo Déda faz uma pausa nos compromissos de campanha hoje para cumprir a agenda governamental, na Petrobras, no Rio de Janeiro.

 

Mudança de candidato

Tem um deputado estadual que não é candidato a reeleição que deve anunciar esta semana a decisão de mudar o candidato que apóia para estadual. Tudo porque o candidato escolhido por ele tirou para “Judas” a maior liderança do partido.

 

Comitê I

Foi grande a movimentação na inauguração do comitê de Laércio Oliveira, candidato a deputado federal pelo PR, na noite de ontem em Aracaju.  Com a presença de lideranças e muitos políticos, Laércio defendeu a mesma bandeira que tem defendido nos últimos anos, de trabalhar na Câmara Federal para criar condições para que o país cresça, reduzindo a carga tributária e gerando mais empregos.

 

Comitê II

Antes da inauguração, Laércio Oliveira fez uma caminhada pelas ruas do centro de Aracaju, com a presença de mais de duas mil pessoas. No ato de inauguração do comitê estiveram presentes, o prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Fábio Henrique, os deputados Garibalde Mendonça e Susana Azevedo, vários candidatos a deputado estadual e o ato foi encerrado com o discurso do governador de Sergipe, candidato à reeleição, Marcelo Déda.

 

Satisfação

Os resultados das pesquisas eleitorais relativas à disputa pelo governo do Estado têm deixado o líder do governo na Assembleia  Legislativa, deputado Francisco Gualberto (PT), muito satisfeito. Segundo ele, mesmo sendo resultados de momento, os indicadores que apontam sempre a vantagem de Marcelo Déda são um retrato fiel do desejo do povo. “Estamos trabalhando para que o nosso governador seja reeleito. Nas ruas a gente ouve as pessoas se manifestando a favor da reeleição de Déda. E esses são os sinais de que a população quer ele de volta ao governo. As pesquisas já indicam isso com clareza”, admite Francisco Gualberto.

 

Praça da Liberdade

Nesta terça-feira, 17, às 18h, o vice-governador Belivaldo Chagas fará a inauguração da Praça da Liberdade, no bairro América. Fruto de um investimento que soma mais de R$ 640 mil, a Praça foi erguida em frente à antiga Casa de Detenção de Aracaju, hoje Escola de Gestão Penitenciária do Estado.

 

Infraestrutura

No espaço de 7.350 m² estão dispostos um palco coberto, quadra de esportes com arquibancada, guarita, parque infantil, aparelhos de ginástica, quiosques, além de urbanização com pedra portuguesa, grama, iluminação, bancos, plantio de árvores e estacionamento para motos e 22 carros. A partir da existência da praça, a comunidade contará com mais segurança e uma área propícia para o lazer.

 

2ª Semana da Saúde I

A Associação Brasileira dos Estudantes de Medicina em Cuba (ABEMEC), e a Associação Sergipana dos Estudantes de Medicina (ASEMEC) promovem a partir de hoje, segunda-feira, 16 de agosto, a 2ª Semana de Saúde com estudantes sergipanos. A ação consiste na estadia de estudantes por uma semana na cidade que oferecer as condições logísticas para que o trabalho seja efetivado. Os estudantes visitarão as famílias, promovendo palestras em escolas, interagindo com os profissionais da área de saúde, trocando experiências sobre o Sistema de Saúde Público em Cuba, um dos melhores do mundo, e o Sistema Único de Saúde do Brasil.

 

2ª Semana da Saúde II

A 2ª Semana de Saúde será realizada no município de Umbaúba, no período de 16 a 20 de agosto de 2010. O trabalho de atendimento voluntário será realizado por 10 estudantes sergipanos que cursam Medicina na Escola Latino-America de Medicina (ELAM), em Havana, Cuba, e 05 estudantes da Universidade Federal de Sergipe (UFS) ligados à área da saúde. O projeto conta com o apoio da Central Única dos Trabalhadores de Sergipe (CUT/SE), da Prefeitura Municipal de Umbaúba e do Governo de Sergipe, através do Núcleo de DST/AIDS, que irá realizar algumas palestras sobre o tema.

