Formalização como micro-empresário

0

Em meio à crise, o número de pessoas que buscaram formalização como micro-empreendedores individuais, cresceu em Sergipe.. Entre os meses de março e maio, 3.246 pessoas optaram por se formalizar, um crescimento de 42,7% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 2,210 empreendedores realizaram o registro. O levantamento foi realizado pelo Sebrae com base nos dados disponibilizados pela Receita Federal. Atualmente, o Estado conta com 63.883 MEIs. Entre as atividades que concentra o maior número de profissionais estão o comércio varejista de artigos de vestuário (5.828), cabeleireiros (5.472), promotor de vendas (2.343), comércio varejista de mercadorias em geral (2.167) e lanchonetes (1.819). Um dos motivos que contribuiu para esta alta foi o aumento dos desemprego entre os sergipanos no período.

Segundo dados do Ministério da Economia apenas em abril 4.833 vagas foram fechadas em Sergipe. Nos quatro primeiros meses o saldo de 9.486 demissões. As pessoas que perderam o emprego vão precisar de uma nova fonte de renda e por isso muitas dessas pessoas estão buscando o próprio negócio. É um fenômeno que chamam de empreendedorismo por necessidade.

Os chineses

O Presidente Bolsonaro tem lá suas razões quando diz que a China não quer comprar DO Brasil, mas preferem comprar O Brasil. Vários Estados brasileiros estão vendendo seus bens mais valiosos aos chineses. Isso eles, nem João Dória, divulgam. .Somente quando acabar estes mandatos é que se vai conhecer o tamanho do estrago. Os Estados de São Paulo e da Bahia parecem liderar estas vendas. Mas há compras valiosas em outros também.De pouquinho em pouquinho a coisa vai ficando feia. E reverter o estrago vaia ser muito difícil, depois…

Consórcio Nordeste

Deputados da Oposição em Sergipe apresentaram na Assembleia Legislativo um projeto de lei que tem o objetivo de retirar o Estado da condição de membro do Consórcio Nordeste, uma entidade formalizada para buscar soluções viáveis para vários setores produtivos da região. Mesmo não sendo colocado em votação, ainda, o referido projeto, o deputado Francisco Gualberto já adiantou sua posição contrária a proposta. “Com todo respeito aos autores e a quem concorda como o projeto, digo que é preciso perder que vivemos um momento muito difícil da economia, notadamente do ponto de vista orçamentário, principalmente por causa dessa pandemia”.Gualberto considera o Consórcio importante.Elogiou as ações do Consórcio em aspectos diferenciados da política.

Comediante

No dia em que deixar a política, ou a política deixá-lo, o Sr.Roberto Jefferson terá lugar garantido em algum programa de humor, na televisão, no rádio ou até mesmo no teatro. As redes sociais divulgaram um tape dele, fazendo uma análise do governador de São Paulo, João Dória, que é uma excelente peça de humor. Diz ele que seu corpo é todo desproporcional, embora as calças privilegiem a “popinha”. Segundo Jefferson, Dória á uma fake news completa a acabada desde o dia que nasceu. “Tudo nele é falso, agora virou comunista. É, no momento, agente de negócios do Partido Comunista Chinês e está ganhando muito dinheiro com isso”.

Manifestações

Já se prevenindo para as manifestações populares que ocorreriam a partir das dez horas da manhã, logo cedinho ainda de madrugada o governador Ibanez Rocha, fechou a Praça dos Três Poderes que era para não entrar ninguém. Ainda por cima, botou na praça a sua polícia armada até os dentes para evitar invasão. Quando a turba ignara começou a chegar ficou indignada com a proibição. E aí Ibanez que é conhecido pelo apelido de Me Engana foi vaiado à exaustão. Mesmo com toda a farta proibição ainda assim houve manifestação em Brasília.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários