Estudar e trabalhar

0

“Com o avanço da inteligência artificial, muitos profissionais não apenas ficarão desempregados, como também não serão mais empregáveis”
Yuval Harari autor do livro 21 Lições para o século XXI.

Com uma certa regularidade escutamos que: “estudar é um serviço pesado”. Analisando esta afirmação e refletindo seu conteúdo, certamente vamos concordar que, ao estudarmos, para aprender e para que tenhamos o proveito desejado, que é adquirir conhecimento para a vida, certamente que dá um pouco de trabalho. Mas é o trabalho mais compensador que há. Aliás, somente o trabalho dignifica o homem. Porém, fazemos questão de justificar a nossa preguiça com o injustificável: preencher o nosso tempo de estudar com coisas que em nada acrescenta.

Cuidado! O tempo só tem ida, não tem volta. Passou, passou. Estudou, estudou. Aprendeu, aprendeu. Não estudou e nem aprendeu, dançou. O futuro vai chegar já e o que você não aprendeu agora vai fazer uma falta danada. Pergunto: o que você quer para seu futuro? Viver a mesma vidinha do agora? Ou, pior ainda, pois hoje ainda comporta funções “medíocres”, exercidas por aquele que diz ‘eu não estudei’, mas sou muito bom nisso ou naquilo. Quero avisar que ACABOU A VAGA DO BOM. Já chegamos à excelência. Chegamos ao ponto em que o mercado pode escolher entre o bom e o excelente. Você acha que vão querer o BOM se tem o mais qualificado, o EXCELENTE? Acredite, como disse, acima, Yuval Harari: “…muitos profissionais não apenas ficarão desempregados, mas não serão mais empregáveis…”.

Como é que você está se preparando para enfrentar esta situação? Tem muita gente, às vezes do outro lado do mundo, preparando-se muito bem para tomar a sua vaga aqui, no nosso sagrado lugar. Vou fazer-lhe uma pergunta? Quantas horas você estuda por dia? Sim, não estou falando das mirradas 4 horas que você passa na escola não. Estou falando de quantas horas você lê, memoriza seus conteúdos recebidos na escola, faz e refaz até aprender os seus cálculos, resolve satisfatoriamente os seus problemas, estuda, enfim…, mas em casa ou numa biblioteca. Quantas horas você trabalha fazendo isso por dia?

Não responda para mim. Responda pra você mesmo. De sã consciência, você acha que este tempo que você estuda é o suficiente ou você tem que ler mais? A título de esclarecimento, vou repetir aqui um pequeno trecho de um artigo publicado no G1 sobre o trabalho do estudante Chinês: “Além de passar a manhã e a tarde na escola, os alunos da China estudam em casa quase três vezes mais que a média mundial. A maioria gasta em média 13,8 horas diárias fazendo lição de casa, segundo o governo chinês. A média mundial é de 4,9 horas”. http://g1.globo.com/educacao/noticia/2013/12/lider-em-educacao-china-faz-aluno-estudar-tres-vezes-mais-que-o-resto.html

Pelo seu bem, comece a ler mais, a estudar mais e melhor. Afinal é você quem vai viver com ou sem o conhecimento que pode adquirir, aos poucos, agora. Não esqueça os seus mantenedores, seus pais, partirão daqui a algum tempo, é natural e, é você quem terá se manter, sozinho. PENSE NISSO, SUCESSO.

Comentários