 

DENUNCIE OS CRIMES ELEITORAIS

Ouvidoria do TRE/SE: (79) 2106-8777. E-mail: ouvidoria@tre-se.gov.br ou ainda por correspondência preenchendo o formulário eletrônico no site www.tre-se.gov.br.O prazo para as respostas às consultas é de 03 (três) dias. Na Procuradoria Regional Eleitoral: Enviar, por correio, a documentação endereçada à Procuradoria da República em Sergipe, situada na Avenida Beira Mar, nº 1064, Praia Treze de Julho, Aracaju/SE, CEP 49020-010: Enviar para o e-mail denuncia@prse.mpf.gov.br ou preencher  formulário site www.prse.mpf.gov.br

 

DO LEITOR

 

Goisinho na campanha de Plínio Arruda Sampaio

Do ex-vereador por Aracaju, Antônio Gois, o Goisinho: A política ainda continua sendo a motivação do ser e do viver na visão da luta de classe. Não confundir com a politicagem e a corrupção do cotidiano que vivemos. Transformaram a política e seus projetos em algo banal ao nível de fazer da função política em mera gerência de negócios. Os programas dos chamados grandes partidos mudam apenas no varejo. O eleitor passou a ser consumidor e aí tem que se gastar milhões para ser eleito a qualquer cargo. As grandes corporações mandam na economia e determinam as regras para os governantes, pois são estes os grandes financiadores das campanhas. A saúde, educação, segurança e a infra-estrutura são os únicos setores que os políticos dizem administrar e se encontram em estado lamentável. Para solução desses problemas, a  única proposta racional, na minha ótica de ver o Brasil e continuar com o meu slogan de campanha: “Coerência e Luta, sempre”, só me resta apoiar PLÍNIO DE ARRUDA SAMPAIO para Presidente da República. Todos aqueles que assim pensam e desejam, entre em contato conosco pelo e-mail: tugois@uol.com.br

Assaltos

Do leitor João Carlos Maynard: “Nobre jornalista Claudio Nunes, gostaria que o nobre jornalista me tirasse uma duvida, a todo instante vejo no noticiários  assaltos a farmácia e casas lotéricas e correios tanto na capital como no interior, gostaria de saber porque os bandidos não assaltam as bancas de jogo do bicho, que nem seguranças tem, muito menos câmera de video, fica simplesmente o apontador do jogo totalmente indefeso e cheio de grana manuseando um certo volume de dinheiro na maior tranquilidade, se o nobre jornalista conseguir me explicar eu ficaria grato, pois estou bastante intrigado com esse fato”.

 

ARTIGO

 

Resposta a uma Carta Aberta de um Ivan, o quase Terrível – Maria Helena T. de Lima

 

      Lastimável o papel ridículo que você protagoniza, porque sabidamente repugnante o seu objetivo. Você não está se prestando a uma boa causa. É muito feio para qualquer pessoa, sobretudo, para um jornalista, fazer o que você está fazendo. O meu marido, Almeida Lima, não vai lhe dar nenhuma outra resposta, além da bem merecida que já lhe deu. Primeiro porque você se apresenta desprezível com esse seu gesto; segundo porque meu marido está em campanha eleitoral, sem tempo, portanto, para a querela que, tenho certeza, ele não arredaria pé em outro momento, além do fato de se perceber que um dos seus objetivos é desviá-lo de suas atividades, que são nobres, e prejudicá-lo nesse processo eleitoral.

 

      Acho ridículo mesmo a tentativa desesperada que você faz para não assumir o papel de algoz nessa história, cujo culpado é unicamente você que não soube se prezar como jornalista, e tentar interpretar o papel de vítima. Pior ainda quando, depois de praticar suas patifarias contra meu marido, se escuda no cós das pregas da saia feminina: uma estratégia ridícula e covarde, própria de homens medíocres que não assumem a besteira que fazem, ou não têm a dignidade e a grandeza de uma retratação, e usam como escudo a própria mulher na tentativa desesperada de que o contendor abra com ela uma discussão e a sociedade comovida saia em sua defesa. Saiba que meu marido não vai morder a sua isca. 

 

      Senhor Ivan Valença, esta é uma resposta a você, e somente a você. E faço-a com o assessoramento de dois dos meus três filhos que, como o pai, também são advogados, pois você não tem o direito de fazer as asneiras que fez e depois fugir deixando em cena sua mulher que nada tem a ver com o que você fez. Assuma e não fuja. Não seja covarde. 

      A calúnia é um tipo delituoso que se caracteriza pela falsa imputação a alguém de um fato definido como crime. A pena é de detenção de seis meses a dois anos, e multa – art. 138 do Código Penal.

 

      Você  escreveu e publicou no Jornal da Cidade, onde assina uma coluna aos domingos, que: “A entrada na undécima hora do senador Almeida Lima na disputa por uma vaga de deputado federal literalmente desarrumou as candidaturas dos postulantes a este cargo, na medida em que o portento entrou na disputa com bala na agulha, ou melhor, com estrutura. O fato é que isto está fazendo as delícias dos cabos eleitorais, sobretudo no interior”.

 

Assim, se prevê para esta eleição, compra, recompra e também re-recompra de votos. Haja ‘munição’. Sem dúvida, esta será uma das eleições mais caras dos últimos anos para deputado federal.”

 

     Pela matéria acima, você imputou ao meu marido um fato definido como crime que é a compra de voto, tipificado no art. 299 do Código Eleitoral, e este fato não é verdadeiro.

 

      Diante da calúnia sofrida, ele exerceu o direito de resposta que foi publicada na edição de 27 de julho passado. Imaginávamos que ela seria o bastante. Não foi! Você insistiu com o assunto na edição seguinte, a da semana passada, embora ele tivesse preferido não lhe dar ouvidos.

 

      Nesse último sábado você voltou a insistir. Como não tinha encontrado solidariedade entre os colegas, ao invocar o conhecido “espírito de corpo”, agora fez uso da assinatura feminina, em quem se escuda, com um texto escrito por você mesmo. Pois bem, a sua distinta senhora não terá de meu marido nenhuma resposta, afinal, ela não o caluniou. As diatribes foram praticadas por você mesmo. Como disse, ele já tinha dado por encerrada esta questão, mas você não aceitou e como demonstra que deseja continuar, agora só resta processá-lo pelo crime de calúnia, cujas providências já estão a caminho.

 

      No mais, quero lhe dizer que genial mesmo é a sabedoria popular! Ela é magistral quando afirma que “a parte mais sensível do corpo humano é o bolso”. Agora é que todos nós percebemos que o que mais lhe incomodou na resposta que ele lhe deu à calúnia sofrida foi ter atrapalhado o negócio da venda de sua locadora à Prefeitura de Aracaju. Mas como você afirmou que a transação ainda não fora concretizada, sugerimos ao Senhor Alcaide, Edvaldo Nogueira, que evite contra si uma Ação Popular e tome, por antecipação ao fechamento do negócio, as seguintes providências: 1 – nomeie especialista para inventariar os títulos (filmes) existentes na locadora a fim de relacionar somente aqueles que denotem interesse público pelos aspectos educativos e culturais e que estejam em bom estado físico; 2 – compare os preços que você atribui com os preços dos produtores e até de outras locadoras; 3 – não comprar aqueles títulos que nada representam do ponto de vista educativo e cultural, a exemplo dos de Xuxa, Karatê Kid, Trapalhões e tantos outros de quarta categoria.

 

      Gostar e conhecer cinema não é privilegio de uns poucos. Cinema é arte popular. A maior de todas.

 

      Alguns diretores de cinema que foram citados pelo senhor são nossos conhecidos, sim! Salvo alguns dos referidos que nos empolgam, também admiramos, desde lá atrás, com Chaplin, Buster Keaton, Mario Moreno (o Cantinflas), passando por Fassbinder (ah… Lili Marlene), Stanley Kramer, o pessoal do Actors Studios de Elia Kazan (exceto sua opção ideológica) ao resgatar o estilo de Lee Strasberger. Amamos Jonh Huston, Cecil B. De Miles por sua grandiosidade. Godard, Truffaut, Chabrol que nos embalaram em suas “novas ondas”. Visconti, Fellini, Tornattore e tantos outros que fazem sim, as preferências minhas e de meu marido.

 

     Além de tudo senhor Ivan, o senhor também não conhece as pessoas.

 

     Por fim, o filme “Blaze, o Escândalo”, nada tem a ver com a personalidade do meu marido. Não somente como político, mas também como marido e pai ele sempre respeitou sua família e a sociedade. Mas quando você desejar se ver no espelho, basta assistir ao filme “O Cheiro do Ralo” de Heitor Dhalia já que você se nomeia um bom cinéfilo. O caráter de Lourenço, personagem de Selton Mello é o seu perfil… e odor!  

 

Maria Helena Tavares de Lima – esposa do senador Almeida Lima

Blog no twitter: www.twitter.com/blogclaudionun

Frase do Dia

“Em política, a comunhão de ódios é quase sempre a base das amizades.” Charles Tocquevile.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários