Enquanto um fugiu, outro desistiu

0

O debate de ontem, 04, da TV Sergipe, não serviu apenas para fortalecer as posições políticas de cada candidato a prefeito de Aracaju, mas também para revelar estilos bem definidos de relacionamento com  o eleitor.

Almeida Lima foi o responsável pelos dois pontos altos do debate. Um logo no inicio, quando aproveitou uma pergunta de Vera Lúcia para se solidarizar com Marcelo Déda e chamar João de mentiroso por conta da desculpa de não ir ao debate. Foi duro e desrespeitoso ao chamar João de decrépito e de que ele está fraco física e psicologicamente. E foi correto quando avaliou que a verdadeira justificativa é que João não quer falar sobre os processos de corrupção que responde.

E o Almeida raivoso de todo o debate se transformou quando nas considerações finais quase chorou ao anunciar que estaria desistindo da candidatura e ainda hoje apresentará o documento a Justiça Eleitoral. Na verdade, o que Almeida não quer entender que o eleitorado foi quem deu um recado direto que “desistiu” dele como político.

A candidata Vera Lúcia surpreendeu a todos com sua falta de firmeza nas respostas. Pela primeira vez, de todas as que disputou um mandato majoritário (duas p/ o governo e duas p/ a prefeitura), Vera Lúcia mostrou-se imatura, chegando a gaguejar no início e perdida em algumas respostas. Com uma maquiagem forte e brilhosa, Vera passou a impressão que mudou o discurso  para agradar uma parte do eleitorado e acabou deixando de lado sua firmeza e o seu perfil ideológico.

O candidato Valadares Filho foi o mais criticado pelos adversários. Na verdade boa parte das criticas não foram direcionadas a ele, mas ao senador Valadares e ao grupo que faz parte.  Mostrou o mesmo bom desempenho do debate da TV Cidade, lamentou a ausência de João e foi solidário a Déda, mas poderia ter aproveitado o tempo para direcionar criticas mais fortes ao seu principal adversário o candidato do DEM. Foi redundante em algumas respostas.

O candidato do PV, Reynaldo Nunes, começou perdido sem olhar para a câmera. Tem um desempenho fraco no vídeo apesar de ter conhecimento do que fala, mas não deve ter frustrado a parcela pequena do seu eleitorado.

Quanto a João Alves, que fugiu do debate, a cadeira vazia não foi explorada em sua totalidade pelos adversários que podiam fazer uma pergunta em cada um dos cinco blocos direcionadas para ele. Apenas em dois blocos os adversários tiraram proveito da situação. Almeida questionou João sobre sua falta de preocupação com a educação já que durante três mandatos de governador e um de prefeito biônico só construiu uma unidade em Aracaju, a Escola Freitas Brandão. Já Vera Lúcia questionou João sobre o retorno do projeto Pró-Mulher que segundo ela expõe a dignidade das mulheres trabalhadoras num mutirão da violência.

O debate serviu para que boa parte do eleitorado indeciso tome sua decisão. Não se pode prevê se João perdeu algum percentual do seu eleitorado ou até mesmo Vera Lúcia que foi a maior decepção de todas.

Se João tivesse comparecido ao debate perderia menos. Num debate com aquele formato, mesmo com todas as agressões de Almeida Lima, com a experiência que tem, João poderia tirar proveito da situação.

E a desculpa de que já mostrou suas propostas no horário eleitoral não convém. Foi uma incoerência achar o debate com os candidatos a prefeito inócuo e ao mesmo tempo o programa do seu assessor de comunicação na TV Cidade, Batalha na TV, realizar um debate com os candidatos a vice-prefeito. Dois pesos, duas medidas. Lá Machado apareceu.

Está claro que, se eleito, João não vai governar Aracaju, vai deixar que seu vice, Machado, seja o prefeito de fato na prática. Quem deseja ser prefeito não pode ter medo de se expor, de enfrentar o debate e qualquer adversário.

Quem quer ser prefeito não pode ter medo de encarar o eleitor e muito menos de governar.

Mediadora
Mesmo com toda experiência a mediadora do debate, a jornalista Poliana Abrita, mostrou-se perdida em vários momentos. Em um deles chegou a ter que “aprender” a ordem das perguntas com a candidata Vera Lúcia. Foi assim no último debate com a jornalista Delis Ortiz. A TV Sergipe tem em seus quadros excelentes jornalistas que dariam conta do recado com imparcialidade e capacidade.

Compra de votos na Avenida “P” no conjunto Augusto Franco
A Polícia Federal vem investigando uma série de denúncias de compra de votos em bairros importantes de Aracaju. Ontem, 04, a informação é que uma liderança estava preparando pessoas para a chamada “boca de urna” para votar em uma candidata a vereadora. Um popular fez a denúncia e a PF colhe provas para enviar a Procuradoria Regional Eleitoral que deve pedi a condenação da candidata. Pode anotar: tem muito candidato que pode ser eleito este ano, em vários municípios, mas depois não levar por conta das denúncias de compra de votos.

Transferência de seções em Aracaju
É muito grande o número de seções eleitorais que tiveram mudado o seu local, nas eleições do próximo domingo. Pode-se considerar, até mesmo, um absurdo, o fato de só agora ter sido providenciada a divulgação dos novos locais, com seus respectivos endereços. O que vai prejudicar, sensivelmente, os eleitores. Tudo isso vai na contramão do objetivo maior em um pleito, que é garantir o maior número possível de eleitores participando. E tem mais: há mudanças que estão sendo anunciadas com o novo endereço do local incompleto.

Porte de arma com numeração adulterada é crime inafiançável I
O blog foi informado e tentou obter ontem,04,  uma cópia de um Boletim Ostensivo (se é que foi feito) na SSP por conta de quatro policiais reformados que foram encaminhados a uma delegacia porque se encontravam em atitude suspeita numa caminhonete em frente ao edifício em que mora o desembargador Luiz Mendonça, que já foi vitima de um atentado.

Porte de arma com numeração adulterada é crime inafiançável II
Segundo as informações recebidas os policiais reformados são seguranças de um empresário e chefe de uma “organização política” (o blog aguarda o BO para publicar os nomes). O problema é que eles  estavam com armas adulteradas e mesmo assim foram liberados. É crime qualificado de porte ilegal de arma de fogo majorado pelo fato da numeração está adulterada. É crime inafiançável. O porte de é para arma devidamente registrada. O blog continuará em busca de mais informações, mas a SSP deve explicações a sociedade.

Crime Organizado. Para reflexão
“Quem se alia ao crime organizado certamente corre o risco de ver seu sangue correr pela terra em razão da vingança de um chefão ou até mesmo de um açougueiro”. De Clóvis Barbosa, no seu artigo “O Açougueiro de Chicago”, publicado no JC de domingo. O blog entendeu que não é um recado para ninguém e é para todos…

Edvan Amorim: “Temos o propósito de eleger João Alves em Aracaju”
Em resposta as notas publicadas neste espaço ontem, 04, o presidente do PTB, Edvan Amorim, falou na tarde de ontem. Sobre seu relacionamento político com o candidato a prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), Amorim afirma que esteve essa semana com João por três vezes. “O meu contato é eu e ele mesmo, não há intermediários entre as partes”, disse.

Compromissos honrados
Segundo Edvan Amorim não há nenhum tipo de descarte. “Não deixamos de honrar os nossos compromissos com a campanha de João Alves. Tenham certeza que iremos até o fim. Ainda nesta quinta o senador Eduardo Amorim esteve em reunião com os vereadores do grupo de João. É infundada a informação que rompemos ou que vamos trabalhar contra eles. Eles sabem que estamos unidos”, afirmou Amorim.

Propósito
Edvan Amorim afirmou, ainda, que todos os vereadores, pertencentes ao agrupamento, continuam concedendo apoio integral à coligação. “Não desagarramos um só minuto da campanha de João Alves, em Aracaju. Vale ressaltar que temos um grande propósito, eleger quem está em primeiro lugar nas pesquisas”, informou Edivan Amorim.

Laranjeiras: Justiça Eleitoral recebe mais uma denúncia contra Juca de Bala
Tendo como prova uma gravação em CD, testemunhas entregaram ontem a Justiça Eleitoral na cidade de Laranjeiras, uma denúncia contra o candidato Juca de Bala (PMDB).  Desta vez a denúncia gravada no CD mostra a prefeita Yone Sobral e o vereador Luciano Santos, presidente da Câmara liberando servidores municipais para trabalharem em tempo integral na campanha do seu partido. Os advogados estão pedindo na Justiça a cassação dos registros das candidaturas de Juca de Bala e Zé Bodega, o candidato a vice.

Trabalho em posto de combustível
Os servidores públicos  Manoel Carlos dos Santos, diretor-geral da Camara de Vereadores e Ubiratan Alves Ferreira, assistente-administrativo do gabinete do vice-prefeito, o próprio candidato Juca, são acusados de darem expediente a partir das 8H30 de todos os dias no Posto Madre de Deus onde ambos distribuem ordens de abastecimento de combustível  para todos os carros de som da coligação e os carros particulares do candidato a prefeito Juca de Bala e do candidato a vice-prefeito Zé Bodega.

Provas
Diversas filmagens e fotografias foram enviadas à justica como provas dos crimes eleitorais praticados. Em uma das cenas o diretor da Câmara Manoel Carlos aparece exibindo para o empresário Pepa, irmão de Juca, sem o menor pudor o Controle de Abastecimento da prefeitura. Numa denúncia anterior o candidato foi acusado de compra de votos com material de construção e dinheiro e, segundo as testemunhas, no CD, aparece a voz do candidato confirmando a prática do crime eleitoral.

Denúncias de crimes eleitorais
Quem deseja denunciar crimes eleitorais pode seguir dois caminhos: A Procuradoria Regional Eleitoral que  funciona na sede do Ministério Público Federal, localizada na Avenida Beira Mar, nº 1064, Bairro Treze de julho em Aracaju. O telefone para denúncias é o 3301-3777. A população também pode fazer denúncias de crimes eleitorais à Polícia Federal e, nos municípios onde a Polícia Federal (PF)  pelo telefone 0800 – 2844565.

Cehop: manutenção do plano de saúde
O governador em exercício, Jackson Barreto recebeu no final da manhã desta quinta-feira, 04, representantes da Associação de Servidores da Companhia Estadual de Habitação e Obras.  Na ocasião, Jackson reafirmou o compromisso do governo na manutenção do plano de saúde dos funcionários do Órgão. Atualmente, o plano é pago pelos servidores e pela Cehop, que repassa 3,5% da folha . “A CGE tinha uma forma de pensar que não correspondia ao pensamento geral do governo. O próprio governador Marcelo Déda já tinha conversado com o Controlador e dito que queria um final para esse problema”, informou.

Relacionamento positivo
A presidente da Associação, Maria Auxiliadora ressaltou  o bom relacionamento que Jackson Barreto mantém com os servidores públicos. “Há muito tempo que o governador Marcelo Déda e Jackson Barreto acompanham os servidores da Cehop. Antes de viajar, Déda já havia decidido pela manutenção do plano de saúde. O problema foi resolvido e estamos agradecidos ao governador Marcelo Déda, ao governador em exercício Jackson Barreto e aos secretários Oliveira Júnior e Valmor Barbosa”, disse.

Invasão de Camelôs

Os ambulantes estão invadindo o centro de Aracaju. Esta semana o presidente da ACESE ligou pessoalmente para o presidente da EMSURB Fábio José Silva, pedindo providências. Apesar da constante presença de fiscais do órgão municipal, os ambulantes estão tomando conta dos espaços públicos aqui no centro, e em alguns lugares da rua José do Prado Franco e Santa Rosa, fica impossível a passagem de veículos e até de pedestres. O presidente avalia que a fiscalização deve ser permanente. "Não adianta os fiscais passarem aqui uma vez por dia e pronto. É preciso uma ronda permanente para evitar isso. Aqui na porta da ACESE eles estão vendendo de fruta a vestimentas. Isso é absurdo!".

Cohidro funcionará com seções eleitorais. Sem expediente nos dias 05 e 08
A sede Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (COHIDRO), em Aracaju, abrigará as seções eleitorais 254ª a 262ª nas Eleições do próximo domingo, 07. Por esse motivo, informamos que não haverá expediente nos próximos dias 05 e 08. Já os perímetros irrigados distribuídos nos municípios funcionarão normalmente. Na terça-feira, 09, os trabalhos serão retomados normalmente.

Exposição 20 anos TRT-SE
Uma exposição marcará o início das comemorações dos 20 anos de instalação da Justiça do Trabalho em Sergipe. A mostra reunirá fotografias, peças e objetos do memorial da instituição e acontecerá no Shopping Riomar de 15 a 30 de outubro. Durante quinze dias, a população terá a oportunidade de conhecer como aconteceu a instalação e a consolidação do Tribunal Regional do Trabalho de Sergipe (20ª Região) como um dos mais atuantes do País. Desde a desassociação do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (5ª Região), estruturação e evolução, até os dias de hoje, onde a celeridade e o Processo Judicial Eletrônico são referências.

Flagrantes Esportivos
Ridículo Inominável – O problema de iluminação, ou seja, de falta de iluminação causado por uma pane no gerador do estádio em que seria realizado o jogo Argentina X Brasil, na última quarta-feira, na decisão do chamado SUPERCLÁSSICO DAS AMÉRICAS foi um verdadeiro vexame. Depois de esperar uma hora, o árbitro acabou por desistir de iniciar a partida, acolhendo a opinião dos dois goleiros, o brasileiro e o argentino. Os torcedores, coitados, voltaram para casa frustrados. Se tal fato acontecesse em nosso país, principalmente no Nordeste, as críticas seriam absolutamente severas. Para completar, o segundo jogo da antiga Copa Rocca foi levado para a cidade de Resistência por motivos estritamente políticos. A presidente Cristina Kirchner foi quem determinou o local da partida, atendendo a seus interesses políticos pessoais. Tendo sido alvo de comentários desairosos antes do jogo, claro que a presidente do país “hermano” ficou numa situação terrível. Como se sabe, misturar política com futebol quase sempre dá problema. O curioso é que no Brasil também houve apagão em várias regiões, inclusive em Brasília, o que se repetiu no dia de ontem. /// COMPREENSÃO – Embora tivesse estranhado a posição de Gênisson Silva, presidente do Sergipe, que assistiu às tratativas sobre a fórmula do campeonato, em Fortaleza, e não se manifestou, o presidente Luís Roberto, do Confiança, afirmou que aceita discutir o assunto e que acatará a decisão da maioria. O principal tema em foco é a não participação do Confiança e do Itabaiana no primeiro turno do certame, em 2013. /// Kaká deu um show na última partida do Real Madrid, pela Copa da UEFA. O craque brasileiro afirmou que ficou muito alegre com sua convocação para a seleção brasileira.

Curtas
É bastante tensa a situação envolvendo a Turquia e a Síria. /// Lewandowski absolveu José Dirceu, afirmando que não há provas contra o ex-ministro e deputado federal. /// Na reta final, ocorrem muitas mudanças nas pesquisas eleitorais. /// Guerra religiosa toma conta do pleito em São Paulo. /// Operador Nacional do Sistema Elétrico faz reunião para solucionar problema dos apagões. /// Sabatina de Belivaldo ficou, mesmo, para depois das eleições. /// Itaú Unibanco anunciou investimento de 10,4 bilhões de reais em tecnologia até 2015. /// Israel X Irã – as ameaças recíprocas endurecem o caminho das eleições dos Estados Unidos. /// Sucessor de Obama será conhecido no dia 6 de novembro. /// Uruguai a um passo de legalizar o aborto. /// Em 18 meses de revolta na Síria, já morreram 35 mil pessoas.

PELO TWITTER

www.twitter.com/Adalberto_Prof O indivíduo infiel é tão perigoso como o mentiroso. Ambos são fracos, ingratos e constroem castelos sem fundações. Textos Judaicos.

www.twitter.com/AdemarQueiroz Aguardo o dia em que verei candidatos registrarem programas de governo em cartório e excluídos da vida pública ao não cumprirem compromissos.

www.twitter.com/sergioalves1 Em maus momentos, quando levanto, olho pro céu e digo a mim mesmo: a vida é um ciclo e essa tempestade vai passar!

www.twitter.com/mc_jornalista Isso é que dá jogar em campo de várzea! A Seleção Brasileira, 14ª do ranking, nem nos tempos da pelota de couro esteve tão desprestigiada.

www.twitter.com/gildasio2002 Estava na Orla Fazendo meu cooper e quem passa por mim na maior velocidade: Dr. João. Em seguida passa o DEBATE na mesma velocidade. kkkkk

www.twitter.com/frednavarro "Onça, quando dá o bote, é porque já olhou tudo que tinha de olhar." Sagarana, João Guimarães Rosa

DO LEITOR

A Incoerência do eleitor
Do sindicalista Joseilton Nery Rocha (joseiltonnery@yahoo.com.br): “Em geral, os seres humanos são contraditórios, no conteúdo e na essência de suas práticas, em diversos momentos da vida. Muitas vezes cobram determinadas atitudes aos seus semelhantes, porém atuam diferentemente, conforme suas conveniências particulares.

Agora, durante o processo de eleições municipais, essa atuação se consolida. O cidadão, o eleitor, se indigna contra a corrupção que assola o país. Cobra providências da Justiça, reclama dos parlamentares, provoca os prefeitos, discute com os amigos. Contudo, na hora de votar, não exerce o seu legítimo e sagrado direito político, em consonância com o seu discurso. Falta-lhe coerência. Neste instante, ouço nas ruas, no trabalho e nos bares, pessoas aplaudindo em êxtase os resultados do julgamento do processo do mensalão, como popularmente conhecido, a Ação Penal 470, no Supremo Tribunal Federal (STF). Dizem “esses ladrões devem ir mesmo para a cadeia.”. “Que devolvam o dinheiro roubado do povo.”. Todavia, em Aracaju, estamos na iminência de elegermos um prefeito denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF), a partir de provas cristalinas e contundentes, aguardando julgamento no Superior Tribunal de Justiça (STJ), exatamente por diversas e gravíssimas irregularidades administrativas, praticadas durante o período em que esse candidato a prefeito exerceu o cargo de governador de Sergipe.

Alguns desses cidadãos, alguns desses eleitores, que aplaudem entusiasmados o julgamento dos réus do mensalão, contraditórios, incoerentes, votarão num candidato a prefeito denunciado pelo MPF e em preparativos finais para ser julgado no STJ, por recebimento de propinas da Construtora Gautama e enriquecimento ilícito, relativos ao contrato da execução da obra da Adutora do Rio São Francisco, permitindo ainda que seu filho tivesse exercido atos próprios de gestores públicos, sendo um empresário da iniciativa privada. Ressaltar que mais outros processos ainda poderão vir à tona.

Por isso, o MPF pede ao STJ a condenação dos réus, pai e filho, bem como suas empresas, enquadrando-os na Lei de Improbidade Administrativa e a devolução de corrigidos 78 milhões de reais obtidos ilicitamente, isto é usurpados da coletividade, do bem comum, do interesse público, além da suspensão de direitos políticos por 10 anos e perda da função pública, entre outros itens. De repente, poderemos ter não o prefeito eleito, mas o vice que fora vice-governador que assinou a privatização da Energipe, ainda não bem explicada.

Então, diante do cometimento de tão graves ilícitos por um governador, no momento em que organismos das mais altas cortes da Justiça, a OAB e outras sérias instituições pregam o voto limpo, que escolha candidato Ficha Limpa, que não se venda o voto, como explicar que o cidadão aracajuano queira um prefeito para Aracaju enroscado com as barras da Justiça até o pescoço, exatamente por práticas tão condenáveis quanto àquelas executadas pelos réus do mensalão?
Que Freud, então explique! E, ironia à parte, que o STJ seja célere e ágil no julgamento e condenação também dos réus do mensalinho da Gautama. É o que a sociedade almeja e espera. Pelo menos, a parte que prega a coerência”.

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
“Engolimos de um sorvo a mentira que nos adula e bebemos gota a gota a verdade que nos amarga”.
Denis Diderot, filósofo e escritor francês, um dos criadores da "Enciclopédia" nasceu em 05 de Outubro de 1713 e morreu em  1784.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários