Lagoa Azul (SE): Banho em meio aos tambaquis

0
Água transparente e barraca dentro dela. Foto: Sílvio Oliveira

Você já imaginou dar comida a peixes enquanto um cardume de outros menores o circula? Na Lagoa Azul, também denominada de Lagoa dos Tambaquis, é possível. O balneário localizado no Litoral Sul de Sergipe, no município de Estância, atrai cada vez mais visitantes em busca de lazer e do contato com a natureza.

A infraestrutura ainda é rústica, mas vale a pena principalmente se o passeio for feito com crianças. Há um bar e um restaurante para servir os visitantes, um deles disponibilizando mesas e cadeiras à beira da lagoa. Caso chegue cedo, uma cobertura de palha dentro da lagoa reserva quase que um SPA natural. E banhar-se nas águas claras é um convite ao relaxamento em contato com a natureza.

A dica é pedir a atendente do bar a famosa comidinha para alimentar os peixes. Um cardume de pequenos representantes do local nem precisa ser alimentado e já dar o “ar da graça” rodeando o visitante e dando pequenas mordiscadas em parte do corpo coberto pela água. Não demora muito e os representantes mais ilustres chegam a beirar a lagoa. São os grandes tambaquis que fazem a alegria da criançada e dos visitantes.

Tambaquis são companhias. Foto: Sílvio Oliveira

O banho em meio aos peixes é uma atração. As águas claras da lagoa também. Mas caso o visitante queira, no espaço também tem reserva de passeio de bugre pelas dunas da praia do Saco. Há também passeios de lancha a Mangue Seco ou até mesmo um passeio a cavalo pela fazenda que circunda a lagoa.

A região lacustre e praiana ao mesmo tempo permite degustar do que a gastronomia local tem para oferecer. É só consultar o cardápio e apreciar o catado de aratu ou de caranguejo. Até mesmo o caranguejo servido cozido com vinagrete. Há também caldos de mariscos ou peixes e quem sabe até uma carne de sol acebolada.

O passeio está completo com banho de lagoa em contato com a natureza, sombra e água fresca. Mais adiante ficam as praias do Abaís e do Saco, duas preciosidades do litoral sul de Sergipe. É só escolher o dia e seguir estrada porque a Lagoa dos Tambaquis lhe aguarda.

Bar a beira da lagoa. Foto: Sílvio Oliveira

Dicas de viagem

  • O local fica numa propriedade participar e paga-se R$ 3,50 para ter acesso à lagoa. O custo/beneficio praticado nos preços dos pratos e das bebidas é bem interessante.

  • Para chegar até a lagoa partindo de Aracaju, o turista deverá percorrer a rodovia dos Náufragos, uma estrada agradável à beira-mar. Ainda na rodovia, após o Condomínio Portal dos Trópicos, deve-se seguir o entroncamento à direita, segue-se até o final da avenida Domingos Maia, vira-se a esquerda e segue em direção a ponte Joel Silveira. A rodovia SE 100 lhe aguarda para completar o percurso de quase 40km até chegar o primeiro posto de fiscalização da Polícia Estadual. Logo após há um posto de combustível e uma placa para virar à direita.

  • A visita a Lagoa Azul pode ser feita no mesmo dia de visita às praias da localidade. O Saco e o Abaís ficam pertinho e concentram bons passeios por dunas, restingas e praias.

  • É possível fazer um bate-volta partindo de Aracaju. Porém, a região da praia do Saco tem atraído bons restaurantes e há disponibilidade de boas pousadas para pernoitar ou passar um final de semana na região.

Gastroterapia

Cocada
Catado de aratu na palha

O catado de aratu cozido na palha da bananeira e as cocadas são bem apreciados por quem visita o litoral sul de Sergipe. As doceiras fazem cocadas à base de castanha de caju, de amendoim, a tradicional de coco branco e até com goiaba e doce de leite. As cocadas brancas com raspa de coco são bem tradicionais, mas tem a cocada com coco queimado e leite também. Não pense na dieta ao apreciá-las. Com certeza o bom mesmo é comer sem culpa, apreciando cada raspinha do coco. A cocada de castanha de caju é uma guloseima dos deuses.

Na Bagagem

Rio de Janeiro e acessibilidade

Os pontos turísticos do Rio de Janeiro (RJ) estão passando por total readequação da acessibilidade para deficientes físicos. A previsão é que em julho de 2016, todos os cartões-postais da cidade estejam prontos para receber todos sem distinção. A praça Mauá, localizada no zona porturária da cidade, ganhou também um pórtico de Cidade Olímpica e completa reestruturação.

Rua do Ouvidor

Em visita ao Rio de Janeiro não deixe de ir no fim de tarde dar uma conferida nos bares e restaurantes da Rua do Ouvidor e Beco do Teles. Bons grupos de samba se apresentam na localidade, considerada como um reduto bem típico do carioca.

Museu da Gente Sergipana

O Museu da Gente Sergipana realizará de 22 a 27 de setembro a 9ª Primavera dos Museus. O tema será ‘Museus e Memórias Indígenas’ e haverá exibição e roda de conversa sobre o filme ‘O Povo Xokó’, da produtora audiovisual Gabriela Caldas; apresentação teatral dos espetáculos ‘I-Juca Pirama’ e ‘Programa de Índio’ seguidas de rodas de conversa, exposição ‘Herbário Xokó’, composta por plantas medicinais utilizadas pelo povo Xokó de Sergipe, além da ação educativa ‘O que eu pesco com meu Jereré’, jogo educativo sobre a memória e a cultura Xokó, realizada pelos educadores do Museu da Gente.

Centro Cultural de Aracaju

A partir do mês de outubro, o Centro Cultural de Aracaju (antiga Alfândega), unidade da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), passará a funcionar também aos sábados, das 9h às 14 horas. Durante a semana o prédio continua no horário habitual, das 9h às 17h, com exceção das segundas-feiras, pois estará fechado.

Parque da Cidade pouco divulgado

Instalado em uma reserva de mata atlântica, o Parque da Cidade de Aracaju funciona como mini zoológico e conta com um teleférico, mas ainda falta melhorias turísticas e divulgação. A área poderia ser melhor utilizada por ser ter uma agradável vista panorâmica de Aracaju.

Vale a pena conferir

Morretes (PR), cidade histórica que abriga um agradável conjunto arquitetônico, é uma agradável surpresa no sul do país. A ida de trem partindo de Curitiba, além da degustação do Barreado, prato típico da cidade, completam um dos principais destinos do Paraná.

Leia mais: www.facebook.com.br/tonomundo
Contato: silviooliveira@infonet.com.br

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais