Moro vai para o STF

0

Entre outubro e novembro deste ano, o ministro mais antigo do STF (Supremo Tribunal Federal), Celso de Mello, pretende se aposentar abrindo portanto uma vaga para preenchimento pelo Presidente Jair Bolsonaro. E ele já anunciou quem vai ser o substituto de Celso de Melo: será o ex-juiz da Lava Jato e atualmente ocupando o Ministério da Justiça, Sr. Sérgio Moro, aquele mesmo que um dia disse que chegar ao STF era um golpe de muita sorte. Pois a sorte bateu em sua porta. Nada pode dar errado a partir de agora: Sérgio Moro será Ministro do STF antes do final deste ano.

MP extingue cargos efetivos

A Assembleia Legislativa pode ter uma semana muito movimentada a partir desta segunda-feira. Primeiro, os projetos polêmicos passam pelas comissões técnicas, e, no outro dia, baixa no plenário para votação final. Pelo menos três projetos vão causar enorme sensação nas comissões e no plenário. Os projetos mais polêmicos não são todos oriundos do Governo do Estado. Um deles veio do Ministério Público extinguindo nada menos que 33 cargos de provimento efetivo (todos denominados de Analista do Ministério Publico) e 20 cargos de provimento efetivo vagos de técnico do Ministério Publico. Na área de Educação e Ciências Humanas pelo menos dois cargos efetivos de Jornalista e Designer Gráfico serão extintos – e estão vagos no momento. Outro projeto polêmico é o que dispõe sobre a instituição do Fundo do Trabalho do Estado de Sergipe (FT/SE) que cria o Conselho de Trabalho, Emprego e Renda do Estado de Sergipe. A este Conselho compete deliberar e definir acerca da Política Estadual de Trabalho, Emprego e Renda, em consonância com a Política Nacional de Trabalho, Emprego e Renda. Um terceiro projeto ratificação protocolo de intenções firmado entre os Estados da Região Nordeste para a constituição de consórcio interestadual com objetivo de promover o desenvolvimento sustentável na região nordestina. Ao tempo que extingue 33 cargos de provimento efetivo, o Ministério Público está querendo criar 15 cargos de comissão de nível superior e outros 10 de qualquer nível, chegando a 25 cargos ao todo. Muito contraditório, não é mesmo? O deputado líder da Oposição, Georgeo Passos, já disse no plenário da Casa que pretende modificar o texto. “Pretendo apresentar emendas nesse sentido”, assegurou, mas que se isso não for possível tentará impedir a extinção dos cargos efetivos e aí lidera a Oposição para votar contra.

Complexo da educação muda de nome

O Complexo Administrativo e Pedagógico Governador Albano Franco, que fica localizado na rua Gutemberg Chagas, 169 , no Conjunto Inácio Barbosa poderá trocar de nome. O deputado Iran Barbosa apresentou Indicação à Assembleia Legislativa neste sentido. Ele passaria a se chamar Complexo Administrativo e Pedagógico Professora Maria Thetis Nunes, ”historiadora, professora e escritora sergipana e que ocupou a cadeira de número 39 da Academia Sergipana de Letras e que contribuiu imensamente com a educação do Estado de Sergipe”. O Parlamentar petista baseia-se em legislação federal que proíbe o batismo de prédios públicos com nomes de pessoas vivas, embora tenha sido Senador e Governador do Estado. A Professora Maria Thetis Nunes foi a primeira mulher a ser professora catedrática do Atheneu Sergipense, nascida em Itabaiana, no interior de Sergipe.

No primeiro mundo

Segundo um companheiro jornalista, o Brasil está apto a entrar no primeiro mundo. ”Já liberamos as armas, para todos. Agora é se preparar para a mortandade que vem por aí”. Pois é…

Últimas Notas

Será dia 20 próximo, a sessão especial da Assembleia Legislativa em homenagem a dom José Brandão de Castro, que foi o primeiro Bispo de Propriá.

*** Projeto da deputada Goretti Reis institui o dia do Policial Militar, Bombeiro Militar e Policial Civil Feminino do Estado de Sergipe.

Comentários